[Resenha] Supernova – O Encantador de Flechas | Renan Carvalho | Novo Conceito

6

A primeira missão do novato Renan Carvalho foi muito bem cumprida. Em seu livro de lançamento, “Supernova – O Encantador de Flechas“, lançado no início de 2015 pela Editora Novo Conceito, Renan apresenta um mundo repleto de fantasia, magia e com excelentes, apesar de breves, referências à mitologia, além de um toque de crítica a sistemas autoritários, onde o governo limita a ação e o direito de ir e vir dos civis.

A primeira vez que ouvi falar do livro foi na Comic Con Experience em 2014, no próprio estande da Editora Novo Conceito, quando fui comprar alguns livros que queria. O vendedor, extremamente simpático e muito querido, me ofereceu também um material de divulgação de “Supernova” e desde então aguardei o lançamento. Quando pude, finalmente, le-lo, adorei a experiência!

Mas, calma, vou explicar mais sobre ele!

Fique por dentro de Acigam

O enredo de Supernova – O Encantador de Flechas acontece na cidade de Acigam, uma cidade murada e dirigida pela monarquia.

O povo de Acigam não está em seus melhores momentos: nas escolas, as crianças aprendem somente o básico e suficiente para trabalharem quando crescerem, o transporte público apresenta falhas constantes e os comerciantes não estão satisfeitos.

O que existe lá fora, ninguém mais sabe. O povo de Acigam não pode deixar a cidade desde que ela foi separada do restante do país por grandes muros, muito bem protegidos.

É nesse cenário que conhecemos Leran Yandel, um jovem que está prestes a terminar seus estudos e que não tem nenhum grande objetivo ou plano para a sua vida. Na escola, ele é um garoto comum, sendo seu maior destaque nas aulas com prática de arco e flecha. Em casa, ele é o filho mais velho de uma viúva e irmão de Luana, uma adolescente comum, que aparente estar em uma fase de visual dark. Mas, ele sabe um pouco demais: apesar de não se poder falar sobre isso, Leran sabe que existem outras coisas e ciências fora de Acigam.

“Inicialmente, ouvi falar que alguns indivíduos podiam modificar o ambiente à sua volta. Eram capazes de controlar o campo de energia que rodeava seus corpos e, a partir disso, alterar os elementos da natureza. Eles eram chamados vulgarmente de ‘magos’ e, no passado, foram caçados e punidos por essa prática.” (p. 23)

Essa ciência, chamada também de Magia, é algo que o fascina e seus conhecimentos são consequência dos ensinamentos de seu avô, Bretor. Tem mais: Leran sabe que existe magia dentro da própria Acigam e sabe que esses indivíduos são perseguidos.

“(…) Em todos os casos, precisarei estudar escondido como meu avô faz, a fim de saciar minha fome de conhecimento e manter minha mente saudável. Esse não é um futuro em que imagino viver. Sou muito maior do que tudo isso. Meu potencial é desperdiçado dentro desse sistema. Mas o que posso fazer para mudar? Unir-me à rebelião e arriscar a minha vida? Se eu morrer, nem um futuro terei, não é mesmo?” (p. 49)

Leran faz sua escolha, porém sua vida muda totalmente após presenciar a morte de um rapaz e conhecer Judra, uma adolescente muito bonita pela qual se encanta. Da amizade, surge a paixão e o relacionamento. Tudo parece caminhar às mil maravilhas até que no baile de formatura de Leran, ele começa a entender que está, assim como Judra e Luana, além de seu avô e outros amigos, envolvido no meio da batalha entre os magos e os silenciadores (pessoas que tem dispositivos tecnológicos e práticas para destruir e matar os dominadores da magia).

A partir daí nós, leitores, entraremos em uma nova fase da leitura onde pode-se esperar muita aventura, luta, personagens marcantes e episódios inesquecíveis.

O que posso adiantar a vocês é: podem aguardar muitas reviravoltas e surpresas que vão te prender à leitura, até seu desfecho.

Analise crítica

11880082_1098834906813101_252311025_nO livro é dividido em cinco partes: prólogo, partes I, II e II e parte final. Após, apresenta-se três apêndices, que servem como guias complementares para que os leitores entendam melhor as personagens e a história, bem como os fatos mais importantes. Ao final da edição, é oferecido um capítulo extra, escrito por Judra, que nos remete a um dos acontecimentos mais marcantes da obra. Para completar, o livro possui ilustrações incríveis, de cor branco e preto, com tons acinzentados, que é um verdadeiro presente para nós, leitores.

A escrita de Renan é muito bem feita: não é amarrada e dá liberdade para interpretarmos as cenas. As cenas de batalha, sempre definitivas para determinar se um autor sabe o que faz em um livro de fantasia, não é descritiva a ponto de cansar, porém não é mal escrita ao ponto de se tornar confusa ou sem nexo. São simples e funcionam: permitem que o leitor veja as cenas descritas em sua mente, enquanto ainda está lendo.

As páginas do livro são amareladas e a fonte é preta, de bom tamanho. A diagramação é comum e facilita o ritmo de leitura.

O livro possui 438 páginas e encerra com o anúncio de continuação de história a partir do volume 2: “Supernova – A Estrela dos Mortos”, que chega às livrarias em setembro. Logo, Renan começa a escrever o terceiro volume da saga.

Nota

4,5 selos cabulosos repletos de magia
4,5 selos cabulosos repletos de magia

Ficou interessado(a)? Então compre o livro nos links abaixo:

Não esqueça de adicionar o livro no Skoob

SUPERNOVA__O_ENCANTADOR_DE_FLNome: Supernova – O Encantador de Flechas
Autor: Renan Carvalho
Edição:

Editora:
Novo Conceito
ISBN: 9788581636795
Ano: 2015
Páginas: 468
Sinopse: Supernova – O Encantador de Flechas

Imersa em uma ditadura implacável, a isolada cidade de Acigam sofre com a ameaça da guerra civil. De um lado, a Guilda, um grupo que utiliza os ensinamentos da Ciência das Energias para exigir direitos para a população. Do outro, um governo tirano, resguardado por soldados especialistas em aniquilar magos — nome vulgar dado aos praticantes da tal ciência. No meio desse conflito vive Leran, que, após ser tragado para a rebelião, tenta aprender mais sobre sua misteriosa habilidade de encantar objetos com a energia dos elementos.

Com uma narrativa envolvente e reviravoltas incríveis, Supernova: O Encantador de Flechas é um livro que vai arrebatar os fãs de fantasia.

 

  • Bruno Trajano

    ótima pedida!! Já quero muito!!

    • 😀 Olá, Bruno!
      Já saiu a continuação!!!
      Logo logo trago resenha por aqui!

      Quando ler o livro não esqueça de voltar e me dar sua opinião, por favor!
      Forte abraço,
      Domenica

  • Norberto Silva

    Me interessei muito por esse livro… Aiaiaiaiai, lá vai meu bolso ficar mais vazio ainda…

    • Olá, Noberto!

      Que bom saber disso! Fico especialmente feliz quando se trata de um livro de literatura nacional!!!!

      Quando o ler, me conte o que achou, certo?

      Abraços,
      Domenica

  • luk95

    Estou lendo e estou curtindo muito espero uma entrevista com o autor 😀

    • Olá, Luk!

      Que bom! Espero que continue gostando da obra! Me conte o que achou quando chegar ao final e prepare-se, pois o segundo já saiu!!!!

      Olha! Não havia pensado nisso ainda!
      Vou analisar a possibilidade com carinho e ver se o Renan se interessa por nos conceder uma entrevista! Obrigada pela excelente ideia!!!!

      Abraço,
      Domenica