[Mangá] 5 mangás de até 5 volumes

3

Voltamos a falar de mangás! E dessa vez quero falar com você que tem interesse em comprar mangás, mas tem a impressão de que todos os títulos são enormes, infinitos. Não é sempre assim! Vamos falar de 5 mangás que possuem no máximo 5 volumes e que são excelentes!

Planetes – Makoto Yukimura –  Completo com 4 volumes

planetes-banner-panini-capa-1

Em um futuro não tão distante, viver no espaço é uma realidade. Com a recente colonização lunar, é preciso lidar com os problemas que surgem nesse ambiente tão hostil para os humanos. Yuri, Hachimaki e Fee são três lixeiros espaciais que enfrentam seus próprios medos e dramas, ao mesmo tempo em que mudam a vida de muitos à sua volta.

Como já dito na sinopse Planetes se passa no espaço focando na nave de lixeiros espaciais, mas conforme vamos acompanhando a história vemos que Planetes toca em assuntos muito interessantes, como a colonização do espaço pelos humanos que infestaram a Terra de lixo e agora estão fazendo o mesmo fora dela, a solidão, a vida dos parentes que ficam na Terra tendo filhos(as) e maridos, esposas astronautas, tudo isso é tratado de forma tocante em Planetes. Para quem gosta de ficção científica e ainda para quem gosta de uma ótima história Planetes é super recomendado.

Você pode ler a resenha aqui.

Gigantomachia – Kentaro Miura – Volume único

gigantomachia-capa-e-contracapa

A cada centena de milhões de anos, um cataclismo de escala mundial devasta o planeta, obrigando as formas de vida sobreviventes a se adaptarem às novas condições, o que resulta no nascimento de seres incríveis… Num futuro muito distante, Prome e Delos desafiam o domínio de um Império e sua horda de lendários gigantes ao buscar as partes do “corpo de Gaia”!

Sim, é do mesmo autor que Berserk. Podemos perdoá-lo por não estar finalizando Berserk e fazendo outro mangá porque Gigantomachia é excelente. Ele aproveita bastante do traço do Miura e podemos ver o quanto ele evoluiu comparando com os primeiros volumes de sua obra principal. Os personagens principais Delos e Prome são muito carismáticos e trazem um clima de humor para a obra. Gigantomachia é a prova de que Miura pode contar uma boa história em um único volume.

Você pode ler a resenha aqui.

Hideout – Masasumi Kakizaki – Volume único

hideout-capa-1024x703

É uma noite muito escura, sobe uma forte chuva, um determinado homem prepara-se para eliminar sua vítima aterrorizada. A decisão de Kirishima Seiichi é clara: Hoje à noite, ele vai matar sua esposa. Um ano atrás, ele era um homem feliz, um escritor de sucesso, um marido contente, e pai de um menino.. naquela época, tudo parecia ir bem para ele. Mas essa felicidade tinha que acabar. O dia em que seu editor decidiu pôr fim à sua colaboração, as trevas se infiltraram em sua vida mais rápido que uma bala. Uma descida aterrorizante ao inferno começa, página por página do que parece ser o seu último romance…

E é claro que tinha que ter um mangá de terror 😀 Hideout me surpreendeu bastante porque geralmente não gosto muito do terror japonês, porém Hideout é de arrepiar. Não causa medo, que fique claro. Muitas pessoas esperam se cagar inteiras lendo terror, mas me agrada bastante quando tem uma sensação de incômodo, de desespero e esse é o caso de Hideout. Além do traço do Kakizaki que é incrível e contribui bastante com a história.

Você pode ler a resenha aqui.

Zero Eterno – Naoki Hyakuta (história) e Souichi Sumoto (arte) – Completo com 5 volumes

zero_eterno_011

Kentaro Saeki, um jovem de 26 anos sente que sua vida está estagnada: há alguns anos reprovando no Exame Nacional de Advocacia, o rapaz sente falta de algo que o faça ter motivação e fazer o “motor” da sua vida funcionar. Até que, um dia, sua irmã o contrata para uma importante pesquisa: descobrir quem foi Kyuzo Miyabe, seu verdadeiro avô, homem que batalhou nos céus da Guerra do Pacífico de 60 anos atrás, pilotando um caça Mitsubishi A6M Zero, e morreu em missão pelo Tokkotai, a esquadra de pilotos suicidas muito atuante durante a Segunda Guerra Mundial. A partir disso, Kentaro vê sua vida finalmente tomar um rumo ao descobrir mais sobre os valores e o modo de pensar de quem sobreviveu a esse passado não tão distante e confrontá-los com o presente que não parece entendê-los.

Zero Eterno é um mangá que fala dos famosos kamikaze, os pilotos suicidas. Eu gosto bastante de histórias da Segunda Guerra Mundial, de vê-la em pontos de vistas diferentes e esse é um deles. É incrível de ver a pressão a qual esses pilotos passavam e a hipocrisia de chamarem de covarde alguém que tinha medo da morte. Quando chamavam alguém para uma missão suicida esperavam alguém se voluntariar com o discurso de que ele seria um herói lembrado e que estaria morrendo por seu país, mas não iriam obrigar ninguém a fazê-lo… mas obrigavam. Quem é o herói realmente fica claro na leitura e recomendo fortemente esse mangá adaptado de um bestseller japonês.

Você pode ler a resenha aqui.

Vitamin – Keiko Suenobu – Volume único

vitamin

A protagonista e heroína da história é Sawako, uma adolescente que leva uma vida comum e tem as preocupações que toda estudante colegial tem. Até aí tudo bem. Seu maior problema começa quando ela é vista com seu namorado em uma situação comprometedora. No fim das contas, o rapaz sai ileso, o que não acontece com Sawako, que passa a ser constantemente maltratada por seus “colegas” e por pessoas que até então eram suas amigas. Isso afeta não só sua vida escolar, mas também a relação com sua família. Apesar desses tempos difíceis, a garota fará de tudo para dar a volta por cima e descobrir qual é a vitamina que a fará continuar seguindo em frente.

Vitamin foi uma chocante surpresa. Não gostei de outro mangá da autora e o traço dela não chama muito a atenção… sinceramente não esperava nada de Vitamin. Tomei um tapa na cara. É um mangá que fala de bullying de uma forma crua e fria que choca e emociona. Ele mostra como a escola, a família e os colegas normalmente lidam com o problema e que não é algo natural, é algo que deve ser evitado, deve se conversar sobre. Foi uma das melhores leituras de mangá curto que já tive.

Você pode ler a resenha aqui.

E então, ficou mais empolgado em colecionar mangás? Tem vários outros títulos que colocarei em uma parte 2 desse post. Leia logo um desses títulos e vamos conversar sobre 😀

  • Hypado

    Muito bom, tem mangas que demoram demais para acabar e vão ficando chatos.

  • Valeu mesmo a dica. Eu estava precisando.

  • Já estou lendo Planetes, depois vou ler o resto.