SobrEscrever #007 – Ideias

8

Nesse episódio do SobrEscrever recebemos o autor Marcelo Zaniolo, autor do livro O Templo dos Ventos, o primeiro volume da Trilogia dos Pássaros, para conversar conosco sobre ideias, de onde elas vem, como vivem, como se reproduzem e muito mais! E vocês, como tem suas ideias? Quais são as coisas que funcionam melhor com vocês? Vamos expandir esse papo nos comentários!

Atenção!

Para ouvir basta apertar o botão PLAY acima ou clique em BAIXAR.

Compre:

[Amazon] O Templo dos Ventos (Trilogia dos Pássaros Livro 1)

Participantes:

Lucas Ferraz (@ferraz_lucas)

Rodrigo Rahmati (@rodrahmati)

Matheus Salfir (@MatheusSalfir)

Marcelo Zaniolo (@celo_zaniolo)

Edição:

Matheus Salfir

  • LivroCast

    Amigos, muito obrigado pelo convite. Foi um prazer participar. Espero aparecer por aqui outras vezes, viu? (E prometo maneirar nas piadas sem graça). Forte abraço e sucesso ao SobrEscrever! Já sou fã! o/

    • Rodrigo Rahmati

      Por favor, não maneire nas piadas sem graça! Ficam muito bem no final do episódio, haha S2

  • Norberto Silva

    Adorei as ideias e realmente muitas das minhas melhores ideias surgiram em momentos como tomando banho ou lavando louça… Teria a água elementos que ajudam nessas horas?

    • Rodrigo Rahmati

      Cabe uma pesquisa aí hein… Ou um conto que mostre que, na verdade, são as correntes de água que carregam as ideias pelo mundo! Que tal? 😛

      • Norberto Silva

        Rapá! Taí uma ideia que posso incorporar no meu projeto de contos que apresentam o cenário do livro em que estou trabalhando… Até o nome Correntes das Águas… E das Ideias, daria um titulo bacana.

  • Olá, Lucas, Matheus e Rodrigo. Comecei a acompanhar o podcast de vocês há alguns dias. Estive escutando por feed no celular, mas agora tirei um tempinho para deixar uma mensagem para vocês. Bacana a iniciativa, gosto muito do Writting Excuses, acho que é uma boa inspiração para vocês, em relação ao formato de tempo. Gosto dos 15 minutos no Podcast, há alguns que tem episódios de mais de uma hora e que acabam ficando um pouco cansativos.

    Os episódios de vocês tem um quê de caótico, que as vezes é legal, mas as vezes gera uns tropeços. Entendo que é normal.

    Continuarei acompanhando para ver como o conteúdo evolui. Sugiro que tragam mais informações vindas de fontes sobre escrita. Acho que se vocês estiverem lendo obras, blogs sobre a escrita na hora de montar as pautas há margem para enriquecer o conteúdo do podcast. No mais, um abraço e boa sorte!

    • Rodrigo Rahmati

      “Caótico” é uma boa palavra, haha! Obrigado pelo comentário, Carlos, será levado em consideração 🙂

      • Não quis dizer caótico como uma coisa ruim… Eu gosto um pouco de caos. A questão mesmo é de mais referências para o comentário de alguns temas.