CabulosoCast #152 – O Sol é para Todos

17

Olá Cabulosos do meu Brasil varonil e Booklovers de todo mundo! Neste capítulo, Lucien o Bibliotecário recebe Dany Gomes, Helena Eher, Ingrid Moura e Isabella Lubrano para juntos falarem de um clássico da literatura universal: O Sol é para Todos da Harper Lee. Hoje você conhecerá mais sobre esta misteriosa autora, sobre essa obra que gerou um filme ganhador de várias estatuetas do Oscar e descobrirá a polêmica por traz do último livro lançado por Lee. Um bom episódio para vocês.

Atenção!!!

Para ouvir basta apertar o botão PLAY abaixo ou clique em DOWNLOAD (clique com o botão direito do mouse no link e escolha a opção Salvar Destino Como para salvar o episódio no seu pc). Obrigado por ouvir o CabulosoCast!

Quer baixar o episódio em arquivo rar?

Para baixar a versão em zipada clique aqui, em seguida cole o link de download e clique na opção convert file.

Ordem do Episódio:

  • Cena do filme (de 0:15 a 2:40 minutos)
  • Abertura (de 2:40 a 5:35 minutos)
  • E-mail’s (de 5:35 a 10:10 minutos)
  • O Livro SEM Spoiler (de 10:19 a 57:40 minutos)
  • Narração SEM Spoiler (de 57:40 a 1h:02 minutos)
  • O Livro COM Spoiler (de 1h:02 a 1h:34 minutos)
  • Encerramento (de 1h:34 a 1h:44 minutos)

Comentado na leitura de e-mail’s

Recomendamos

Citados durante o episódio

Padrinhos Cabulosos

  • Francesca Abreu
  • Anderson Henrique
  • Marshal Rodrigues
  • Mizael Alves

Mídias Sociais

Assine nosso Feed

Assine nosso feed http://feeds.feedburner.com/cabulosocast

Nossa Página no iTunes

https://itunes.apple.com/br/podcast/cabulosocast/id730234743?mt=2

Nossa Página do You Tuner

http://youtuner.co/index/results?s=cabulosocast&x=0&y=0

  • Petrus Augusto

    I have a dream – Luther King…
    Esse discurso desda primeira vez que eu ouvi, e ainda hoje, me dá um arrepio.. É incrível, a enlouquecia, as palavras,… Tudo!

    Eu tenho esse livro, mas, ainda não o li (ta na fila, mas, vou mudar a prioridade dele para ser o próximo)

    • Lucien o Bibliotecário

      Petrus,

      realmente é um discurso de tirar o fôlego. Assim que ler, por favor, deixe aqui as suas impressões.

      Obrigado por ouvir o CabulosoCast e pelo comentário.

      Abraços.

  • Yane

    Putz, só conhecia (de ouvir falar) o filme. Vou pegar esse livro pra ontem!

    • Lucien o Bibliotecário

      Yane,

      espero que goste do livro. O filme é muito bom também, vale a pena.

      Obrigado por ouvir o CabulosoCast e pelo comentário.

      Abraços.

  • Muito bom o cast! Confesso que fiquei aliviada em não ser mais um cast sobre fantasia. Já estava me sentido deslocada. Sobre O sol é para todos, não li ainda o livro, mas fiquei curiosa em conhecê-lo. Sempre via em destaque nas livrarias, mas não tinha me interessado muito. Nada como uma boa indicação pra despertar o nosso interesse. Já entrará pra minha lista de 2016. Mais uma vez, adorei a narração. Ela enriquece muito ao episódio.

    Ah, estou achando muito louco isso de ouvir o meu nome em todo cast nos agradecimentos. É um prazer colaborar de alguma forma com uma iniciativa tão bacana como esta! 🙂

    • Lucien o Bibliotecário

      Luciana,

      é uma honra tê-la como padrinha! 😀 E seu nome é mencionado com orgulho.

      Fico feliz que tenha se sentido motivada a ler o livro. Espero que goste.

      Obrigado por ouvir o CabulosCast e pelo comentário.

      Abraços.

  • O que dizer sobre a felicidade que foi ver esse tema no Cabuloso Cast? Quase gritei no trabalho. Além do que a Luciana falou aqui em baixo, sobre como é empolgante ver o cast sair um pouco do tema fantasia, foi uma euforia que fosse exatamente esse o livro discutido.

    Li To Kill a Mockingbird esse ano. Não sei porque não tinha lido antes, não sei nem porque não sabia que havia um filme. Li e fui surpreendida pelo quanto amei, tão surpreendida que até hoje me sinto meio anestesiada por ele, até hoje não consegui escrever sobre no meu blog.

    Pra começar, Scout é maravilhosa. Uma garotinha super inteligente, aventureira, ousada e inocente, que se veste como um garoto e tem um apelido que transparece a personalidade dela só pelo como soa. Não vou nem falar aqui sobre as relações raciais ou a relação com os outros personagens; o que mais me fascinou foi o livro ser escrito na perspectiva da Scout. Ver tantos temas sérios e pesados serem abordados com a inocência e sagacidade de uma criança foi uma delícia, o livro tem passagens incríveis que mostram a sinceridade que apenas uma criança pode ter. Isso foi tão forte pra mim que, quando fui ver o filme, achei que não tinha nem como comparar, a história é totalmente diferente sob a perspectiva do diretor.

    E Atticus também é meu personagem do ano. Ele é um pai e homem maravilhoso, o modo como ele trata as crianças sem infantilizá-las e como dá a elas liberdade para fazer descobertas e atuar no mundo é incrível.

    Não quero me alongar muito, mas gostaria de deixar minha opinião sobre o título em português. Apesar de To Kill a Mockingbird ser um “termo” relacionado diretamente à uma passagem importante na história, O Sol é Para Todos me deu a impressão de uma interpretação da história em geral, dessa ideia de quebra de preconceitos e das pessoas como iguais.

    Obrigada pela oportunidade de ouvir esse programa, galera! Fiquei muito feliz!

    • Esqueci de dizer que com certeza vou ler Vá Coloque um Vigia! Acabei de ganhar o livro e a curiosidade vai vencer!

      • Lucien o Bibliotecário

        Micaela,

        a curiosidade vence novamente. XD

        Abraços.

    • Lucien o Bibliotecário

      Micaela,

      fico feliz em ter proporcionado tamanha alegria para você. Mesmo não tendo lido fiquei encantado quanto as meninas falavam sobre e sua empolgação só me faz desejar poder ler logo.

      Muito obrigado por ouvir o CabulosoCast e pelo comentário riquíssimo.

      Abraços.

  • Alan Machado de Almeida

    Eu tenho algumas histórias no Social Spirit que gostaria de compartilhar: Mortal Kombat Universe, Metal Kombat e Clube de Caça.

  • Alan Machado de Almeida
  • Alan Machado de Almeida
  • Alan Machado de Almeida
  • Victor Oliveira Miranda

    Mais um cabuloso cast que foi de tirar o folego, parabéns pela qualidade do cast.
    Sobre o livro não li ele ainda mas depois de ouvir esse cast irei correndo atrás dele.
    E aproveitando a oportunidade, qual é a musica que tocou no final desse cast?, ela começa no encerramento e permanece como fundo durante ele.

    • Lucien o Bibliotecário

      Victor,

      vou perguntar ao editor sobre essa música.

      Muito obrigado por ouvir o CabulosoCast e pelo comentário.

      Abraços.

  • Jase Pecanha

    Até três semanas atrás não conhecia o cast. Estou ouvindo os episódios de acordo com meus interesses de leitura e tenho gostado muito do conteúdo e da forma descontraída que é apresentado.

    To Kill a Mockingbird foi um dos primeiros livros que li em inglês e considero minha obra favorita no idioma. Ao ouvir percebi duas coisas que talvez fosse bom comentar. 1) Foi dito no cast que estaé uma obra obrigatória nas escolas dos EUA, mas sinto dizer que na verdade muito tem mudado. Com a busca do “politicamente correto” as escolas aqui tem incentivado que o livro não seja lido, isto pelo uso do que eles chamam da palavra “N” (Nigger). Acredito que foi a mesma discussão no Brasil com respeito a censura a algumas obras de Monteiro Lobato. 2). Outra coisa que me chamou a atenção foi a questão da sociedade/cidade em que eles viviam; a obra é muito atual aqui também por esse fato, pois ainda há muitas e muitas cidades com o mesmo estilo. Pequena, pacata onde todos conhecem a todos pelo sobrenome. Moro em uma cidade que nem é tão pequena e mesmo assim vejo exatamente o mesmo comportamento social (hoje ao invés dos negros são os hispânicos) e a mesma questão da dificuldade de aceitar o diferente.