CabulosoCast #005 – Especial: Choque de Realidade

106

Olá Cabulosos! Neste programa, Lucien o Bibliotecário, Priscilla Rúbia e Lucas Ferraz falam sobre o futuro do CabulosoCast. Ouçam é importante para nós.

Atenção!!!

Para ouvir basta apertar o botão PLAY abaixo ou clique em DOWNLOAD (clique com o botão direito do mouse no link e escolha a opção Salvar Destino Como para salvar o episódio no seu pc). Obrigado por ouvir o CabulosoCast!

Quer baixar o episódio em arquivo rar?

Para baixar a versão em zipada clique aqui, em seguida cole o link de download e clique na opção convert file.

Para fazer o Download do episódio clique aqui.

Mídias Sociais

Assine nosso Feed

Assine nosso feed http://feeds.feedburner.com/cabulosocast

Nossa Página no iTunes

https://itunes.apple.com/br/podcast/cabulosocast/id730234743?mt=2

Nossa Página do You Tuner

http://youtuner.co/index/results?s=cabulosocast&x=0&y=0

  • Mario Marcio Felix

    Lucien, Priscila e Lucas; O ruim da vida adulta é que ela nos coloca em muitas “sinucas de bico”. Esses percalços servem como ensinamentos. Como ouvinte assíduo do CabulosoCast e leitor do Leitor Cabuloso, digo que sentirei muita falta se caso vier a acontecer o pior.

    Ao mesmo tempo, fico extremamente feliz pelo novo trampo do Lucien pois, como professor, sei como horasaula afetam drasticamente a nossa vida, saúde e rendimentos. Além de ouvinte, como professor de Literatura que usa o podcast em sala de aula para ajudar os alunos com material extra de qualidade, também fico angustiado com os acontecimentos.

    Então, como ouvinte, colega de profissão e amigo, deixo aqui o meu apoio ao Catarse. Conte com a minha contribuição financeira, moral e até ideológica ao projeto. Conte com as minhas redes sociais para divulgar o Catarse, se houver.

    Como diziam os romanos, Adsumus, estamos presentes!

    • Lucien o Bibliotecário

      Mário,

      Foi como você falou são coisas da vida não há muito o que fazer.

      Agradeço o apoio. É importante saber que os ouvintes do CabulosoCast estão do nosso lado.

      Abraços.

  • Rodrigo Basso

    Putz, não sei se fico feliz em saber que você passou no concurso ou triste por saber sobre o “futuro incerto” do cabulosocast. Concoodo com o que você falou sobre fazer as coisas na “camaradagem”, principalmente se a ideia é se profissionalizar. Mas acredito que possamos fazer algo para ajudar, por isso avise a gente! Abraços

    • Lucien o Bibliotecário

      Rodrigo,

      Não se preocupe amigo. Se precisar da ajuda além dos apoios comentados no episódio eu aviso sim.

      Já falei isso in box, mas custa nada repetir. Muito obrigado pelo apoio.

      Abraços.

  • Nilda Alcarinquë

    Merda de mundo em que um professor tem que trabalhar 20h por dia pra ter uma vida minimamente digna!
    🙁
    :'(

    Ok, agora que desabafei, vamos lá:

    Sou adepta do financiamento de conteúdo, especialmente podcasts, por quem quer consumí-lo.
    Se eu quero algum conteúdo com alguma qualidade e que este conteúdo seja voltado pra mim e não para as empresas que o patrocinamo, então tenho que patrocinar isso.

    Não tenho, no momento, idéia novas a propor. Mas pode contar comigo se for um Catarse, se for um Patreon, se for pelo Pay Pal.
    Camisetas e itens de uma loja não me empolgam, mas também acho válido

    abração a todos, especialmente ao Lucien

    • Lucien o Bibliotecário

      Nilda,

      É a vida. Vamos lutar pela permanência do CabulosoCast.

      O objetivo do episódio é esse mesmo ouvir os ouvintes e saber quais as alternativas eles veem.

      Obrigado pelo apoio.

      Abraços.

    • Augusto Tenório

      Minimamente digna? Vc está sendo muito otimista.

      • Lucien o Bibliotecário

        Augusto,

        Acho que no Brasil todos estamos assim. Não importa a profissão. Tirando os políticos claro.

        Abraços.

        • Augusto Tenório

          Considerando que ensinas português, já pensou em ir para Portugal? Vai
          no FB e procura: Saindo do Brasil, criado por Diogo Kyrillos (e o canal
          dele no YT tb). Eu já estou buscando minha emigração.

          • Lucien o Bibliotecário

            Augusto,

            No momento, não. Agradeço a informação.

            Abraços.

          • Tauan

            Lucien já teve matérias sobre vocês nos jornais daqui de Pernambuco? Talvez uma matéria explicando o que é o cabulosocast e dizendo as dificuldades que vocês estão passando no momento servisse de janela para novas pessoas que queiram ajudar financeiramente. Ou, sinceramente, talvez até a secretaria de cultura de Pernambuco, se eles tiverem noção da importância do site, pudesse entrar e ajudar, sei lá. Quanto aos jornais, entra em contato comigo pelo inbox do Facebook, talvez eu possa ajudar em alguma coisa, já que atualmente estou trabalhando em um jornal daqui.

          • Lucien o Bibliotecário

            Tauan,

            Acho uma ideia válida, mas sei o quanto a mídia tradicional é resistente a falar sobre essas novas formas de transmitir conhecimento.

            Procurarei averiguar com amigos a possibilidade.

            Obrigado pela sugestão e pelo apoio.

            Abraços.

  • Maria Faria

    Já apoiei alguns projetos no Catarse e poderia tranquilamente apoiar o Cabuloso Cast, se gostamos de algo temos que valorizar. Só uma pergunta: Lucien deixou bem explicado que vai trabalhar “36” horas por dia e por isso não pode editar. Fiquei me perguntando se ele conseguirá participar das gravações.

    • Lucien o Bibliotecário

      Maria,

      Olá não serão todos os dias que terei essa quantidade grande aulas não. Atualmente eu gravo à noite e por isso, terei tempo sim de gravar.

      Agradeço a preocupação e pelo apoio.

      Abraços.

  • Lucien e queridos do Cabuloso,
    Entendo muito bem o que estão passando. Como ouvinte, fã e podcaster tenham certeza que estou (estamos, falando em nome do ForteRPG) com vocês.

    Não está fácil pra ninguém, frase essa que já virou clichê no atual cenário brasileiro. Tenho certeza que um catarse é a melhor opção e qur os ouvintes vão fazer o possível para que o Cabuloso siga firme e forte.

    Contem sempre conosco. Vamos fazer dar certo!
    Beijo grande.

    • Lucien o Bibliotecário

      Talita,

      Obrigado pela mensagem no twiiter e no facebook dando apoio ao CabulosoCast. Saiba que é importante demais vermos essa mobilização, pois é isso que nos dá força para continuar.

      Em breve lançarei um episódio explicando tudo.

      Abraços.

  • Diego Costa

    Amigos, primeiramente quero dizer que respeito e admiro MUITO o Lucien por ter tido a atitude de colocar as cartas na mesa e contar o que acontece na vida dele (mesmo não precisando se justificar para ninguém) e agradecer pela sinceridade no tratamento que dá a nós, os ouvintes e leitores cabulosos.

    A vida é dura, mas temos que encara-la de frente, e se o caminho a partir de agora para manter o Cabuloso será o financiamento, então que vamos à ele.

    Acho que é o minimo que nós, ouvintes que amamos tanto ouvir vocês toda semana podemos fazer para contribuir.

    E, deixo registrado aqui que só espero os dados para pagamento da minha contribuição para efetiva-la.

    Abraços a todos, parabéns ao Lucien na nova empreitada profissional e a equipe por todo este amor que vocês dedicam ao projeto e a seus fãs.

    • Lucien o Bibliotecário

      Diego,

      Acho que é a melhor forma de retribuir o carinho de ouvintes que como você ajudam tanto o Leitor Cabuloso.

      Agradeço pelas palavras carinhosas e saiba que em breve lançarei um episódio explicando tudo.

      Abraços.

  • Marcela Uchôa

    Tens o meu apoio. ^.^
    Catarse é uma boa.

    • Lucien o Bibliotecário

      Marcela,

      Obrigado pelo seu apoio. Sairá um episódio com mais informações sobre isso em breve.

      Abraços.

  • Lucas Mancio

    Lucien, Priscilla e Lucas, sou muito fã do trabalho de vocês, não costumo comentar, aliás esse é meu primeiro comentário, mas acompanho vocês a um tempinho já, no que estiver ao meu alcance podem contar com meu apoio.

    Torço muito pelo trabalho de todos vocês e pela profissionalização do site, o Brasil é muito carente em sites que foquem em literatura, hoje em dia temos uma saturação no mercado de cultura pop e é muito fácil achar noticias e conteúdo dessa área, já na área literária eu não encontro nenhum.

    Espero que tudo dê certo e que um dia vocês possam tirar uma parte do seu sustento pelo site, por que vocês merecem! Beijos e Abraços de um leitor/consumidor tímido

    • Lucien o Bibliotecário

      Lucas,

      É por isso que sempre agradeço na leitura de e-mails aos ouvintes silenciosos, pois sei que estão ai e estão sempre contribuindo com nosso crescimento.

      Muito obrigado pelo seu apoio é muito importante para saber que os ouvintes estão conosco.

      Abraços.

  • Jonas Daggadol

    Equipe Cabulosa, depois de tantas e tantas horas de podcast de qualidade, um apoio financeiro será mais do que justo deste ouvinte que tanto admira o LC e o Cabuloso Cast.

    Lucien, parabéns e sucesso na nova empreitada profissional. Parabéns também por colocar as cartas na mesa e compartilhar conosco suas preocupações com o futuro do Cabuloso Cast. Caráter, transparência, confiança; qualidades que já estamos acostumados a vivenciar com você.

    E por fim, a toda equipe: Vá te Catarse!!

    • Lucien o Bibliotecário

      Jonas,

      Acho que não tinha outra forma a não ser honesto com ouvintes que sempre compartilharam suas vidas conosco.

      Agradeço o apoio.

      Abraços.

  • Led Bass

    Marcio Alves, analista de sistemas, Santo André-SP
    Lendo As Origens da Fundação – Isaac Asimov

    Lucien, Priscila e Lucas, façam os dois, tanto o catarse quanto o patreon, eu mesmo te digo que vou colaborar com os dois, tentem disponibilizar ambos o quanto antes para que, o quanto antes, possamos colaborar com o Cabuloso cast e também com o Leitor Cabuloso

    Porque os dois? Com o catarse você garante os próximos 6 meses do Cabuloso Cast e com o patreon você pode utilizar para incrementar os seus equipamentos e quem sabe até terceirizar também a administração do site do Leitor Cabuloso.

    Não sei se existe uma mensalidade a ser paga no Patreon, se existir, adicione o valor dele ao catarse ou patreon, e se for o caso, anuncie quanto fica o valor do patreon, tenho certeza que mais pessoas, além de mim é claro, irão ajudar com isso também.

    O trabalho de vocês é excelente e de suma importancia para a população, já que a leitura está se tornando um hábito doa brasileiros, já comprei livros por “culpa” de vocês e me diverti muito com esses livros.

    Fico contente pela sinceridade de vocês e triste por saber, mais uma vez, que professores no Brasil tem de trabalhar em horários duplos, as vezes triplos, para conseguirem se sustentar, eu como uma cara mais progressista e de esquerda me sinto obrigado a ajudar esse projeto do Leitor Cabuloso e com o Cabuloso Cast.

    Enfim, de qualquer forma, muito obrigado por esses episódios que vocês editaram e lançaram até hoje, foi muito divertido e instrutivo.

    Toda sorte do mundo pra vocês e que o leitor Cabuloso e o Cabuloso Cast consigam se sustentar e sejam mimetizados pra que vocês possam ficar mais tranquilos.

    Abraços à todos

    • Lucien o Bibliotecário

      Led,

      Sim, teremos ambos: tanto catarse quanto patreon, mas explicaremos em um episódio específico como faremos para não confundir os leitores do site.

      Agradeço demais pelo seu apoio, meu amigo, saiba que é de suma importância para nós e que estou lendo e anotando todas as sugestões.

      Obrigado mais uma vez.

      Abraços.

  • Carlos Valcárcel Flores

    Lucien, fico feliz por você ter passado primeiro no concurso.
    Sempre escutei que a edição do programa é um dos maiores desafios para quem faz podcast…inclusive para podcasters experientes.
    Eu acho que fazer um projeto no catarse para a edição é uma boa ideia..contem com meu apoio.

    • Lucien o Bibliotecário

      Carlos,

      Muito obrigado pelo seu apoio. Sim, editar consome um tempo grande e acredito que conseguiremos.

      Abraços.

  • Jeferson Nichel

    Fala Lucien!! Supimpa?

    Cara, parabéns pela aprovação no concurso! Tenho certeza de que o trabalho com o Leitor Cabuloso ajudou a conseguir essa primeira colocação! =) E nenhuma das desculpas que você ofereceu, apesar de compreensíveis, são necessárias. Todos nós sabemos que certas coisas na vida sempre serão prioridade e que temos que lutar por elas.

    Taca-lhe pau no Catarse que estaremos juntos apoiando! Aliás, muito boa a ideia do Led Bass. Por que não catarse para impulsionar e Patreon para manter?

    Vamos nessa!

    • Lucien o Bibliotecário

      Jeferson,

      Faremos ambos sim, mas tomaremos cuidado para não confundir quem deseja contribuir.

      Obrigado pelo apoio.

      Abraços.

  • Bruno Lins

    Primeiramente quero agradecer a todos vocês que fazem o Leitor Cabuloso por nos disponibilziar conteúdo de qualidade durante todo esse tempo.

    Como o Lucien repetiu durante o cast, é a vida. Eu mesmo já tentei fazer um podcast, cheguei a gravar alguns epsódios mas durante as edições percebi que não teria tempo de manter uma regularidade, e acho que nenhum podcast se sustenta sem uma regularidade e abortei o projeto antes mesmo de começar.

    Para mim esse epsódio não foi de maneira nenhuma triste. Pois só ouvi notícias boas. Lucien conseguiu um novo trabalho. O site anda a todo vapor. Parcerias novas chegando. Projetos novos, etc. Tenho certeza que o os leitores/ouvintes não deixarão o CabulosoCast acabar. Pode contar com o meu apoio, sendo no Catarse, Patreon, camisa ou qualquer outro meio.

    Eu sempre me perguntei por que o leitor cabuloso não se profissionalizava (não percebia que isso já estava acontecendo). Na minha opinião o Leitor Cabuloso está para os Livros, como o Jovem Nerd está para a cultura nerd em geral e o Cinema com Rapadura está para os filmes. CabulosoCast é sem sombra de dúvidas o maior podcast de litetarura do Brasil. Fico feliz em saber que estão seguindo por esse caminho. Isso nos prorporcionará mais conteúdo e ainda mais qualidade.

    Torço muito para que num fúturo mesmo que distante, o Lucien possa se dedicar profissionalmente única e exclusivamente ao Leitor Cabuloso. Semelhante ao que aconteceu com o Jovem Nerd. Não custa nada sonhar.

    Abraço a todos da equipe e, mais uma vez, OBRIGADO!

    • Lucien o Bibliotecário

      Bruno,

      Vou parecer auto-ajuda, mas eu acredito nisso: há momentos que pensamos que um muro se ergueu diante da gente que agora apareceu uma barreira intransponível. Na verdade, acredito que é um momento de transição.

      Agradeço o apoio é importantíssimo saber o que os ouvintes pensam e que estão conosco.

      Abraços.

  • Vinicius

    Postei lá na comunidade, mas vou postar aqui também.

    @lucienobibliotecrio:disqus , primeiramente quero dizer que você pode contar comigo no que precisar e no que minhas limitações permitirem. Gosto demais do Cabulosocast e do Leitor Cabuloso para apenas assistir a estes problemas sem fazer nada.
    Em relação às sugestões, Vamos lá:

    Vocês já falaram no episódio aí e com certeza já pensaram nisso, mas não custa nada eu colocar aqui:
    1. A ideia do catarse é excelente para um levantamento relativamente célere de um montante mais substancial pro CabulosoCast. Vocês já estão planejando isso e podem ter certeza de que terão apoio imediato. Mas esse não é o único caminho, e talvez o Patreon, sendo usado paralelamente, possa ser uma importante ferramenta para angariar uma grana futura e emergencial para que vocês apliquem em situações de crise ou quando o dinheiro do catarse acabar, pois, até lá, imagino que muito já terá sido recolhido.
    2. Esse dinheiro do Patreon também pode ser investido, embora você, Lucien, já tenha dito que não tem tempo nem para ler com calma. Mas é algo a se considerar. Como a ideia aqui é que essa grana seja emergencial, ela não pode ficar simplesmente parada ou render apenas 0,05% na poupança. Há diversos investimentos melhores, com boa liquidez, baixas taxas, baixos impostos e que rendam melhor com uma aplicação mais modesta.
    3. Profissionalizar o site, angariar jabás pagos para serem aplicados antes do Cast (não sei se é exequível para o nicho do CabulosoCast, ou se você é contra essa ideia, Lucien, mas está aí).
    4. Investir também em vídeos. É mais trabalho, sim. Mais gastos, sim. Mas angaria publicidade paga de certa forma. É uma ideia que eu vejo que você já vem reformulando nos últimos tempos e me parece um bom caminho.
    5. A loja de camisetas me parece ser a ideia mais usada na internet. Parece ser bem rentável, mas também trará grandes desafios.

    Bom, eu sei que só disse obviedades, mas minha experiência se limita apenas à observação dos demais casts que temos pela internet, inclusive os gringos. émoticône unsure Tentarei pensar em outras ideias e apresentar a vocês quando possível. E, novamente, deixo aqui o meu apoio para o que precisarem.

    • Lucien o Bibliotecário

      Vinícius,

      Respondi lá, acho que você já viu. Mas fica o esclarecimento que no próximo episódio especial vamos esclarecer vários pontos que você levantou.

      Obrigado pelo apoio.

      Abraços.

  • Bruno Trajano

    Um misto de medo(pelo fim do cabulosocast), felicidade(por sua conquista Lucien), ansiedade(por querer saber como resolver essa situação) e desanimo(por entender que é algo bem complexo, e a vida é assim);
    Mas com esperança no fim, pois afinal nada é definitivo ainda, e vamos dar um jeito; farei o que puder pra ajudar a manter este que é o melhor podcast com conteúdo relevante, que já ouvi!!

    • Lucien o Bibliotecário

      Bruno,

      Agradeço de coração seu apoio. Sim! Vamos lutar para que o CabulosoCast continue.

      Obrigado pelo apoio, meu amigo.

      Abraços.

  • Vanessa Straioto

    bom , primeiro, parabéns Lucien, pelo concurso!
    gosto muito daqui, e não queria que vcs parassem…aqui foi minha entrada no mundo dos podcasts.
    então to dentro para ajudar como puder, seja financeiramente, moralmente ou qq outra coisa que precisem.
    podem contar comigo, de verdade!
    adoro ouvir e ler vcs!
    bjks em todos e boa sorte!

    • Lucien o Bibliotecário

      Nessa,

      Obrigado pelo seu apoio. Estou mais que satisfeito com as imensas demonstrações de carinho que temos recebido. Vamos lutar juntos para que o CabulosoCast continue a existir.

      Abraços.

  • Sérgio Magalhães

    Cara fico imensamente triste quando um produto tão profissional e necessário como o Cabulosocast chega à um nível desse, e anterior até, exigindo muito suor, esforço pessoal e investimento do próprio bolso pra existir. Quando tanta coisa ruim recebe apoio público/privado para produzir coisas sem a menor relevância em termos culturais. É um dia lamentável para o incentivo à leitura no Brasil, com certeza.

    Mas força Lucien e equipe. Podem contar com meu apoio – no Patreon ou Catarse, e com novas ideias para manter a coisa viável por muitos anos ainda.

    Abraço

    • Lucien o Bibliotecário

      Sérgio,

      Vamos lutar para que o Leitor Cabuloso/CabulosoCast continue. Agradeço demais pela palavras e por nos considerar tão importantes para o mundo dos leitores.

      Obrigado pelo apoio.

      Abraços.

  • Albarus Andreos

    É tocante que o Lucien, após passar no concurso que seria a solução para seus problemas, fique se preocupando conosco, seus ouvintes. Deveria estar dando pulos de alegria pelo sucesso mais que merecido na sua vida profissional, mas o coração do cara está no trabalho que lhe dá prazer, o CabulosoCast. Você sabe da minha situação, não é Lucien? Foi uma coincidência da vida, mas mesmo assim gostaria de contribuir. Catarse, sem dúvida. Já contribuí lá e farei isso de novo pelo Cast. E bola pra frente. Nada vai acabar aqui não, vai é melhorar! Dinheiro para bancar o cast, para remunerar os colunistas, para viajar… Vai ter grana para tudo. Bora!

    • Lucien o Bibliotecário

      Albarus,

      Agradeço demais pelo apoio. Não se preocupe divulgaremos em breve um episódio para falar sobre os detalhes do catarse.

      Sei sim sua situação, mas não se preocupe. Use suas redes sociais para compartilhar a palavra Cabulosa. Isso é o mais importante, indique o Leitor Cabuloso para amigos leitores, façamos o site crescer, juntos.

      Obrigado pelo apoio.

      Abraços.

  • Renato Dantas

    Queridos, podem fazer catarse, patreon, rifa, bingo que eu contribuo.

    Força na peruca!

    • Lucien o Bibliotecário

      Renato,

      Obrigado pelo seu apoio.

      Obs.: Algo que você está esperando virá em breve #ficadica!

      Abraços.

  • bibliomante

    Aloha família Cabulosa.

    Sr. Lucien – Priscila, Lucas e Cia -, é claro que é do interesse de todos CabulososOuvintes que o Cabuloso continue Ad Infinitum (não sei se é assim mesmo que se escreve, kkk) e por isso, creio que todos hão de se mobilizar como puderem.

    Conte com minha colaboração (Pay Pal, Patreon, Cartase ou o que for) e meus votos de Certamente vai dar tudo certo para o CabulosoCast e – para você e família – só podemos ficar felizes que já está dando certo.

    Não sou bom nessa parada de strategi para empresas para dar minha opinião quanto a isso, mas acho que tudo tem a ver com o que vocês Já Estão Fazendo: seguindo o caminho da profissionalização (aliás, nada mais profissional do que se dedicar a uma atividade pela qual você tem paixão).

    É isso, todo sonho que merece ser vivido deve ser vivido, e toda dificuldade trará risos e felicidade. Como diria o Sr. seu criador Neil Gaiman: se tudo está acontecendo ao mesmo tempo para o CabulosoCast e agora o que é que eu faço? Faça boa arte! E conte com os bons apreciadores da mesma!

    • Lucien o Bibliotecário

      Bibliomante,

      Sim, faremos boa arte! Muito obrigado pelo apoio meu grande amigo. Eu agradeço pela palavras carinhosas e saiba que vamos lutar pela continuidade do CabulosoCast.

      Abraços.

  • Bruno

    Bom dia Lucien,

    Sempre me questionei sobre como alguém sozinho, como você, conseguiria manter um podcast e outras ferramentas diversas com tanta qualidade. Certamente, o Cabulosocast é uma referência em termos de podcast.

    Para mim, trata-se do melhor em termos de literatura. Divertido, inteligente e acima de tudo, assume um papel social, pois aproxima das pessoas, em um país onde o hábito da leitura é algo quase mítico, das nuances e toda maravilha que somente as frases intercaladas de um livro nos proporciona.

    Também escrevo. Mas, como você, sou assalariado em outra área. Infelizmente não vivo da literatura e faço isso no único horário que tenho, das 4 as 7 da manhã. É cansativo, confesso. E saiba Lucien, que sempre quando estou meio desanimado, o seu podcast é a força que encontro e a inspiração para continuar e terminar minhas histórias. Então meu amigo, pelo menos para um leitor que mora no sul do Brasil, muito longe de você, todo o sacrifício que você vem fazendo traz toda diferença.

    É desanimador pensar que um professor tenha que passar por esse tipo de situação em nosso País. Mas esse professor não está sozinho. O que precisar, estaremos aqui amigo. Certo que nós Leitores Cabulosos contribuiremos para que essa ferramente, CabulosoCast, maravilhosa e feita com tanto esmero por você, continue firme e forte. Sabemos que é uma gota cultura no oceano de ignoração desta sociedade que vivemos. Mas para mim, e garanto que para muitos outros, esse pingo, por menor que seja, faz toda diferença.

    Não desista. Estamos contigo!

    Abs

    Bruno

    • Lucien o Bibliotecário

      Bruno,

      Só posso dizer que é a vida. Por isso o programa, por isso a sinceridade. É a situação. Ninguém tem culpa. Assim que possível eu vou liberar um áudio para anunciar a você e aos demais ouvintes como procederemos.

      E acredite se episódios do CabulosoCast te motivam a continuar acreditando na literatura são vocês ouvintes que nos fazem acreditar no CabulosoCast.

      Muito obrigado mesmo pelo apoio.

      Abraços.

  • J Carlos Viana F

    Faz pouco tempo que comecei a acompanhar o site, e já sou um fã de vocês. Até atualizei minha lista de livros escutando os podcasts. Com certeza que todos ajudarão, eu torço para que tudo dê certo, principalmente pro Lucien!

    • Lucien o Bibliotecário

      Carlos,

      Obrigado pelo seu apoio. É importante saber que nosso ouvintes estão conosco.

      Abraços.

  • Lucas Breno

    Ola eu gosto muito do Cabulosocast, concordo com a Nilda, se temos um problema então vamos resolver, quanto custa?, quero pagar sim por um conteúdo que eu amo, sem falar que é provável que melhore ainda mais a qualidade, pois teremos um profissional da área fazendo as edições. Estou esperando o link para da minha contribuição.

    • Lucien o Bibliotecário

      Lucas,

      Obrigado pelo apoio meu amigo. Em breve lançarei um episódio explicando tudo. Estou lendo os comentários e anotando as dúvidas para responder com calma.

      Abraços.

  • Dani Gomes

    Oi Lucien,

    Nossa… ouvi no dia mas não tive tempo de vir aqui no site e prestar todo o meu carinho que tenho por esse podcast. Entendo tudo que você falou, nós adultos temos responsabilidades e super apoio qualquer forma de monetização ou “ajuda” para manter o podcast no ar. Eu topo tudo, só não posso te ajudar na edição pq eu não sei rsrsrs… Brincadeiras a parte, com certeza ajudarei se você colocar no Catarse (inclusive qdo fui ajudar com aquele programa de edição já haviam comprado) e até o Patreon. Acho mais que justo e de forma nenhuma isso aparenta algo negativo.

    Eu adoro o canal, foi o primeiro que descobri sobre literatura e o meu preferido!!! Qualquer tipo de ajuda estarei por aqui para ajudar!!!
    Espero muito que qualquer decisão sua dê certo e espero muito que o podcast continue.
    Bjs

    • Lucien o Bibliotecário

      Dani,

      Obrigado pelas palavras carinhosas para com o CabulosoCast. Vamos lutar para que nosso amado podcast continue no ar.

      Agradeço demais pelo seu apoio. Não sabes o quanto é importante saber que estas do nosso lado.

      Abraços.

  • Ezequias Campos

    LC vai continuar, nem que agente tenha que fazer um assalto as avessas: agora TOMA essa grana!

  • Tiago Malta

    Bom Dia galerinha, Aqui é o Tiago Malta, Então, apesar de ser um ouvinte novo, já ouvi quase todos os episódios, pois adoro o trabalho de vocês.

    Sobre esse problema de recursos pra editar tenho duas propostas a fazer:

    a primeira é eu editar um episódio por mês na amizade, e é claro que mesmo sendo de graça estarei ganhando, pois tenho uma produtora que tem dentre os serviços a edição de podcast e isso me geraria marketing.

    Mas como vi que não gostaram da ideia e de ser uma vez por mês, nem de graça, meu custo para editar um podcast por semana seria de R$80,00 por episódio.

    Segue alguns trabalhos realizados:
    http://nacaraecoragem.blogspot.com.br/p/p.html

    E espero profundamente que o podcast não morra

    • Lucien o Bibliotecário

      Tiago,

      Agradeço a sugestão. Você poderia me seguir no facebook para trocarmos uma ideia? Vou ouvir o episódio do Falafreela, pois é um programa que gosto muito.

      Estava lendo o post do Mau. Você fez os cortes, foi isso?

      Abraços.

      • Tiago Malta

        Sim sim, mas no mobcast a edição é toda minha e na euterpe despedaçada também

  • sinto por vc lucien ..sou professora e sei como as coisas estão dificeis..talvez você consiga patrocinio….tenta junto as editoras…mas nao seja tao duro…faça uma pausa..veja seu rendimento com as aulas novas e volte… nao seja extremista.. Oriente sua esposa para que ela faça a edição ..pelo menos ate ela achar trabalho..assim terao mais episodios…quanto a gravação..se nada rolar…participe mais de outros podcasts para que o publico possa te acompanhar..só não suma ..nem domenica..vcs tem um trabalho lindo de formação de opinião…

    • Oi Arita!
      Obrigada por lembrar de mim! =) Muito gentil! Não sumo, jamais!
      To sempre nos bastidores e na labuta por aqui! 😀
      Obrigada pelo carinho e vamos salvar o CabulosoCast! <3

    • Lucien o Bibliotecário

      Arita,

      Agradeço pelo apoio. Infelizmente quanto a minha esposa é complicado. Ela nunca se envolveu e nunca se mostrou interessada, mas sempre me apoia nos bastidores afinal de contas quando fico editando ela não me cobra.

      Agradeço as sugestões dadas.

      Vamos lutar para que o CabulosoCast não pare, mas se for necessário não haverá o que fazer.

      Obrigado pelo seu apoio. E uma dúvida, você é professora de quê?

      Abraços.

  • Ana Claudia Cardoso

    Bom ah sou uma ouvinte anonima nunca comentei nem nada mas sou muito fã do trabalho de vocês. Lucien gostaria de dizer o quanto você me incentivou a ler ah também claro parabéns por ter passado no concurso e muito obrigada por tudo tudo mesmo cada episodio um melhor que o outro ah tô meio triste obrigada por tudo .

    • Lucien o Bibliotecário

      Ana,

      É por isso que na sessão de agradecimentos sempre agradeço aos meus ouvintes silenciosos.

      Muito obrigado por ouvir e por nos apoiar. Vamos lutar para que o CabulosoCast continue.

      Abraços.

  • Vitor Sandrini de Assis

    Quero um cabulosocast de Crônicas de Gelo e Fogo, Lucien!

    • Lucien o Bibliotecário

      Vitor,

      Seu pedido será atendido estamos em planejamento, pois queremos fazer um episódio diferente.

      Abraços.

  • Nilda Alcarinquë

    Ah, tem uma coisa que o Lucien falou que preciso cometar:

    Em se fazendo um projeto no Catarse e/ou Patreon eu EXIGIREI que você e o pessoal da equipe passem a frequentar Bienais, Feiras de Livro, Feiras de HQs, etc e tal!
    Porque meu suado dinheiro é pra financiar o podcast, e nisso está incluso a qualificação do pessoal!

    Nada de ficar dizendo: “ah, mas o que vão pensar se virem que estou viajando?”
    É pra dizer: “estou viajando e trazendo materiais novos, conhecimentos novos, etc e tal”

    Não sou patrocinadora/financiadora/patrona que age como a maioria das secretarias da educação que existem por aí.

    Entendido Sr. Lucien?

    abraço

    • Nildaaaaaaaaaaaaaaa, eu sempre vou quando possível! =D
      Prometo criar notícias sobre! <3

      • Nilda Alcarinquë

        Mas moça, o recado foi pro Lucien
        Pra fala dele de que não saberia como explicar pedir patrocínio e depois ir pra uma Bienal no Rio!

        Acho ótimo que consiga ir a estes eventos, e se ajudar a pagar a edição e um bom serviço de hospedagem do site fizer com que consigam ir a mais eventos destes, vou ajudar sim!

        • Sim sim Nilda, eu entendi!
          O que eu quis dizer é que você está certa na sua posição.
          Eu percebo que melhora muito a qualidade quando podemos comparecer a eventos como esses, e seu ponto de vista está corretíssimo.
          E indo além, disse que preciso compartilhar essas experiências com postagens diretas.
          Esclarecido? 😉

    • Lucien o Bibliotecário

      Nilda,

      Sim senhora! o> Entendi o puxão de orelha e será minha resposta padrão quando alguém falar algo do gênero.

      Obrigado pelo carinho.

      Abraços.

  • Stefano

    oi Lucien, achei um pouco desnecessário esse podcast, embora vc esteja passando por dificuldades (e digo isto em relação ao CabulosoCast apenas ok, e não a sua vida pessoal, que aliás, a única coisa que nos interessa como leitores é saber que vc está bem). Não quero parecer rude demais porém todos os maiores podcasts nacionais já passaram pela mesma fase e sabe, ou dá um passo pra frente ou para tudo, e eles deram um jeito sabe, mas daí podemos ouvir mas o Lucien tem mulher, familia pra sustentar e etc.. bem, Azaghal tinha na época mulher e dois filhos lembram. A única coisa que consigo pensar é: passe por isso e não envolva os leitores, como MRG fez, como Nerdcast fez, como Rapaduracast fez sabe. No quesito técnica vc é mto bom, mas parece que falta ousadia no sentido adminsitrativo, no sentido empreendedor.

    Veja o exemplo do nerdcast, editando de madrugada, editando vários em reserva, criando loja para gerar lucro sabe, eu penso o seguinte, os caras se virarem e deram um jeito, e é isso sabe, dê um jeito, mas que seja um jeito pra cima/frente e não pra baixo/trás.

    Enfim já que lançou o podcast paciência. Só acho q lhe falta um pouco de empreendedorismo. E não é apenas para falar mau de você, todos precisamos, mas vc diferente da maioria dos brasileiros, tem um real motivo pra empreender sabe, tem um público, têm um conteúdo de qualidade, tem MERCADO!

    Espero não ter sido muito rude com as palavras. Desculpe pelos erros de português pois tomei gosto pela leitura e escrita ouvindo seu podcast. E boa sorte em seja lá o que vc for fazer.

    • Igor Rodrigues

      Cara, o que o Lucien está fazendo é um modelo de negócios sim. De repente você não gostou da exposição do problema que levou a isso, mas a solução de “envolver os ouvintes” não é nada mais do que uma bem-sucedida maneira de capitalizar o conteúdo.

      Você pode fazer grana com publicidade e “vender” o público para os anunciantes. Sim, o modelo mais antigo de financiamento de conteúdo é esse, atrair audiência e vende-la para alguma empresa. Nada errado, só que:

      1 – Fica dependente da flutuação da audiência e lucratividade imediata em relação ao anúncio.

      2 – Depende do orçamento das empresas para publicidade (só 5% do budget hoje vai para o online)

      3 – Interfere no conteúdo. Querendo ou não, existe a preocupação de criar programas relevantes para ambos, audiência e anunciante. E meio que retira as opções de fazer algo mais experimental, como a série “estilos literários”.

      4 – para gerar algum lucro depende de um número elevadíssimo de ouvintes/leitores. E paga cada vez menos.

      Financiamento coletivo é algo muito bem-sucedido e é o patrocínio direto de quem ouve, sem intermediários. Tem desvantagens? Tem, mas é um modelo a se seguir. Já existem grandes sites que aboliram a publicidade em troca de financiamento coletivo.

      Um site como o Cabuloso tem público/interação para se sustentar com merchadising e publicidade? Não. Te digo com certeza numérica. Não. Dá. Assim como muitos conteúdos incríveis não são grandes o suficiente para ganhar dinheiro no formato clássico da indústria, mas tem suficiente audiência para sustentar-se com ela.

      Não há nenhuma “falta de empreendedorismo” nisso. A economia da web está aí crescendo a passos largos, com novos modelos e formas de se ganhar dinheiro. Deixo aqui um vídeo que explica bem isso (tem legendas em PT nas opções).

      https://youtu.be/sX7qxCCG3oU?t=1m41s

      Lembre-se, se você não está pagando por um produto, você é o produto.

      • Stefano

        Sobre o trecho…

        “…Um site como o Cabuloso tem público/interação para se sustentar com merchadising e publicidade? Não. Te digo com certeza numérica…” e “…Não há nenhuma “falta de empreendedorismo” nisso…”

        Respeito porém não concordo!

        Sobre o restante, concordo plenamente e acredito que veio até a complementar o que escrevi, embora meu foco tenha sido em “parar de mimimi e (perdão pelo uso da expressão mas achei q combinaria) e fazer algo sem trazer o problema para junto do público, como tantos outros podcast o fizeram.

        Mais uma vez, não me entendam mau, não estou apensa criticando sem fundamento, estou citando exemplos que podem vir a ser uma inspiração para uma evolução!

        • Marcela Teonilia

          Stefano, acredito que você compara mercados sem conhecimento. Não me leve a mal, mas parece que você ignora as diferentes cifras que rolam nos diferentes ramos de entretenimento.
          Games, cultura pop e cinema movimenta muita grana, no Brasil e no mundo. Já o mercado literário tem um público reduzido no Brasil, um produto caro portanto.
          Para ter o conteúdo que é oferecido pelo Lucien, não podemos contar com anunciantes como os que anunciam no Jovem Nerd ou no Cinema com Rapadura. Não temos mercado editorial pra isso.
          Assim, nada mais justo que o Lucien compartilhe conosco a frustração de não conseguir sustentar esse produto que compartilhamos conjuntamente, como também em nós dar a opção de pagar por ele.
          Se o Lucien fez o programa é porque nós, seu público, ou pelo menos boa parte dele, temos um contato direto com ele, já formamos uma rede de amigos.
          Então, não sei se você pensa que o pessoal do Jovem Nerd realmente colocou a família deles em risco, mas nenhum empreendedor de sucesso faz isso, o suporte que eles realmente tinham, eles não comentam, e isso faz parte do show. E não há nenhum problema nisso, a coisa toda fica ok.
          Aqui não há encenações, é só o Lucien abrindo o jogo mesmo.
          Desculpa se parecer grosseiro, não sei qual a sua idade ou suas experiências, mas empreendedorismo não é isso de vestir um terno e fazer carão. Tem um mundo enorme de empreendedorismo sem essa máscara de pompa de arriscar tudo em Vegas.
          Só digo tudo isso, porque quem acompanha o Lucien sabe que nem de longe é mimimi e soou ofensivo, e não rude, você chamar de frescura.

          • Stefano

            É, seu ponto de vista é bem plausível, apenas noto uma boa oportunidade para o Lucien fazer história sabe, para tirar algo da onde parece impossível ou pouco provável, ele tem motívo pra fazer, talvez falte aquela motivação de inicio de namoro se me compreende.

            Você não pareceu grosseira Marcela 😀
            Acredito que discussões são isso mesmo, postos de vista conflitantes! Sempre tento, em primeiro lugar, ler com bons olhos
            😀

          • Gustavo, o meu avô.

            Farei história também, sabe, olha sabe, sabe o que eu acho? Olha, sabe, sabe o vou fazer com esse cara, sabe, sabe o que, você sabe? Heim? Vou no oftalmo pra ver meus olhos, preciso deles bons, sabe, antes de ler. É, sabe…

          • FHC

            Fala Stefano. Desculpa, espero que não esteja sendo rude, mas você foi extremamente babaca (como diria o Azaghal que você tanto citou).

            A Marcela tem razão em tudo que disse, suas comparações com o Nerdcast e MRG são extremamente desproporcionais quando olhamos para o segmento que o Leitor Cabuloso aborda, que vem passando por sérias dificuldades. Outra coisa é que o Alexandre e o Dave passavam madrugadas editando o podcast porque isso é o ganha pão deles, já o Cabuloscast é um hobbie que o Lucien nos
            proporciona com tanto amor e dedicação.

            Sempre que escuto discursos sobre empreendedorismo meu estômago revira. O principal problema dessa ideologia é por ser embasada em uma
            tal de meritocracia que muita gente acha que existe, parece ser o seu caso. Não tenho intenções de mudar sua opinião quanto a isso, mas peço que reveja seu comentário inicial, ele foi ofensivo e inconsequente. Já sobre o Lucien compartilhar seu momento conosco, mostra seu respeito pelo público e comprometimento com o projeto, uma característica de alguns podcasts que se mantem próximos dos ouvintes, diferente do próprio Joven Nerd (não tenho nada contra isso!).

            Espero que entenda, abraços!

          • Stefano

            Entendo, acho q pareci ser babaca mesmo, mas como disse não foi com essa intenção.

            🙂

          • Catena Hernandez. Nada demodê.

            Antes de fazer qualquer comentário pense na Lei de Ultra: Você pode falar o que bem quiser mas nunca falar merda.

          • FHC

            Essa é infalível!

          • Vou me intrometer.
            Superficialmente funciona assim: existem um trabalho GI-GAN-TES-CO que envolve HORAS E MAIS HORAS de trabalho, que elimina o sono que você citou, a vida social e tudo o mais.
            Motivo?
            Um sonho tirado do papel, o início de um projeto bem sucedido.
            Mas isso, baby, enche o coração e alma de alegria, contudo não paga as contas.
            Se você tem hoje um CabulosoCast de 1,5 h pra ouvir por semana, nós participantes temos umas três de gravação, mais a gravação a parte dos comentários, mais a edição do mestre Lucien. Fora que temos agendamento e programação de pauta, a escrita da pauta, seleção de participantes, criação do material e tudo o mais.
            Sim, é amor… e somos amigos, entre alguns somos família!
            Pode ter certeza que no dia que pagarem pela edição, ela será feita de madrugada como a Jovem Nerd.

          • Igor Rodrigues

            E digo mais! Se ME pagarem eu farei de madrugada e ainda faço um livecam do processo.

          • Vlw Flws! =D

          • Nilda Alcarinquë

            Cadê o link do Catarse/Patreon/Pay Pal pra pagar isso?
            XD

          • Lucien o Bibliotecário

            Nilda,

            Como o site ficou fora do ar aquele tempo eu não consegui gravar com os demais membros da equipe o áudio para anunciar o catarse, mas faremos isto neste final de semana e se tudo der certo lanço neste semana.

            Obrigado pelo apoio. Um cheiro no seu coração.

            Abraços.

        • bibliomante

          Não é uma inspiração. KKKK Não tem nada a ver os exemplos que você citou. O Cabuloso já é inspirado a ser desse jeito que ele é. O jeito dos podcasts que vc citou tem tudo a ver com quem os criou. A criação saí ao seu criador.

          Vc está falando do jeito com que outros podcasts fizeram. Mas como – e ainda BEM – as pessoas não precisam – e na minha opinião NÃO devem – fazer as coisas do mesmo jeito, cada um que o faça como lhe agradar e dentro do que acredita ser o melhor. Aliás, é isto o que torna a internet diferente de outras mídias, do contrário, os podcasts (blogs, etc) tornariam-se uma grande “Rede Globo” no “jeito” de fazer as coisas. Incluindo no jeito de demonstrar esse “falso profissionalismo” de que você fala. Não porque os casts citados não sejam profissionais; mas não o são pelo fato citado e sim por outros.

          Quando uma empresa chega a um ponto em que ela pode fechar as portas – seja por bons ou maus motivos – e ela decide não avisar seus funcionários e clientes ela está sendo arrogante? Não sei, mas é certo que os funcionários e clientes querem estar cientes, e por vários motivos. Então a empresa está sendo profissional ou humana? Não sei, mas certamente ela não está tendo uma relação próxima das pessoas que fazem ela ser o que é – pq não há empresa sem funcionário, sem cliente, fornecedor, etc. Ou seja, ela está sendo impessoal. Agora repare que “Impessoal” e “Profissional” muitas vezes são tratados como sinônimos, o que é uma forma completamente “burra” de se pensar porque ignora completamente o que nós somos: pessoas. É quase como dizer que “Ser uma pessoa é não ser Profissional”, como se um profissional, para ser profissional, precisa-se “ocultar” de seu trabalho tudo o que a faz ser uma pessoa.

          Quando uma revista conceituada está para ser cancelada é o mesmo caso: Os leitores não desejam aflitivamente saber se vai continuar tendo aquele conteúdo ou não? Os leitores não querem transparência? A revista só não é uma REVISTA porque existe uma RELAÇÃO entre Revista e Leitor?

          Analogias não faltam.

          Esta historinha de que o suposto jeito “profissional” é não compartilhar com o ouvinte – ou cliente, funcionários, consumidores de um produto ou de um conteúdo – é uma daquelas “Balelices” que se ensina no mundo corporativo e nada tem a ver com as pessoas de verdade e seus vários modelos de socialização: a exemplo, a Relação entre um PodCast e seus Ouvintes. E acredita-se muito que esta impessoalidade é ser profissional porque está na moda ser impessoal hoje – ao menos, no mundo corporativo, empreendedor, no mundo dos negócios, ser profissional é não seu uma pessoa.

          Mas como ser profissional pode ter algo a ver com Não Ser Pessoal? Afinal, todos os profissionais são pessoas!

          Veja como seria uma atitude maravilhosamente profissional segundo esta “mentalidade”:

          Veja bem ouvinte, estou para dar um grande passo nesta mídia que vcs consomem semanalmente – e que pode acabar – mas não vou falar isso pra vcs pq… Ah bem, pq é o modelo de comportamento bem aceito no mundo dos negócios… E bem… Também tem aquilo de que se os outros Podcasts editam de madrugada então eu tenho que fazer isso tbm pra ficar bem na fita… Sabe… Pra dizer que eu fiz igual aqueles caras lá… Etc etc etc etc etc

          A frase acima resume o que de fato é mimimi: Todos vcs, sigam o modelo, senão vocês não serão profissionais.

          Kkkkkk

          Se o maior BEM da empresa é o seu Capital Humano, então o maior BEM de um PodCast é o seu Capital Ouvinte.

          Nada mais profissional então, tratar o seu maior Capital numa relação próxima como a que vimos aqui.

          Digo mais: empresas e corporações pelo mundo afora, vejam como se deve tratar o seu maior capital aqui, no LeitorCabuloso. Vejam e se INSPIREM.

          • Stefano

            Li, entendi e respeito! Inclusive, bem explicado! 😀

          • Lucien o Bibliotecário

            Bibliomante,

            Eu não diria de uma forma melhor. Minha justificativa para expor a situação segue uma padrão que criei desde o começo respeitar aquele que vem, tratá-lo como ele merece como uma pessoa que aprecia o trabalho, não como alguém que faz uma mera obrigação.

            Por isso sempre me esforço para responder todos os comentários. Ouvir o que as pessoas estão dizendo mesmo que sejam críticas pesadas, compreender o que elas no fundo querem dizer mesmo que o faça de forma não educada.

            Obrigado pelas palavras e por considerar a postura tomada neste episódio como algo a ser seguido.

            Abraços.

    • Catena Hernandez. Nada demodê.

      Ain, eu como um seguidô di Miziz apoio o seu pensamento. Temus mesmo qui cê empreendedores com noços meritus, sein éça di pedí ismola por aí. Mesmu qui éça ismola seji pra produzí conteúdu di qualidadi. Tambeins çou contra esse pessoal qui anuncia produtus pra vendê, pq elis não si viram sein reclamá?

    • Gustavo, o meu avô.

      Não li e não lerei.
      Antes fosse um texto do Gustavot…

    • Pinto de Véio

      “(…) A única coisa que consigo pensar é: passe por isso e não envolva os leitores.”

      Ah tá. O podcast está em vias sabe de acabar sabe e os leitores, que veem sabe o blog e sabe escutam o podcast sabe, não devem ser envolvidos porque sabe eles não tem culpa sabe?

      Ah sabe? Acho melhor sabe você sabe parar de escutar o podcast sabe e não sabe ficar de mimimi sabe?

      Ah sabe? Grato =)

      • Catena Hernandez. Nada demodê.

        Feijoada!

      • Stefano

        hahahahaha… de fato “sabe” é meu vício de linguagem hauhauhauhauah

        • Catena Hernandez. Nada demodê.

          Ah, sabe, qui bon qui você, sabe, que sabe do vício di linguagi. Eu acho un charmi só.

    • Carlos Arremedinho

      Ei, ow, ei macho, você sabe, sabe onde, você sabe ond é o jogo do Vitória? Eu sei que vc sabe, tá na cara que sabe, heim, heim? Ow, ei macho falaí… Fala, vou aproveitá qui o jogo é grátis, eles tão em crise mas não reclamaun, é assin mesmu, empreendedô qui é empreendedô não reclama, si vira.

    • Nilda Alcarinquë

      Ia tecer um longo comentário aqui, mas parece que já o fizeram
      Só vou dizer que prefiro saber da situação às claras do que ser surpreendida pelo fim do site ou por um anúncio de que as editoras é que vão mandar no conteúdo

      E já que o Lucien não deve ficar muito bem todos pintado de branco, nem isso deve funcionar muito bem na internet, o episódio serve como substituto à estátua viva:

      https://www.ted.com/talks/amanda_palmer_the_art_of_asking?language=pt-br#t-88121

      http://www.livrariacultura.com.br/p/a-arte-de-pedir-87144044

      • Lucien o Bibliotecário

        Nilda,

        Obrigado pela indicação do livro e do vídeo. Já assisti ao vídeo e lerei o livro é uma das minhas prioridades agora.

        Desde comecei o CabulosoCast, já aprendi muita coisa e esse ensinamento da Amanda Palmer é um dos que mais tenho pensado nos último meses principalmente quando falamos sobre o mercado editorial e a publicação de livros.

        Obrigado por tudo.

        Abraços.

    • Lucien o Bibliotecário

      Stephano,

      Não li o que escreveram abaixo, mas vou concordar com você, só discordo quanto a necessidade desse áudio especificamente.

      Se você é ouvinte como eu sabe que o NerdCast, o MRG e o RapaduraCast já fizeram programas pedindo a ajuda e o apoio dos ouvintes para que eles continuassem a crescer. E sempre pensei que é uma demonstração de maturidade, honestidade e humildade, ao reconhecer que o ouvinte faz parte.

      Sempre me senti um pouco magoado quando um programa que eu gostava e acompanhava simplesmente acabava de uma hora para outra. Do nada, os caras chegam e dizem: “Ah, gente, tá difícil, não conseguimos capitalizar o negócio, por isso resolvemos acabar”. Poxa, porque eu nunca soube disso, porque não falaram antes.

      Mas como disse, concordo com você, acredito que preciso estimular mais minha veia empreendedora que por sinal sempre gritou por mais dedicação. Sem a edição do CabulosoCast, terei mais tempo e já estou me mobilizando nos bastidores para isso.

      Mudanças são assim, parecem ser bagunçadas anunciar o fim apocalíptico de uma vida, mas marcam uma transição. É assim que me sinto, em um momento de transição, em um momento de mudança. Essa “crise” pessoal que vai me afastar da edição do CabulosoCast está me obrigando a olhar para o Leitor Cabuloso como ele, como um grande portal literário.

      Obrigado por suas palavras. Acredito que algumas pessoas também tenham se sentido assim e que tenha me dado a oportunidade de esclarecer.

      Abraços.

      • Stefano

        Perfeito comentário Lucien. Invejável sua parcimônia em responder de forma tão educada e esclarecedora. Pensando bem e analisando as respostas da galera ao meu comentário, mudei de opinião sobre alguns pontos, na verdade acho q não foi nem mudar, mas sim, absorver dos diversos pontos de vista pra contemplar ainda mais minha visão sobre as coisas.

        Evoluir é refletir!

        • Lucien o Bibliotecário

          Stefano,

          Agradeço pela compreensão e por manter a mente aberta. Acredito que de forma alguma sua intensão foi magoar ou ofender.

          Compreendi o que suas palavras queriam dizer. Sempre respeito os ouvintes do CabulosoCast, pois o que seria do nosso podcast sem vocês.

          Abraços.

  • Luiz Fernando Teodosio

    Olá, Lucien.

    Mil desculpas pela demora em vir comentar. Confesso que nesses últimos meses não tenho escutado muitos podcasts e ando atrasando alguns, incluindo o CabuloCast (embora eu sempre consiga alcançar os epis atuais após algum tempo). Vi o título deste epidósio há alguns dias e presumi o conteúdo. Mesmo sabendo disso, foi um choque ao ouvi-lo hoje, finalmente.

    Primeiramente, meus parabéns por ter passado no concurso, e em 1º (rsrs). Compreendo os motivos expostos e apoio plenamente sua decisão. Realmente é uma situação complicada pela qual você está passando. Mas tenho a sensação de que o Cabuloso Cast renascerá em algum momento futuro, de alguma forma. Portanto, não vou escrever nada bonito, pois isso aqui não é uma despedida, só um “até logo” (e eu sou péssimo pra dar tchau para as pessoas).

    Além disso, temos o site, parece estar a todo vapor. Eu tenho uma ideia para ele: anúncios e cobertura de eventos literários. Toda semana sempre tem algum evento literário acontecendo em alguma livraria do país, no facebook dá para achar muitos. Não conheço nenhum site que cubra integralmente esses eventos que acontecem dispersos e a gente nem se dá conta. O Leitor Cabuloso poderia, semanalmente, anunciar esses eventos (basta que os colunistas estejam atentos na aba de eventos do facebook), para aos poucos tornar-se uma referência nisso. Quanto a cobertura desses eventos, talvez uma seleção desse conta de selecionar alguns leitores nas capitais do país para fazer esse trabalho (eu ajudaria, já que vou em alguns). Essa segunda parte da proposta demanda organização, mas é uma ideia que achei que seria interessante oferecer.

    Enfim, seja qual for a solução escolhida (ainda não li os outros comentários), darei meu apoio R$.

    Abraços.

    • Lucien o Bibliotecário

      Luiz,

      São realmente excelente sugestão. Tá anotada aqui e realmente é interessante e muito possível.

      Agradeço o apoio e a compreensão pelo momento atual do site. Não acho que exista adeus. Apenas é uma fase de mudanças e mudanças precisam acontecer.

      Não se preocupe quanto a sua periodicidade ao ouvir o CabulosoCast, sei que estas ouvindo e tenho a alegria de tê-lo como meu ouvinte.

      Obrigado pelo apoio.

      Abraços.

  • Então, seja qual plataforma for pagaria com o maior prazer.
    São dois motivos principais que me fazem apoiar vocês: o principal que é o fato de eu não querer ficar sem o cabuloso cast e o outro, é que eu já tive que abandonar um projeto que eu adorava por, digamos, consequências da vida, falta de tempo e essas coisas, e se eu puder fazer alguma coisa para ninguém passar pelo que eu passei, farei sorrindo.
    Abraço e sucesso a vocês.

    • Lucien o Bibliotecário

      Leonardo

      Muito obrigado pelo seu apoio. Nesse momento, vendo as manifestações de apoio e carinho só tenho a agradecer.

      Abraços.

  • Francesca Abreu – Manu e Nelle

    Meu!!!

    Não tinha escutado esse cast até hoje.
    Foi no site do kickante e vi a campanha finalizada do Kickante.

    Estou escutando que você foi selecionado para o novo emprego.
    Desde já, parabéns. Apesar de tudo, a vida é assim. Escolhas e escolhas. Nós temos que fazer escolhas no início da nossa carreira. Fazemos sacrifícios e esforços para colher nossos frutos no futuro.

    O que tenho a dizer sobre sua escolha: nunca vi pessoas que se sacrificaram e que se esforçaram, não conseguirem vencer na vida.

    Peço desculpas por não ter participado da campanha. Sinto vergonha disso.

    Concordo com a campanha e a terceirização da edição do cast. Tenho noção de como é pesado a edição de qualquer produto.