CabulosoCast #197 – Fanfics

17

Olá Cabulosos e Cabulosas! Neste capítulo, sobre fanfics, passamos da conceituação a escrita. Que fanfics nos marcaram e quais detestamos. E afinal, ainda se escreve fanfics hoje em dia? Onde podemos encontrá-las atualmente, em plataformas como Wattpad? Participaram deste episódio: eu (Lucien o Bibliotecário), Maíra Porto Ribeiro, Lhaisa Andria e Paula Vendramini.

Atenção!

Para ouvir basta apertar o botão PLAY abaixo ou clique em DOWNLOAD (clique com o botão direito do mouse no link e escolha a opção Salvar Destino Como para salvar o episódio no seu pc). Obrigado por ouvir o CabulosoCast!

Quer baixar o episódio em arquivo rar?

Para baixar a versão em zipada clique aqui, em seguida cole o link de download e clique na opção convert file.

Citados durante o episódio

Compre

Mídias Sociais

Assine nosso Feed

Nossa Página no iTunes

Nossa Página do You Tuner

 

  • Altemar Gavião

    Olha só, quem diria. Eu não só escrevi, como ainda escrevo, sobre o cenário de RPG que eu jogava, Tormenta. Não tem Yaoi, mas tem Yuri.

    A quem interessar: https://www.wattpad.com/story/61554576-rebeldes

    • Norberto Silva

      Cara, adoro Arton!
      Tenho uma fanfic do Arkan Braço de Ferro… quem sabe posto lá no Wattpad…
      Já tô te seguindo e logo leio e comento suas histórias.

      • Altemar Gavião

        Vou gostar de receber seu feedback. Obrigado.

        • Norberto Silva

          Opa! E se estiver com um pouco de tempo, confira meus contos também.

          • Altemar Gavião

            Com certeza

  • Kenichi Edilan

    Eu li algumas fanfics, mas nunca tive essa coisa de ser leitor assíduo. Uma vez tive uma ideia para escrever uma que se passaria após a Batalha de Hogwarts e contaria a história de um garoto que encontraria a pedra da ressurreição e traria o espirito de Voldemort a vida, e o Lorde das Trevas tinha um plano para voltar. Era uma fanfic com um tom mais sério, mas eu nunca sequer comecei a escrevê-la, sei lá, desanimei.

  • Carlos Valcárcel Flores

    Eu só li um fanfic na vida. Foi na época que tinha terminado o quarto livro de Harry Potter e ainda não tinha noticias do quinto livro. Lia e relia os primeiros livros até alguém me falou dos fanfic, historias “não oficiais”. Não gostei da ideia, mas decidi ler um que tinha muitas visualizações na pagina fanfiction.net, li muitos capítulos, mas percebi que conforme avançavam os capítulos, eles entravam em contradições, inclusive com a historia original, então parei. Minha esposa agora esta lendo um fanfic do anime “Yuri on Ice”, ela gostou mas percebeu o mesmo que eu: a qualidade vai decaindo capítulo trás capítulo. Me pergunto se isso será porque alguns escritores são pressionados pelos leitores em avançar suas historia semana trás semana. Mas não tudo é ruim, lembro que entre o quinto e sexto livro de HP foi publicado – sim, publicado- um fanfic como se fosse um livro original.

    Embora eu não goste muito dos fanfic, eu curto muito dos Doujinshis, que também são historias não oficiais mas não escritas, são desenhadas em estilo Manga.

  • EU EXPLICO O QUE É FANFIC ORIGINAL!
    O que acontece, é que,
    ponto 1. Como vocês já sabem, existem diversos sites

    só pra fanfic. Só que daí tem uma galere que além de

    postar suas fanfics no site, postava suas ficções

    originais (que não eram fanfics, obvio). Então, pra

    que você achasse essas histórias nos sites, existia

    no meio das categorias de fafics, a categoria

    “original”. Pois já que o site era só de fanfic,

    tinha que especificar… Mas isso acho que vocês já

    sabem.
    Ponto 2. Por conta do ponto 1, No meio dos

    fanfiqueiros, se popularizou muuito o termo “fanfic

    original” pra se referir a essas histórias originais

    nos sites”. É um termo errado? Muito! Mas agora já é

    tarde.

    E que programa legaaal gente! Tava precisando falar

    de fafic aqui. Eu sabia o que era yaoi, mas não sabia

    que slash se chamava slash, eu só sabia o termo

    orange, que se refere a yuri (já denunciando o tipo

    de fanfic que eu lia… sci-fi). Songfic eu nunca

    tive vontade de ler, por essa razão eu nem sabia como

    era.

    Eu não sou tão antigo quanto vocês na internet porq eu demorei pra ter acesso a internet, e quando tive já exisita o google, mas eu já criava fanfic desde a infância, criando meus próprios X-Men, meus mashup de Dragon Ball… Anos depois foi que eu vim escrever mesmo, mas só cheguei a fazer de Doctor Who.

    Mas é isso, programa mó dahora, vlw todo mundo, e confiram o post dos lançamentos do mês.

    Abração!

  • Este episódio teve cheiro de adolescência!!!! hahaha sério, que episódio gostoso de ouvir, quantas lembranças de tardes depois da escola…MUITO obrigada por fazerem isso! Naquela época que pra carregar uma página com capítulo era quase 10 minutos. Eu particularmente nunca me atrevi a escrever uma fanfic por que era horrível na escrita hahaha

    Fanfic foi um dos motivos que me incentivaram a aprender inglês naquela época. Eu queria mais conteúdo, e me esforçava pra caramba para entender, numa época que não tinha google translate hahaha

    Parabéns galera! Ótimo epi!!!

  • Norberto Silva

    Olá pessoal.
    Excelente cast, me fez voltar a muito tempo atrás, quando fiz minha primeira Fanfic, uma versão dos Vingadores para o universo do desenho X-men Evolution… De lá para hoje em dia, fiz parte de vários projetos de fanfics, indo desde personagens de quadrinhos a Tokusatsus e animes, mas depois de anos nessa comecei a focar em personagens e títulos autorais.
    Como foi dito no cast, fanfics são um excelente treino para você fazer diversas experimentações, até você decidir se vai mesmo ser um escritor e qual o estilo que melhor se encaixa na sua escrita.
    Consegui publicar alguns contos e lancei um livro pelo Clube dos autores (mandei uma cópia pro Lucien, não sei se ele lembra) e hoje estou descobrindo como é bacana usar o Wattpad…
    Segue meu perfil com apenas dois contos autorais, mas que me deixaria extremamente feliz se alguém aqui do Leitor Cabuloso aparecesse e comentasse:
    https://www.wattpad.com/user/joaonorbertodasilva

  • Janaina Muniz

    Olá Cabulosos,

    Só uma pergunta: onde eu posso encontrar fanfic de banda? tem algum portal específico? (estou curiosa pq nunca li nenhuma fanfic dessas)

    • mymistrust

      Oi. Você pode encontrar num site chamado Archive of Our Own… É archiveofourown.com, mas 99% em inglês.

    • No sites atuais, Nyah! Fanfictin, Social Spirit e afins, tem as tags de bandas.

  • Rodrigo Basso

    Gente, estou rindo litros aqui com o programa! Foi uma mistura de nostalgia com primórdios da internet e experiências pessoais…
    Foi muito bom mesmo!!! Parabéns pelo programa!!!

  • Gabrielli Ambrozio

    Eu curti muito o podcast. Estou fazendo meu TCC sobre fanfic e gostaria de saber se posso usar o podcast nele ^^ Eu sou relativamente nova no mundo das fanfics (comecei em 2009) e vcs me mostraram muitas coisas que eu não sabia. Muito obrigada!

  • Hamilton Kabuna, 37 anos, Piabetá, Mage, RJ. Lendo “Se você puder me ouvir”, da autora Luciane Rangel.

    Adorei o episódio e me lembrou quando tentei fazer fanfics, duas vezes e desisti nas duas. rs

    A primeira vez foi, assim como o Lucien, com uma tentativa de Arquivo X. Vriei uma história que se passava dez anos depois do primeiro filme (Resita ao Futuro), e os ‘Arquivos X’ tinham sido fechados. Mulder ficou louco e aposentado do FBI e Scully acabou se tornando a responsável pelo departamento, da mesma forma que o Walter Skinner. Um grupo de novos agentes (acho que eram uns cinco) entrava para o Bureau e começariam a se envolver em casos misteriosos, e Scully, com relutância, se via na obrigação de reabrir o Arquivo X (agora como Departamento) e proteger/treinar os novos agentes. Escrevi em 2001 e ficou uma merda, mas o legal que o plot virou uma boa campanha de RPG, focada mais no ‘monstro-da-semana do que na conspiração.

    Anos depois, em 2005, já na faculdade de Belas Artes, na aula de Histórias em Quadrinhos, o professor Octávio Aragão nos incentivou a produzir uma fanfic e escolhi falar sobre X Men. Na minha fanfic, Magneto resolveu abandonar a Terra, junto com alguns mutantes e colonizar Marte. No caso, qualquer mutante ou pessoa que se considerasse um pária e quisesse recomeçar a vida, poderia ir para esse planeta. A Terra ficou estremecida e decretou guerra a Marte/Magneto, alegando várias coisas escabrosas. Os X Men investigariam a situação, pensando que algum inimigo tivesse manipulando os líderes mundiais, contra Magnus. Depois de algum tempo, os X Men descobrem que não existia nenhum inimigo secreto, apenas o preconceito humano mesmo. Achei uma bosta e joguei fora.

    Mas adorei o cast por me fazer lembrar dessas histórias todas.

    Abraços, gente!