Hazel Wood: A Origem do Azar – Melissa Albert

0
Recorte da capa do livro. Fundo preto, no centro o titulo "Hazel Wood", ao redor do titulo diversas ilutrações em cinza e dourado, de galhos de árvore, torres, prédios e uma mão segurando uma adaga.

Alice e sua mãe (Ella) passaram a vida fugindo de algo, mas desde a notícia da morte de sua avó, uma escritora reclusa, parece que o azar que perseguiu a vida de Alice e sua mãe foi embora e as duas podem viver uma vida normal agora. Porém, Alice nota a presença de pessoas estranhas a cercando e quando Ella é sequestrada, ela percebe que deve ir à Hazel Wood, a casa onde sua avó reclusa vivia e de onde sua mãe fugiu tantos anos atrás.

Alice Três Vezes

A avó de Alice, Althea, ficou famosa ao escrever um livro de contos de fadas sombrios chamado Contos do Recôndito, que logo se tornou uma obra cult devido ao seu conteúdo e dificuldade de encontrar, tanto que a própria Alice nunca conseguiu pôr as mãos em um. Meses após a notícia da morte de sua avó, a garota nota pessoas estranhas a perseguindo, pessoas que não parecem ser desse mundo. Quando sua mãe é sequestrada, ela resolve ir à Hazel Wood, para isso conta com a ajuda de Finch, colega de turma fã do Recôndito e que a ajuda a entender algumas coisas do livro.

Alice é tipo de personagem que se acha mais esperta que todos à sua volta porque teve uma vida fora do comum com sua mãe. Geralmente não gosto desse tipo de personagem, mas ela não chegou a me irritar tanto quanto esperava ao iniciar a leitura. Assim, durante a primeira metade, fiquei curiosa sobre o desenrolar da história, mesmo sem ter me apegado à protagonista ou à leitura em si. Porém, depois de Alice chegar à Hazel Wood e quando todo o mistério é revelado, o livro decaiu muito. A leitura ficou confusa, com passagens desconexas e novos personagens interessantes, mas que não vemos muito sobre eles, pois temos que voltar para a história de Alice. O próprio Finch é muito mais legal de acompanhar do que a protagonista, e quando ambos se separam durante a jornada, ajuda a história a ficar ainda mais arrastada.

Um ponto positivo é o livro do Recôndito e os contos. Eles são esquisitos, sombrios e têm um ar de contos de fada que agrada quem gosta do gênero. Hazel Wood – A Origem do Azar é o primeiro de uma série, mas só me interessaria em ler outra coisa desse universo se saísse um livro com os contos, pois aqui nesse primeiro volume tem apenas dois completos.

Mas é bom?

Infelizmente para mim foi decepcionante. A premissa de mistérios, uma casa isolada e contos de fadas sombrios me ganhou imediatamente, mas o desenrolar confuso e arrastado da reta final, me deixaram frustrada. Porém, se você se interessou pela história e gosta desse clima, pode ser que ele funcione melhor para você. Sempre vale dar uma chance quando algo te interessa. E, como disse antes, os contos são um fator muito positivo.

Nota

Garanta seu exemplar no link abaixo e boa leitura!

logo da “amazon” em preto num fundo amarelo

Ficha Técnica

Não esqueça de adicionar ao seu Skoob

Nome: Hazel Wood – A Origem do Azar (Hazel Wood 01)
Autora: Melissa Albert
Tradução: Lavínia Fávero
Editora: Plataforma21
Ano: 2018
Páginas: 444
ISBN: 9788592783693
Sinopse: Alice Proserpine tem 17 anos e, desde que se lembra, passou a maior parte da vida na estrada com sua mãe. Perseguidas por uma onda de azar quase sobrenatural e sempre dependendo de favores alheios, elas nunca conseguiram permanecer muito tempo no mesmo lugar.

Mas, quando a avó de Alice – reclusa autora de um cultuado livro de contos de fadas sombrios – morre sozinha na mansão Hazel Wood, a jovem descobrirá o tamanho de sua má sorte: sua mãe é sequestrada. Além disso, o rapto foi feito por alguém que diz ter saído de Recôndito, o cruel e fantástico mundo onde as histórias de sua falecida avó são ambientadas. E a mãe de Alice deixou apenas uma pista:

“FIQUE BEM LONGE DE HAZEL WOOD”

Entretanto, para salvá-la, Alice não terá escolha a não ser desbravar esse universo desconhecido – e quem sabe descobrir porque, afinal, tudo em sua vida tem dado tão errado.