[Mangá] 5 autoras de mangás shonen

8

Nesse lindo Dia Internacional da Mulher onde provavelmente vamos ganhar rosas, mas gostaríamos mesmo é de respeito, vamos falar de 5 mulheres que vão contra o padrão e escrevem mangás shounen. A mulher é bastante presente no mercado de mangás no Japão, mas grande parte delas se concentra na publicação de mangás shoujo, escrevendo histórias de romance. Mas e quando a mulher sai desse padrão e vai para o lado oposto, vai escrever mangás de porradaria voltados para o público masculino, será que ela se sai bem?

Dê uma olhada nos títulos abaixo, todos publicados no Brasil e responda você mesmo:

InuYasha de Rumiko Takahashi

inu

Pra começar com o pé na porta vamos falar de uma das autoras mais famosas do meio. Autora de títulos de grande sucesso, como Ranma 1/2 e o atual Kyokai no Rinne que ganhou anime recentemente, Rumiko Takahashi é bastante conhecida e acredito que sua obra de maior sucesso é InuYasha, que ganhou anime no ano de 2000 e até teve alguns episódios exibidos na TV Globinho. Sendo sincera, foi um dos primeiros animes que vi baixando na internet discada de madrugada e apesar de achar que acabou ficando repetitivo, tenho um grande carinho por ele. InuYasha foi publicado pela editora JBC em meio-tanko e uma reimpressão em tankobon vem sendo muito pedida.

Katekyou Hitman Reborn! de Akira Amano

maxresdefault

Reborn é um título bem conhecido no meio otaku e não poderia ficar de fora da lista. Li alguns capítulos do mangá e é deveras divertido com um traço muito bem feito, tanto nas partes de pancadaria, quanto nas partes “fofas”. Ele ganhou um anime em 2006 totalizando a marca de 203 episódios. Katekyou Hitman Reborn! é publicado pela editora Panini com o título Tutor Hitman Reborn! desde 2013 e atualmente está no seu 30º volume.

Ao no Exorcist de Kazue Kato

resenha-ao-no-exorcist-o-legado-e-vida-de-um-exorcista

Nunca li o título, mas é inegável o sucesso de Ao no Exorcist. Sucesso que veio em grande parte depois da exibição do anime em 2011, ficando com um dos títulos mais vendidos da Jump SQ e sendo publicado em diversos países. Tudo isso nas mãos de uma mulher, a Kazue Kato que tem um traço incrível! Ao no Exorcist é publicado pela editora JBC com o título Blue Exorcist e está atualmente no 15º volume.

Hikaru no Go de Yumi Hotta

Anime_Hikaru_no_Go_053310_

Quando se fala de Hikaru no Go logo se pensa em Takeshi Obata que foi o responsável pela arte, mas quase ninguém se lembra de que a obra tem como autora uma mulher, a Yumi Hotta. Ela criou uma série cativante que fala de um jogo desconhecido e parece que teve que fazer uma ampla pesquisa para a obra. Da próxima vez que ouvirem falar de Hikaru no Go lembrem de Yumi HottaHikaru no Go foi publicado pela editora JBC com um total de 23 volumes.

Fullmetal Alchemist de Hiromu Arakawa

FullmetalAlchemistBrotherhood-Group-Picture

É lógico que não poderia deixar de falar do melhor shonen de todos os tempos <3 É o meu mangá favorito da demografia e quem não conhece precisa conhecer. Fullmetal Alchemist conta com dois animes, o primeiro deles é de 2003 com 51 episódios e apesar de ter contribuído para o sucesso da série, não segue a história do mangá. Até que depois de muitos pedidos foi lançado em 2009 Fullmetal Alchemist: Brotherhood com 64 episódios que seguem a risca a obra de Hiromu Arakawa. Fullmetal Alchemist foi publicado pela editora JBC em formato meio-tanko com um total de 54 volumes. Há uma grande soma de pedidos e expectativa para o relançamento em um formato tankobon que a editora já promete há algum tempo.

É claro que dessa lista ficaram de fora muitas, diversas mulheres que publicaram shonen incríveis. Elas estão presentes no meio e vejam bem, sabem fazer mangás além dos de romance! Quero deixar claro que não tem problema algum uma mulher escrever uma história de romance, sendo algo que ela gosta de fazer. Você só não pode esperar que seja romance, porque está sendo escrito por uma mulher 😉

Espero que tenham gostado, até mais!

  • Rodrigo Basso

    Fullmetal Allchemist: Brotherhood é o MELHOR ANIME. EVER!!!
    Pronto, falei.

    • Não só melhor anime como melhor mangá <3 Concordamos plenamente Basso, abraços!

  • Altemar Gavião

    Uma boa dica, principalmente para leitores como eu, que não gostam daqueles fan-services exagerados e mulheres estereotipadas que aparecem em quase todo mangá de hoje em dia.

    • Altemar, infelizmente não posso te dizer que todos os mangás escritos por autoras escapam dos esteriótipos femininos, com meninas peitudas que estão lá para serem protegidas pq supostamente isso vende, mas posso te garantir que Fullmetal, por exemplo, não tem nada disso e pode ver sem medo.
      Obrigada pelo comentário!

  • Aquele momento NÃO TEM MAIS VOLTA

  • ~Eu burra tava escrevendo apertei enter com alguma tecla e postou o comentário cortado oi~
    Aquele momento NÃO TEM MAIS VOLTA quando a pessoa sem vida já viu esses animês de trás pra frente. Inu-Yasha é um amorzinho, passava na TV Globinho mesmo com aquela abertura maravilhosa QUEROOO MUDAAAAAAAAR O MUNDOOOOO n per- (sim!!) e que eu canto até hoje (tanto na japa quanto na dublada) lol
    Minha irmã era (ou é, não sei) super fã de InuYasha então toda a info que eu tenho dele até hoje é provindo da fãzisse dela; então não me é estranho o fato dela ser mulher. DESSAS AUTORAS TODAS, A RUMIKO É A ÚNICA QUE EU GOSTARIA DE TER FEITO ROMANCE ALI, mas ok, eu convivo com isso. Já desisti de Kagome x Inuyasha KJSDHAKJDDHKDHKJDHADHADÇAK

    Katekyo Hitman Reborn eu peguei pra ver bem uns anos atrás e mano… Quase dropei. O começo da trama é simplesmente horrível, EU CONFESSO, porque o primeiro arco que na verdade são os protagonistas se juntando no grupinho da máfia é bem chatinho, com um tom de comédia tipo gintama e com uma arte bem desleixada. Então até o episódio 18 você fica com a cara “que merda é essa?” estampada na sua cara. DAÍ CHEGA O EPISÓDIO 19, QUE É O ARCO DE KOKUYO (do Mukuro) e mano do céu, eu CHOREI VENDO AQUELE TROÇO PELO AMOR DE DEUS. Depois tem a saga da Varia, sem pausas pra respirar quase e depois a belíssima saga do Futuro, que é a melhor (em unanimidade) tanto do animê quanto do mangá. Sinceramente, eu recomendo que você veja o animê <33 O mangá nem tanto, porque mesmo continuando após o arco do futuro, a conclusão foi meio apressada (mas vale a pena ler também porque a arte da autora melhorou em níveis extraordinários, como podemos ver em Psycho Pass)… Lembro que na época eu não tinha lá muita coisa pra fazer e acabei vendo duas vezes seguidas TUDO. E depois minha irmã resolveu ver e depois eu REVI TUDO COM ELA DE NOVO meu deus, acho que esse é o meu recorde de "ver um animê longo mais de uma vez" -q

    Ao no Exorcist <33 Ele é bem legal, me emocionou em grandes partes e é aquele animê que te deixa marcada, você NÃO vai esquecer o nome dos personagens mesmo depois de um longo período de tempo. Não sei se deu pra entender (explicação ótima a minha), e também as OP e as ED são maravilhosas. Eu acompanhei quando estava saindo (acho) e daí até hoje tenho a OP no cel LKDJKDJKLDJKSALDJÃLD O final do animê pelo que eu sei é tudo filler, mas não deixa de ser tão, na minha opinião. Eu nunca li o mangá.

    hIKARU NO GO MANO DO CÉU ;-; Lembro desse mangá porque quando eu tava comprando fullmetal alchemist em todas as bancas que eu ia caçar os volumes ele tava. ELE TAVA, SIMPLESMENTE EM TUDO QUANTO É CANTO. Mas eu nunca cheguei a ler o mangá, só vi o animê (que é MUITO BOM TAMBÉM). Pena que memso sendo famoso nenhum dos meus amigos leu/assistiu então é meio triste pra mim. Mas é bom. E o final é de cortar meu coração aos pedaços, mas no decorrer da história você já vai sacando o que iria acontecer e não se decepciona tanto assim. Até hoje me dá arrepios só de ver algo relacionado à obra.

    FMA eu já babei tanto aqui que eu nem vou comentar nada, só dizer que É A MELHOR COISA QUE ACONTECEU NO MUNDO DOS MANGÁ e é isso aí -qq

    Beijos <3 "Feliz" /ironia/ironia dia internacional da mulher. Eu leio mais romances escritos pra mulher (não só shoujo, mas uma penca de Yaoi também) e mesmo lá no Yaoi, tem até que bastante homi escrevendo, pra uma coisa que esperam que seja cargo da mulher escrever romances. E mesmo nesse meio, tem uns yaoi com luta e pá porrada e bomba n per GYUDIUHOSJDDGYUFDASYGL

    • CAAAMINHAR SEM OLHAR PRA TRÁS, eu tb lembro da abertura ;-; Qdo eu finalmente tive uma internet decente o primeiro anime que me lembrei de baixar foi Inuyasha, mas acabei n vendo tudo pq achei q foi ficando mais do mesmo (nem sei como acaba, pra te falar a verdade)
      Reborn eu li alguns capítulos do mangá quando a Panini disse que ia publicar. Eu gostei do que li, até ri em algumas partes, mas não foi nada de QUE FODA ISSO PRECISO COLECIONAR e por isso não comprei, mas fiquei curiosa com o q vc disse, o problema é tempo pra ver ;-;
      Ao no exorcist não conheço nada mesmo e o mesmo vale pra Hikaru no Go, que só ouvi falar mto por causa do Obata.
      FMA nem tem o que dizer, foi um dos melhores animes que já vi e RELANÇA FMA JBC TENHO Q TER ISSO NA MINHA COLEÇÃO.
      Sobre livros, leio mais autores homens mesmo = Esse ano li 6 livros até agora e 5 são de homens e o 7º que estou lendo nesse momento tb é de homem. Mangás felizmente tem mais quantidade de mulheres, mas gostaria de vê-las publicando com mais frequência em demografias que tem predominância masculina.
      Obrigada pelos comentários 😀

      • ~Respondendo aqui PORQUE PRECISO espalhar a palavra de Katekyo -nn
        KHR eu recomendo você ver o animê, ele é bem feito considerando a época e tals. E ele cobre BEM o mangá, até onde ele para (final do arco do futuro). Nem sei como você gostou do começo do mangá, porque a arte da Akira é meio bosta (depois como eu disse fica excepcional). Mas pode apostar que depois que acaba o primeiro arco (pra vc ter uma ideia o arco se chama OFICIALMENTE “Dias Normais”, de tão boring) HUSAHUSHAUSA

        ~Eu não estou lendo muitos livros esse ano ;-; A predominância de homens é espetacular, principalmente se considerarmos só o mais famosos e respeitados (ainda me lembro do Stephen King/fãs falando mal de Crepúsculo e autora sendo que eles nada tem em comum lol) e daí o povo caindo em cima da mulher. Eu não pego livro por isso, e no final a maioria das coisas que eu leio eu nem lembro quem é o autor ;-;” Só vejo essas coisas mesmo quando vou fazer post pros sites/blog, porque senão ia passar batido pra mim

        Beijos!! Obrigada pelos posts <3