Branco Letal – Robert Galbraith (J. K. Rowling)

0
Recorte da capa do livro. Em primeiro plano o nome do autor: Robert Galbraith. Logo abaixo o título do livro, em branco: "Branco Letal". De fundo, um gramado verde, no fundo do horizonte o Palácio de Westminster. À direita da imagem, duas pessoas, sob uma iluminação esverdeada caminham em direção ao horizonte.

O prólogo de Branco Letal, quarto livro protagonizado pelo detetive Cormoran Strike, se passa imediatamente após a cena final de Vocação para o mal. Eu estava muito ansiosa para saber como a cerimônia de casamento prosseguiria após a chegada intempestiva de Strike e o modo como Robin disse “sim”. Robert Galbraith não me decepcionou e escreveu um final muito satisfatório para essa passagem da vida de Robin.

A trama de Branco letal começa um ano após os eventos de Vocação para o mal. Strike está pagando o preço da fama após ter descoberto o estripador de Shacklewell, enquanto Robin está lidando com problemas psicológicos derivados do ataque sofrido.

Aviso: esta resenha contém pequenos spoilers do livro Vocação para o mal.

O caso

Strike recebe a visita de Billy, um rapaz que aparenta estar sofrendo um surto psicótico. Billy afirma ter presenciado o assassinato de um garoto quando ele criança e pede ajuda de Strike para encontrar o corpo contudo, acaba indo embora sem dar mais informações.

Enquanto procura o rapaz para esclarecer o caso, Strike é contratado por um ministro para investigar algumas pessoas que o estão chantageando. Porém, o cliente não quer revelar o motivo chantagem, dizendo apenas que se trata de algo que não era ilegal na época em que foi feito.

Enquanto Londres se prepara para a Olimpíada de 2012, Strike e Robin começam a investigação e aos poucos vão descobrindo que o caso de chantagem e as afirmações de Billy podem ter alguma relação.

A evolução de Robin Ellacott

Eu adoro Robin Ellacott. Acompanhar a evolução desta personagem tem sido um dos melhores aspectos desta série de livros. Inicialmente contratada como secretária temporária por uma semana, agora ela é sócia na agência de detetives. Mesmo não contando com o apoio do marido ou da família para exercer um trabalho desafiador, Robin não desistiu do que ela queria, aprendeu com os erros e superou problemas passados. Adorei vê-la trabalhando disfarçada, descobrindo pistas vitais para a investigação, mesmo lidando com o casamento conturbado e crises de pânico.

Vale a pena?

Sim, vale muito a pena ler Branco Letal. Recomendo a leitura de toda a série pois a qualidade da mesma cresce a cada livro. Embora cada um deles trate de um caso fechado é gratificante acompanhar a evolução dos protagonistas, principalmente Robin, assim como do relacionamento entre os dois. Apesar da grande quantidade de páginas o enredo flui muito bem, mesclando a investigação e passagens da vida pessoal dos personagens, sem nunca apresentar trechos enfadonhos.

Nota

5 selos cabulosos

Garanta seu Branco Letal no link abaixo e boa leitura!

logo da “amazon” em preto num fundo amarelo

Ficha Técnica

Não esqueça de adicionar ao seu Skoob

Nome: Branco Letal
Autor: Robert Galbraith (J. K. Rowling)
Tradução: Ryta Vinagre
Edição:
Editora: Rocco
Ano: 2019
Páginas: 656
ISBN: 9788532531360
Sinopse: Quando Billy, um jovem problemático, vai à agência do detetive particular Cormoran Strike procurando sua ajuda na investigação de um crime que ele pensa ter testemunhado quando criança, Strike fica profundamente aflito. Embora tenha problemas mentais evidentes e não consiga se lembrar de muitos detalhes concretos, há algo de sincero nele e na história que conta. Mas antes que Strike consiga interrogá-lo melhor, Billy foge de seu escritório em pânico.

Tentando chegar ao fundo da história de Billy, Strike e Robin Ellacott — antes sua secretária, agora uma sócia na agência — partem seguindo um rastro tortuoso que os leva pelas ruas do submundo de Londres, até um refúgio secreto dentro do Parlamento e a uma mansão bela, porém sinistra, no interior do país.

E durante esta investigação labiríntica, a própria vida de Strike não está nada fácil: graças à fama recente como detetive particular, ele não consegue mais agir nos bastidores, como antigamente. Além disso, sua relação com a antiga secretária carrega mais tensão do que no passado — Robin agora é inestimável para Strike nos negócios, mas a relação pessoal dos dois é muito mais espinhosa.