[Resenha] A Bailarina Fantasma – Socorro Acioli

0
[Resenha] A Bailarina Fantasma – Socorro Acioli
Capa do livro. Um fundo azul, com algumas sementes de dente-de-leão caindo, um gato saltando proximo ao título escrito em branco com letras estilizadas. Na base um gato olhando para cima, sentado proximo a duas malas de viagem e um violino.

A Bailarina Fantasma é um livro infanto juvenil, mas com uma história linda que acredito que pode agradar e emocionar o público de qualquer idade.

O pai de Anabela acabou de ser escolhido para realizar a reforma do Theatro José de Alencar em Fortaleza e a menina não poderia estar mais feliz, pois agora ela iria passar as tardes no lugar, junto com sua melhor amiga, Luciana. Mas desde a primeira vez que Anabela vai ao teatro ela vê uma mulher com roupas bailarina que ninguém mais parece enxergar. Quando as amigas começam a investigar, descobrem que o fantasma da bailarina azul está presente há muitos anos no local.

Mas quem é essa bailarina? Por que esse fantasma segue preso no teatro? Ao descobrir as respostas para isso, embarcamos junto com Anabela em uma história ao passado, cheia de música, amor e por que não dizer, tragédias.

Um livro em 03 Atos

Como já comentei, esse é um livro voltado para o público infanto juvenil, sendo assim, Socorro Acioli trás uma escrita simples e direta, talvez até mais do que o necessário. A primeira parte do livro se dedica a nos apresentar Anabela e a investigação para descobrir quem é a bailarina fantasma.

É a partir da segunda parte (chamado no livro de segundo ato) que a história cresce para se tornar algo mais maduro e que pode trazer o interesse de qualquer pessoa, independente da idade. A autora nos leva a conhecer o passado, não apenas do teatro, mas como ele mudou a vida de duas famílias, com a magia da arte, mas sem deixar de lado a dureza da vida real. Com certeza, foi a parte do livro que me ganhou e fez eu me apaixonar por essa obra.

Além disso, ela tem um gostinho todo especial para mim: primeiro, nasci e vivi em Fortaleza minha vida toda, então é sempre prazeroso ler uma história que se passa na sua cidade em meio a tantas, que mesmo quando acontecem no Brasil, costumam se centrar em São Paulo ou Rio de Janeiro; segundo, eu sou bailarina, então toda a descrição do teatro trazem um quentinho no coração e a sensação de “eu sei que lugar é esse que ela está falando”.

E aqui fica minha reclamação do livro: a sensação que tive quando a autora fala sobre ballet é que ela conhece o assunto de uma pesquisa sobre as histórias dos enredos, mas não parece ter pesquisado sobre a vida de uma bailarina ou resolveu encaixar apenas da forma como melhor coubesse na história, então em alguns momentos eu me sentia desconectada devido à falta de sentido de algumas situações com relação a isso.

Mas é bom?

Vista sua roupinha de 10 anos e se deixe levar por essa história tão bonita, tenho certeza de que vai se emocionar. Além de ser uma ótima leitura, a edição da Editora Seguinte está fantástica, cheia de ilustrações que remetem ao enredo e com detalhes especiais, como a letra do texto ser roxa. É muita fofura gente. Tenho certeza que esse é o tipo de livro que se eu tivesse lido criança, entraria como queridinha e que eu teria relido inúmeras vezes junto com A Turma da Mônica e O Mistério de Feiurinha. Então leia para uma criança e leia para você mesmo, irá adorar.

Nota

Quatro selos cabulosos. A nota mais alta são 5 selos cabulosos.
Quatro selos cabulosos. A nota mais alta são 5 selos cabulosos.

 

 

 

 

Garanta a sua cópia de A Bailarina Fantasma e boa leitura!

Ficha técnica

Não esqueça de adicionar ao seu Skoob

Título: A Bailaina Fantasma (Anabela em 04 atos -01)
Autora: Socorro Acioli
Ilustradora: Milena Galli
Editora: Seguinte
Ano: 2015
Páginas: 186
ISBN: 9788565765862
Sinopse: Anabela mal podia conter a empolgação quando seu pai foi o arquiteto escolhido para coordenar uma obra no Theatro José de Alencar, em Fortaleza. A proposta era que aquela casa de espetáculos maravilhosa mantivesse as mesmas características de quando foi inaugurada, em 1910.

Logo vira rotina para Anabela passar as tardes por ali, fazendo a lição de casa enquanto o pai trabalha. Mas essa reforma vai acabar desenterrando histórias escondidas há muitos e muitos anos, já que Anabela começa a ver uma bailarina translúcida, vestida de azul, que mais ninguém parece enxergar. Será que a garota vai conseguir ajudá-la?