CabulosoCast #173 – Grande Sertão: Veredas

10

Olá Cabulosos do meu Brasil e Booklovers de todo mundo! Neste capítulo, eu (Lucien o Bibliotecário) convidei Cecília Garcia Marcon, Settembrini, Rodrigo Basso e Eneias Tavares para discutirmos sobre um dos romances mais importantes da nossa literatura: Grande Sertão: Veredas escritor por Guimarães Rosa. Além de saber mais sobre o autor, vocês também poderão mergulhar neste sertão mítico. Um bom episódio para vocês!

Edição Luís Beber;

Agradecimento a Bruno Assis, do canal Estamos em Obras, pela leitura do poema de Carlos Drummond de Andrade.

Atenção!

Para ouvir basta apertar o botão PLAY abaixo ou clique em DOWNLOAD (clique com o botão direito do mouse no link e escolha a opção Salvar Destino Como para salvar o episódio no seu pc). Obrigado por ouvir o CabulosoCast!

Quer baixar o episódio em arquivo rar?

Para baixar a versão em zipada clique aqui, em seguida cole o link de download e clique na opção convert file.

Citados durante o episódio

Recomendamos

Padrinhos Cabulosos

Anderson Henrique | Carla Fernanda | Carlos ValcárcelGiselda Cruz | Mirela Lins | Marshal Rodrigues | Sidney AndradeSonara Henriques | Rafael Norris | Ricardo Brunoro

Mídias Sociais

Assine nosso Feed

Nossa Página no iTunes

Nossa Página do You Tuner

  • Muito bom o programa. Eu não conhecia nada da obra. Só o nome.

  • Ótimo programa! Me deu vontade de tentar de novo, ganhei Grande Sertão Veredas na escola, durante o ensino médio, não me assustei com o tamanho e comecei a ler. O que fez dele o único livro que eu desisti de ler até hoje realmente foi a linguagem, eu parava diversas vezes para recorrer ao dicionário. Mas pelos elogios me parece valer a pena apesar do esforço. 😉

  • Catena Hernandez. Nada demodê.

    Programa foda. A participação da Cecilia é sempre interessante, amo. Sobre a HQ do Grande Sertão: Veredas, existem duas versões, a de Luxo, comprei de tão linda, que é exclusiva da Cultura e a capa dura que você encontra em qk loja. Para quem quiser comprar algum livro do Guimarães a Amazon é uma boa pedida, edições em capa dura estão saindo por quase metade do preço, melhor que em muitos sebos por aí.

    Bjs para todos.

  • Catena Hernandez. Nada demodê.

    Esqueci de dizer, não canso de falar, esse Eneias Tavares é foda, ele tirou D20 em carisma.

  • Vinícius Corrêa

    Geólogo, 28, lendo Bestiário Júlio Cortazar
    Ótimo programa com participações excelentes de um dos meus livros favoritos na vida, por ironia o li obrigado pois foi exigido em algum vestibular que prestei, as 100 primeiras páginas foram árduas não posso mentir contudo depois que estava ambientado a linguagem e a narrativa não linear com causos em meio a narrativa principal me apaixonei e a leitura fluiu naturalmente. Achei interessante o ponto de vista da Cecília a respeito do uso dos neologismos, minha vó é meio assim se lhe falta a palavra ela inventa. Tenho uma relação umbilical com esse livro já que sou mineiro e minha família por parte de mãe é de Cordisburgo, obrigado Leitor Cabuloso por esse programa que já é um dos meus favoritos.

  • Olá amigos Cabulosos.
    Como sempre mais um grande episódio. Devo dizer que gosto muito dos episódios que falam de literatura brasileira e também de escolas literárias. Me lembro do meu preconceito na época do colegial com literatura brasileira. Mas no caso, tive a sorte de ser obrigado a ler um desses livros de vestibular (no caso O Guarani) e qual não foi a minha surpresa ao descobrir que gostei de ler o livro?

    Ainda assim estou me devendo até hoje aumentar a minha experiência com os clássicos brasileiros.

    Coloco com certeza Os Sertões: Veredas em minha lista de futuras leituras.

    Lembro que foi por causa do Leitor Cabuloso que descobri, por exemplo, os textos de Antônio Vieira (salvo engano meu foi no episódio sobre o Quinhentismo), os quais escolhi para melhorar o linguajar e os diálogos nos meus textos.

    Antes do Leitor Cabuloso eu não me imaginária imaginária lendo esse tipo de literatura.

    É o Leitor Cabuloso abrindo cabeças.

    Grande abraço a todos.

  • Ezequias Campos

    Já botei na minha lista, já comprei o livro pelo link da amazon, o ebook está a módicos 15 michelzinhos!

    Ouvindo o cast e… pensando em FUTURAMA! Sim, sabe, tem umas pessoas que eles guardam a cabeça nuns jarros e … conservam as pessoas para sempre…esse cara teria a dizer muito hoje (e de fato, tem a dizer pelo livro hoje).

    Também espero que ao menos ele tenha sofrido bullying na escola (o que é improvável, ele devia inventando jeitos novos de encher o saco do amiguinho com neologismos).

    Acho excelente esse diferencial do cabuloso: a nossa literatura é boa, merece destaque por conta disto (e não por ser nativa, mas por ser boa).

  • Renato Dantas

    Renato, 35 anos, Revisor de Texto, São Paulo, lendo A Casa de Hades do Rick Riordan

    Salve cabulosos e cabulosas,

    Eu conhecia Grande Sertão: Veredas só pela fama mesmo, nunca li, nem mesmo para o vestibular. Lembro vagamente de ter visto a minissérie com a Bruna Lombardi e de também ter pensado em minha ingenuidade infantil “como ninguém percebe que é uma mulher?”. Não conhecia o aspecto de Pacto com o Diabo, o que me deixou bem interessado. Não vou dizer que certamente vou ler, mas estou bem inclinado a isso.

    Abraços

  • Magdiel, 21(ou 22?) anos, Recife, lendo A Cidade e a Cidade, e O Menino Que Desenhava Monstros.

    Já havia ouvido falar muito do livro por nome, mas não conhecia. Obrigado por me apresentar a obra.

  • Wesley Nunes de São Paulo e enfrentando a batalha chamada O temor do Sábio.

    O Cast fala por si.

    Mais uma vez o trabalho foi excelente. Gostei das narrações.

    Fiquei tão feliz quando citaram primeiras estórias e percebi
    que ele está aqui na minha prateleira esperando para ser lida.

    Fiquei intrigado ao saber que as obras de Guimarães Rosa são
    tão caras. Não deveria ser o contrário? Nenhuma obra de ficção é tão cheia de
    mistérios ou gera tantos pensamentos nefastos como o mercado editorial
    brasileiro.

    Brincadeiras a parte, elogio novamente o Cast.