[Notícia] Neil Gaiman responde a garoto de 14 anos que sonha em ser escritor

5

Parece que ultimamente eu só estou fazendo traduções do Neil Gaiman. Mas o que eu posso fazer, se tudo o que ele escreve na internet é incrivelmente inspirador? E, pelo visto, não é só para mim, já que todos esses posts são muito bem visualizados. Então, aqui vai mais um. Espero que gostem.

Leia também: Neil Gaiman dá 10 dicas para escritores

O garoto pergunta:

“Tenho 14 anos e eu sonho me tornar um escritor, você tem algum conselho sobre o que eu posso fazer agora para que, quando eu crescer, eu possa realizar esse sonho?

Resposta do Neil Gaiman:

Primeiro de tudo: você precisa ler. Leia tudo o que você puder colocar suas mãos. Leia os “clássicos” em qualquer áreas de escrita em que você desejar trabalhar, então você vai saber quais são os pontos altos. Leia fora das suas áreas de conforto, para você saber o que mais está lá fora. Leia.

Em segundo lugar: experimente coisas. Divirta-se. Se você encontrar um escritor que você gosta, escreva como ele. E então, vai soar como outra coisa. Escreva qualquer coisa. Não se preocupe em ser bom, ou se outras pessoas vão ler. Basta brincar, e brincar muito.

Em terceiro lugar: leia livros sobre a escrita, use qualquer coisa que pareça interessante e ignore qualquer coisa que você quiser. Quando eu era menino, eu me lembro da alegria que senti quando encontrei um livro chamado O Ofício de Ficção Científica, editada por Reginald Bretnor, com ensaios de um grupo de escritores, embora as únicas coisas que eu tenha usado (eu acho) foram as dicas de John Brunner, sobre descrições das diferentes formas de histórias, e conselhos de Larry Niven, sobre valorizar seus erros de digitação (que é de onde CORALINE veio).

Em quarto lugar: viva, tanto quanto você puder. Quanto mais coisas você vir, mais lugares você for, mais vidas você tocar, mais você será capaz de escrever com sinceridade, e mais memórias você terá para tornar sua imaginação real.

Não deixe as pessoas lhe desencorajarem. (Você não tem nenhuma obrigação de dizer a ninguém que você vai ser um escritor.) Você não está no cronograma de ninguém. Você pode conseguir um emprego que trabalhe com escrita, ou conseguir um tipo diferente de trabalho: nenhuma dessas coisas importa a longo prazo. Só sei que você vai precisar ter tempo para escrever.

De resto, você está por sua conta. E, quando você estiver de frente para uma tela em branco ou de um pedaço de papel, é assim que sempre vai estar.

Via Tumblr do Neil Gaiman

  • Renato Moraes

    Bacana.

  • Norberto Silva

    mestre é mestre…

  • Vanessa Straioto

    o mestre!

  • Renan Mateus

    Essa parte de estar por sua conta é bem interessante porque realmente, quando você está ali, pronto pra começar a escrever não pode existir mais nada além daquilo que está na sua cabeça e a tela prestes a ser preenchida. Escrever e criar é algo que é bom e ruim ao mesmo tempo.

  • VictorMex

    Caramba… tenho o Neil Gaiman realmente como inspiração, não somente na escrita (adoro os trabalhos dele), mas na arte como um todo.
    Ele é um mestre de verdade ao responder a essa pergunta.
    Altemar Galvião, continue traduzindo, afinal temos que fazer aquilo que gostamos de fato. Parabéns.