[Notícia] Ficção fantástica argentina com dragões e cultura pré-colombiana

0

Tiempo de Dragonesainda sem previsão de editora no Brasil, traz o encontro das criaturas fantásticas da cultura europeia, com as raízes da cultura latino-americana: a cultura pré colombiana. A história começa quando dragões chegam à aldeia de Ochio, um povoado fictício das Américas. Esses dragões são considerados rebeldes pelos dragões da linhagem Dratewka responsáveis pela desarmonia entre dragões e homens. Os Dratewka enviam um grupo atrás dos dragões rebeldes. Além disso, há uma profecia de haverá um escolhido que irá trazer a antiga harmonia novamente. Xamãs, magos, alquimistas, guerreiros e monges também estão na história.

Autora: Liliana Bodoc
Autora: Liliana Bodoc

A autora é Liliana Bodoc pouco conhecida no Brasil senão pelo primeiro livro Os Dias do Cervo da Saga dos Confins. Argentina de Santa Fé, a autora tem sido bem considerada na fantasia fantástica com traduções pelo mundo. Ganhou elogios de Ursula K. Le Guin, e tem resenha no site da Tor.com. Os desenhos do projeto Tiempo de Dragones são de Ciruelo, artista plástico argentino conhecido por trabalhar apenas com dragões e seres mitológicos.

O primeiro livro dos quatro livros que compõe a série se chama La Profecia Imperfecta e foi lançado oficialmente na 41ª Feria de Libro de Buenos Aires em Maio de 2015 e já ganha resenhas positivas na Argentina. E o livro chega com boa recepção inclusive porque está sendo adaptado para o cinema. Liliana é roteirista do filme. A produtora argentina Nomad VFX é a responsável pela adaptação e já lançou o primeiro teaser do filme:

 

Bom, resta torcer para que o livro chegue logo ao Brasil assim como seu filme!

Via Revista de Cultura