De Repente descobri: J. K. Rowling

2

Ele vai ser famoso, uma lenda. Eu não me surpreenderia se o dia de hoje ficasse conhecido no futuro, como o dia de Harry Potter. Haverá livros escritos sobre Harry, todas as crianças no nosso mundo vão conhecer o nome dele! (Harry Potter e a Pedra Filosofal.p.17)

Quando J. K. Rowling escreveu estas palavras logo no inicio de seu primeiro livro, ela não poderia imaginar o quão profético isto seria. Não apenas Harry ficaria famoso, como ela também viria a se tornar um dos nomes mais conhecidos da literatura de todos os tempos. Se você não estava em Marte pelos últimos dezenove anos, você provavelmente já leu algum livro dessa autora ou assistiu aos filmes baseados em sua mais famosa série: Harry Potter. Se ainda assim você continua por fora do assunto, então está na hora de ser apresentado a essa incrível autora.

aniversário-harry-potter

aniversário-harry-potter-3

Joanne Rowling nasceu dia 31 julho de 1965, no Yate General Hospital, na Inglaterra, e cresceu em Chepstow, nos arredores da floresta de Dean. Filha de Peter e Anne Rowling, a autora desde cedo sabia que queria ser escritora. Contudo, o seu caminho até se tornar uma escritora renomada foi cheio de percalços e alguns fracassos, que como ela mesma chegou a dizer, a ajudaram a se tornar a pessoa que é.

Rowling deixou Chepstow para estudar na Exeter University. À principio, seu sonho era cursar Inglês em Oxford, mas acabou tendo seu pedido rejeitado, e para cumprir o desejo dos pais obteve um diploma de Francês e Línguas Clássicas. Logo após a graduação, ela se mudou para Londres e trabalhou durante um tempo como pesquisadora da Anistia Internacional. Foi mais ou menos nessa época que a famosa história do menino que dormia embaixo das escadas começou a ganhar contornos. A ideia surgiu em sua cabeça durante uma viagem de trem que atrasou, entre Manchester e King’s Cross em Londres. Durante os cinco anos seguintes, ela delineou os enredos para cada livro e começou a escrever o primeiro.

Entretanto, após a morte de sua mãe, muito abalada, Rowling decidiu mudar-se para o norte de Portugal, e lá arranjou o emprego de professora de inglês como língua estrangeira. Quase dois anos depois de ter se mudado para Portugal, ela conheceu o jornalista Jorge Arantes, com quem se casou em outubro de 1992 e teve uma filha em 1993. Contudo, a relação conjugal acabou um ano depois. Rowling então decidiu voltar para a Grã Bretanha e pegou um trem para Edimburgo, na Escócia, onde morava Dianne, sua irmã.

jk

Essa foi uma época de grande escuridão em sua vida, pois voltava para casa psicologicamente abalada, desempregada e com uma filha para criar. Diagnosticada com depressão clínica e precisando recorrer a ajuda de programas sociais do governo para viver, foi durante este período que a autora concebeu a ideia do que viriam a ser os Dementadores, seres descritos nos livros de Harry Potter como capazes de sugar toda a felicidade de um ser humano. Em seu discurso para a turma de graduandos de 2008 de Harvard, Rowling fala de como se sentia totalmente fracassada nessa época e como esses fracassos de alguma maneira a libertaram.

Fracasso significa o despojamento daquilo que não é essencial. Eu parei de fingir para mim mesma ser qualquer coisa além do que eu era, e comecei a dirigir toda a minha energia para terminar o único trabalho que importava para mim. Tivesse eu sido bem sucedida em qualquer outra coisa, poderia nunca ter encontrado a determinação para ter sucesso na única área a qual eu acreditava realmente pertencer. Fui colocada em liberdade, porque o meu maior medo tinha sido realizado, e eu ainda estava viva, e eu ainda tinha uma filha a quem eu adorava, e eu tinha uma máquina de escrever antiga, e uma grande ideia. E assim o fundo do poço tornou-se uma base sólida sobre a qual eu reconstruí minha vida.

Rowling nunca pensou que poderia viver da escrita, e até o sucesso de seu primeiro livro trabalhava como professora de francês e secretária. Contudo, quando Harry Potter e a Pedra Filosofal foi finalmente concluído, nascia ali a Rowling que todos nós viríamos a conhecer, a mulher que deu a volta por cima e se tornou a primeira escritora no mundo a ficar milionária escrevendo livros. Lógico, que não foi tão fácil, e seu primeiro livro foi rejeitado por muitas editoras antes de ser finalmente publicado pela Bloomsbury Children’s Books, em junho de 1997, sob o nome de J.K. Rowling. O “K”, de Kathleen, nome de sua avó paterna, foi acrescentado a pedido de sua editora, que achava que o nome de uma mulher não seria atrativo para os garotos.

O livro assim que foi publicado alcançou uma popularidade tremenda, e logo ficou entre os mais vendidos. Com o dinheiro que ganhou pelos direitos do livro, Joanne comprou um apartamento mais espaçoso num lugar mais seguro para ela e a filha viverem. No ano seguinte, num leilão dos direitos do livro, Arthur Levine, da editora Scholastic, fez história ao pagar 105 mil dólares pelos direitos da publicação do menino bruxo em solo americano. Até aquele momento nunca havia se pagado tanto por um livro infantil.

O sucesso do primeiro livro abriu as portas para o segundo, Harry Potter e a  Câmara Secreta, publicado um ano depois em 1998. Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, e Harry Potter e o Cálice de Fogo, foram publicados posteriormente em 1999 e 2000. O sucesso dos livros acabou despertando o interesse do produtor de filmes David Heyman, que percebeu o potencial cinematográfico dos filmes. Cris Columbus, diretor de Esqueceram de Mim, foi encarregado da direção dos dois primeiros filmes, lançados respectivamente em 2001 e 2002. Os filmes seguiram o mesmo caminho dos livros e foram um sucesso retumbante. Harry Potter e a Pedra Filosofal conseguiu chegar aos pés do campeão de bilheteria da época, Titanic, e ocupou o segundo lugar da lista de maiores arrecadações mundiais por alguns anos. A franquia, com oito filmes tornou-se a mais lucrativa de toda a história do cinema.

Com o alcance cinematográfico, os livros foram ficando cada vez mais conhecidos, chegando ao auge de se tornar o segundo livro no mundo mais traduzido, perdendo apenas para a Bíblia. Todo esse sucesso ultrapassava todos os níveis de expectativas que Rowling um dia sonhara quando a sua maior ambição era apenas ser publicada.

Harry Potter e a Ordem da Fênix, o maior livro até então da série, foi publicado em 2003, quebrando todos os recordes de vendas de seus predecessores. A redação do sexto e penúltimo livro da série, Harry Potter e o Enigma do Príncipe, começou em 2003, mas foi interrompida por Rowling para cuidar de seu filho recém-nascido David, fruto de seu segundo casamento. O livro chegou as livrarias apenas em 2005. Rowling declarou que o livro tinha sido planejado anos antes, “mas antes de escrever a sério revisei os planos por dois meses para ter certeza de que sabia o que estava fazendo.”

A revelação do nome do sétimo livro, em Dezembro de 2006, foi o prenúncio de que a série chegava ao fim. O sétimo e último romance da série, Harry Potter e as Relíquias da Morte, foi lançado em 2007, fechando a série com chave de ouro, estabelecendo um novo recorde de vendas, e se tornando o livro mais rapidamente vendido, com mais de onze milhões de exemplares em apenas 24h de lançamento,abocanhando os principais prêmios literários do ano.

23icxhv

Durante o ano em que finalizava o livro, Rowling permitiu que a filmassem para um documentário chamado: Um ano na vida de J. K. Rowling, ou no original J K Rowling… A Year In The Life,  em que conhecemos diversos aspectos de sua vida até então desconhecidos. Acompanhamos Rowling visitando lugares de seu passado, como seu antigo apartamento em Leith, lugar onde finalizou o primeiro livro da série, até a incrível festa de lançamento em Londres de seu último livro. É possível assisti-lo online e legendado pelo youtube, lá também encontramos uma cinebiografia não autorizada da vida da autora, Magia além das palavras – A história de J.K. Rowling, que também vale muito a pena ser assistida.

Rowling escreveu outros três livros menores relacionados a serie, dois deles sendo os títulos dos livros de escola de Harry: Animais fantásticos e onde habitam e Quadribol através dos séculos. O terceiro, Os Contos de Beedle, o Bardo, é um tradicional livro infantil bruxo, citado em Harry Potter e as Relíquias da Morte, sendo peça-chave na resolução dos mistérios da trama. Os dois primeiros títulos foram originalmente publicados em março de 2001 em prol da instituição de caridade Comic Relief.

E a autora não parou depois da publicação dos sete livros da série. Em 2011, ela anunciou um novo website em parceria com a Sony, o Pottermore. O conceito do portal é propiciar um espaço de novas descobertas sobre o mundo de Harry Potter, onde seja possível encontrar novos conteúdos exclusivos da autora sobre os personagens, lugares e objetos das estórias. Em 2012, a autora marcou o seu retorno à literatura com o seu primeiro romance para adultos, Morte Súbita, ou The Casual Vacancy, em inglês. Em 2013, fomos surpreendidos com a noticia de que a autora havia publicado seu primeiro romance policial, O Chamado do Cuco, sobre o pseudônimo de Robert Galbraith.

152820136_10

Rowling está atualmente escrevendo para cinema um roteiro original de Animais Fantásticos e Onde Habitam, que como revelado será um trilogia, e apresentará uma nova comunidade bruxa, situada na Nova York dos anos 20. O filme marca a sua estreia como roteirista e dá início a uma nova série de filmes em parceria com a Warner Bros.

Dentre os muitos prêmios e honrarias que a autora recebeu, destacam-se o Prêmio Príncipe das Astúrias para a Concórdia, a Legião da Honra da França, e o Hans Christian Andersen ,o mais importante Prêmio de Literatura infantil. Além de ter sido nomeada com a OBE (Ordem do Império Britânico) por serviços à literatura infantil. A escritora também apoia um grande número de causas beneficentes através de seu fundo beneficente Volant, e é a fundadora da Lumos, uma instituição de caridade que trabalha para transformar a vida das crianças desfavorecidas.

Atualmente, J.K. Rowling mora em Edimburgo com o marido e seus filhos.

aniversário-harry-potter-2

  • Também descobri de repente e não me arrependo.
    E aliás, excelente texto!

    • Aline Ferreira

      Obrigado!!