[Resenha] O Aprendiz de Morte – Terry Pratchett

0
[Resenha] O Aprendiz de Morte – Terry Pratchett
Recorte da capa do livro. Em um fundo azulado, um quadro bege, com o texto: "Discworld", no centro do quadro, em vermelho, o título: "O Aprendiz de Morte", e logo abaixo o nome do autor: Terry Pratchett.

Mortimer precisa aprender uma profissão já que não tem talento para a horticultura, área de trabalho de sua família. O problema é que Mort, segundo seu pai, não consegue achar o traseiro nem usando as duas mãos. Sem conseguir uma vaga de aprendiz com os trabalhadores de sua vila, Mort acaba aceitando a única oferta que surge: se tornar o aprendiz de Morte.
O Morte, que possui a aparência clássica de um esqueleto usando manto negro e foice, precisa de um aprendiz pois está cansado da profissão e quer aproveitar outras coisas da vida como pescar.
O trabalho parece simples: cada ser humano tem uma ampulheta que marca seu tempo de vida; quando a areia acaba de escoar, Mort precisa usar sua foice para separar a alma do corpo. Porém, em um dos seus primeiros trabalhos sozinho, o rapaz não consegue usar sua foice na linda princesa Keli e isso traz consequências desastrosas para todos.

Humor

O livro apresenta um bom enredo, abordando questões como destino, livre arbítrio, vida após a morte e como as diversas religiões e crenças preparam (ou não) para o fim da vida. Porém, o destaque da obra é o humor e a ironia que permeiam todas as páginas. O leitor vai se pegar gargalhando com as situações hilárias e absurdas que os personagens vivenciam.
Personagens encantadores e bizarros são o que não faltam neste livro. Temos Ígneo Cortabem, mago e reconhecedor real da princesa Keli. A princesa que deveria estar morta mas está bem viva não se abate diante de sua situação bizarra e acha formas muito criativas para lidar com seu novo status. Como não gostar de O Morte, uma personificação antropomófica que adora gatos e só quer conhecer o que mais a vida pode oferecer? Mortimer é um rapaz muito desastrado mas tem um coração enorme e realmente se esforça para fazer seu trabalho direito mesmo que nem sempre consiga.
O quarto volume da série Discworld e primeiro livro solo do personagem Morte é uma leitura leve e agradável, recomendada para todos que apreciam uma boa dose de ironia.

Nota

4 SELOS CABULOSOS

Garanta a sua cópia de O Aprendiz de Morte e boa leitura!

Ficha Técnica

Nome: O aprendiz de morte
Autor: Terry Pratchett
Edição: 1
Editora: Conrad Livros
Ano: 2002
Páginas: 253
ISBN: 9788587193858
Sinopse: No quarto volume de Discworld, Morte, um esqueleto com brilhantes luzes azuis em suas órbitas oculares e dono de uma voz semelhante a “lajes de chumbo caindo sobre granito”, oferece a Mortimer, um desajeitado rapaz de interior, uma proposta irrecusável: tornar-se seu aprendiz. Após receber a garantia de que não é preciso estar morto para conseguir esse trabalho, Mort aceita o cargo. Mas os conflitos surgem quando a descoberta do amor passa a interferir nas responsabilidades do garoto. Apaixonado pela princesa Keli e incumbido de matá-la, o rapaz não consegue cumprir sua tarefa. Ao invés de atingir a garota com a foice da morte, Mortimer desfere o golpe mortal contra o assassino, criando assim uma realidade paralela, que entra em conflito com o destino.