[Notícia] Assista ao trailer de He named me Malala

1

Malala Yousafzai podia ser uma adolescente comum no Paquistão, mas não é. Sua história e sua luta pelo direito das mulheres à educação servem de inspiração para que muitas pessoas tenham a coragem necessária para fazer do mundo um lugar melhor. Depois de publicar um livro, Malala, agora, mostra sua história por meio de um documentário chamado He Named Me Malala (Ele me deu o nome Malala), dirigido por Davis Guggenheim (Uma Verdade Inconveniente).

Assista ao trailer:

Quando o Talibã dominou o vale do Swat, Malala recusou-se a permanecer em silêncio e lutou pelo seu direito, e das outras garotas, à educação. Por causa disso, ela foi atingida na cabeça por um tiro à queima-roupa dentro do ônibus no qual voltava da escola. Poucos acreditaram que ela sobreviveria.

he-named-me-malala-poster

Depois de se recuperar, Malala, aos 16 anos, se tornou um símbolo global de protesto pacífico e foi a candidata mais jovem da história a receber o Prêmio Nobel da Paz.

No trailer do documentário He Named Me Malala, a vemos como uma adolescente normal com sua família. O título do filme foi escolhido porque seu pai, Zia, deu esse nome a ela inspirado em uma mulher que falou e foi morta. Malala e sua família estão comprometidos com a causa da educação para as mulheres, uma causa que tem ganhado um enorme suporte pelo mundo todo.

O documentário chegará a alguns cinemas no dia 2 de outubro de 2015.

Via EW

  • IKARO H SOARES

    Essa aí não tem caráter, é uma política profissional e percebendo isso a ONU, aquele órgão que é um cabide de emprego para os gramscistas de todo o mundo e que mandam tropas estupraram e seqüestrarem crianças para servir pedófilos a alçam a símbolo de luta e liberdade.

    Olhar a cara dessa cretina me dá nojo.