[Resenha] A Gaiola de Ouro – Camilla Läckberg

0
[Resenha] A Gaiola de Ouro – Camilla Läckberg
Capa do livro. Fundo rosa, no topo o nome da autora em amarelo. No centro um frasco de perfume, dentro do frasco uma mancha vermelho sangue. Abaixo o titulo do livro em amarelo

Em A Gaiola de Ouro conhecemos Faye, uma garota inteligente que busca fugir de um passado traumático. Durante a faculdade de economia, onde é uma excelente aluna, ela conhece Jack. E então tudo começa a dar errado, embora ela não perceba.

Faye larga a faculdade para sustentar Jack enquanto ele cria sua empresa. Quando as ideias dela fazem da empresa um sucesso, eles se casam e se tornam milionários. Faye passa a ficar em casa, cuidando da filha do casal e sendo cada dia mais desprezada por Jack.

Quase aos 35 anos, e só após presenciar uma traição do marido, Faye percebe como foi maltratada durante todos os anos de relacionamento. Para estar com Jack, ela tinha que se tornar inferior a ele, esconder sua inteligência e ser apenas uma bonita peça de decoração.

Engaiolada

A primeira parte do livro, aproximadamente metade do mesmo, não proporciona uma leitura fácil. A autora mescla cenas do passado de Faye, na época em que começou a se relacionar com Jack, e cenas de sua vida atual.

É difícil ver uma mulher inteligente e com potencial de ser muito bem sucedida por si mesma sendo tolhida por um homem medíocre. Durante a leitura tudo o que você quer é sacudir Faye e dizer para ela acordar e perceber a situação terrível em que está se metendo, ao mesmo tempo que a vontade de esmurrar Jack só aumenta a cada página.

Algo que me incomodou na leitura, principalmente nesta primeira parte, foi o modo como as situações são apresentadas. Tudo tem um ar meio artificial, chegando a se aproximar de uma caricatura de situações de abuso psicológico.

Vingança

Depois de anos sendo vista pelo marido como um mero objeto de decoração, o casamento de Faye chega ao fim. Como Jack a traiu e a deixou sem nada, Faye passa seus dias planejando sua vingança.

Achei satisfatório o modo como Faye retornou ao topo. Finalmente ela usou seus conhecimentos em causa própria, além de ajudar outras mulheres no processo. Gostei muito de ver a personagem se libertando e finalmente vivendo da forma como deseja.

Expectativas

Este livro está sendo vendido como uma mistura de Garota Exemplar com Os Homens Que Não Amavam as Mulheres, o que gera uma expectativa que não é concretizada, pois A Gaiola de Ouro é muito inferior a estes livros. Além disso, quem leu Garota Exemplar já poderá imaginar o que a protagonista irá fazer e isso tira parte da graça em ir descobrindo as coisas a medida que elas vão ocorrendo.

Para quem gosta de histórias sobre vingança, este livro vai proporcionar uma boa diversão. É só não de deixar levar pelo marketing enganoso e começar a leitura de mente aberta.

Nota

Três selos cabulosos. A nota mais alta são 5 selos cabulosos.
Três selos cabulosos. A nota mais alta são 5 selos cabulosos.

 

 

 

 

Garanta a sua cópia de A Gaiola de Ouro e boa leitura!

Ficha técnica

Não esqueça de adicionar ao seu Skoob

Nome: A Gaiola de Ouro
Autora: Camilla Läckberg
Tradutora: Fernanda Åkesson
Editora: Arqueiro
Ano: 2020
Páginas: 320
ISBN: 9788530601478
Sinopse: Jack e Faye começaram a namorar na faculdade: um garoto criado em berço de ouro e uma jovem que se esforçou para enterrar um passado sombrio. Quando ele decide criar uma empresa, ela deixa os estudos e passa a trabalhar de dia, dedicando as noites a traçar a estratégia do novo negócio.

A companhia se torna um sucesso bilionário, mas Faye se sente como um lindo pássaro preso numa gaiola, apenas cuidando da filha em casa e sendo exibida pelo marido, que toma todas as decisões da empresa. Jack agora despreza sua inteligência, esquecendo tudo o que ela sacrificou por ele.

Quando Faye descobre que ele tem um caso, a bela fachada de sua vida desmorona. De uma hora para outra, ela está sozinha, emocionalmente abalada e sem nenhum centavo – porém nada pode se comparar à fúria de uma mulher com um passado violento determinada a se vingar

Jack está prestes a receber o que merece, e muito mais.