Brutal de Luke Delaney

1
Romances policiais não estão na minha lista de leitura preferida, mas também não os descarto. Foi o que aconteceu com esse livro. Todos os meses são oferecidos algumas obras gratuitamente no Kindle para Samsung (disponível para quem tem smartphone ou tablet da marca) e tempos atrás um deles era Brutal. Me chamou atenção o sumário e o baixei para ficar algum tempo na minha estante virtual, até que após terminar um livro de fantasia e outro de ficção científica, o abri a fim de ser um detox de gêneros literário .. e valeu a pena, valeu muito a pena.
Brutal é o primeiro romance policial de Luke Delaney, que ingressou no final dos anos 80 à polícia londrina onde atuou na área de crimes violentos numa das áreas mais mais “complicadas” de Londres em termos de violência. Isso permitiu que o autor imprimisse nessa obra impressões muito realistas dos personagens (muito bens construídos por sinal), modus operandi e circunstâncias.
Tendo como protagonista um detetive com passado obscuro que lhe permite ter uma visão diferenciada sobre os crimes que investiga, em alguns pontos lembra muito obras com protagonista principal como Indiana Jones, ou seja, um herói com lado humano, lado sombrio, nuances, o que é interessante apesar do lado clichê.
“Brutal” é uma obra com ritmo frenético que daria um ótimo filme policial. As coisas acontecem muito rápido, sem lengas lengas ou aqueles intervalos de calmaria que ao meu ver tiram o prazer da leitura ao invés de dar tempo para o leitor recuperar o fôlego como são projetados para fazer. Ponto positivo para o autor.
Não há surpresas no enredo, com um clássico plot twist no final, porém o autor soube trabalhar tal fórmula tradicional de uma forma que não ficou óbvia e chata. Mais um ponto positivo.
O livro não é longo, mas tem o tamanho certo para não cortar partes ou ser chato.
Pois bem, para quem flerta com o gênero é uma leitura que vale muito a pena. Me deparei com alguns probleminhas de tradução, mas no geral foi bem feita. #Recomendo.
NOTA:
04-e-meio-selos-cabulosos

Ficou interessado(a)? Então compre o livro nos links abaixo:

Não esqueça de adicionar o livro no Skoob

brutal_1422899941434314sk1422899941bNome: Brutal (Detetive Sean Corrigan # 1)
Autor: Luke Delaney
Tradução: Maira Parula
Edição:

Editora:
Rocco Fabrica231
Ano: 2015
Páginas: 416
Sinopse: O que levaria alguém a golpear outra pessoa na cabeça e, na sequência, esfaqueá-la 77 vezes? O garoto de programa Daniel Graydon jamais imaginaria que encontraria tamanha perversão nos clientes com quem saía. Mas viu seu fim se aproximar ao ir contra sua regra de ouro: nunca levar os homens para casa. Seu parceiro sexual e algoz, porém, tinha algo de sedutor e era difícil recusar a proposta de uma noite regada a sexo, e muito bem paga. Daniel tornara-se apenas uma das vítimas de um personagem sombrio, cuja pulsão pela morte o levava a matar com regularidade e método. Cada morte representando um passo adiante no aperfeiçoamento da macabra arte de tirar vidas: cruel, dolorosa, limpa e sem pistas. Um desafio para a polícia de Londres e sua divisão de Crimes Graves do Grupo Sul, liderada pelo atormentado detetive-investigador Sean Corrigan.

Brutal é o primeiro thriller policial de Luke Delaney, que serviu por muitos anos na polícia londrina investigando crimes diversos, dos cometidos por assassinos em série aos resultados de conflitos entre gangues e máfias. Nos livros de Delaney, Sean Corrigan é o herói que encarna a missão de desvendar mortes e descobrir quem os cometeu, e fazê-los pagar. O violento passado do detetive fez com que ele desenvolvesse a incrível habilidade de reconhecer o mal onde quer que ele esteja. Ele sabe que precisa ser rápido o bastante para evitar que o assassino faça sua próxima vítima.