[Evento] Riah Comic Event e Entrevista com Carlos Ruas de “Um Sábado Qualquer”

2

Olá galera dos quadrinhos, no dia 11/04 eu fui a um evento de HQs na minha pacata cidade, São Carlos-SP, acompanhei palestras de figuras, como o senhor Alvaro De Moya, um dos maiores especialistas em história em quadrinhos mundial.

Alvaro organizou a primeira exposição internacional de quadrinhos, desenhou para Walt Disney e é autor de alguns dos mais importantes livros sobre quadrinhos publicados no Brasil.

Da esquerda para direita Eldes – Ilustrador, Alváro de Moya, Marco Antonio Cortez e Filipe Lucidi
Da esquerda para direita Eldes – Ilustrador, Alváro de Moya, Marco Antonio Cortez e Filipe Lucidi

Um evento pequeno, porém com pessoas super talentosas e simpáticas: além do Senhor Alvaro, encontrei o Carlos Ruas, criador de “Um Sábado Qualquer” e o “Mario Cau”, “História e Arte de Morphine” e Marco Antonio Cortez, ilustrador do Seninha.

Continuando, conheci de perto o trabalho do Mario Cau e adquiri alguns de suas obras de arte, assim como “Morphine”, com uma história de um grupo de amigos, sobre o cotidiano urbano e seus dilemas do dia a dia, vale a pena conferir!

Mario Cau também tem contribuído mais trabalhos como “Terapia”, “Dos Casmurro”, “Piece” e “Nós”. Para quem quiser conferir os trabalhos do Mario, que não é aquele que fez alguma coisa com você atrás do armário, eu acho…hahaha… enfim, acesse o site do Mario.

Da esquerda para a direita: Eu (Márcio), Mario Cau, e o meu amigo Robson Stark
Da esquerda para a direita: Eu (Márcio), Mario Cau, e o meu amigo Robson Stark

Conheci o criador de Deus, não sabe quem é? É ele, Carlos Ruas….Maoooooe! vem pra cá, vem cá!

Você com certeza já deve ter trombado com alguma “tirinha” desse cara por ai nas redes sociais da vida. Carlos tem um humor peculiar sobre religiões, sendo bem inteligente e preciso ele consegue criar vários personagens religiosos entre outros que tenho certeza que pelo menos um deles irão fazer você se divertir, sendo assim lhe convido a acessar o site dele, onde tem material à venda em uma loja bacana. O site é Um Sábado Qualquer.

Eis o criador de Deus, Carlos Ruas
Eis o criador de Deus, Carlos Ruas

Entrevista de Carlos Ruas para o Cabuloso Comic

Carlos Ruas cedeu uma entrevista para o LC, espero que gostem:

Quando você começou com os desenhos? Eu comecei em 2009, há 6 anos, o que já tem um tempo considerável.

Como você descobriu esse dom? Eu desenho desde criança, quando meu pai me ensinou a fazer charge. Eu devo muito isso a ele e na escola eu era uma merda, a única coisa que eu sabia fazer de bom era desenhar nas carteiras da escola, durante as matérias novas eu ficava “pichando” as carteiras e o meu dom tava ali, o que eu fazia de melhor, eu demorei para perceber isso. Eu era apaixonado por quadrinhos, mas só depois da faculdade quando comecei a trabalhar que eu quis fazer o meu comercialmente, porque antigamente fazia por prazer, hobby e todo espaço branco que aparecia. Por exemplo, se uma pessoa não tem muitas pintas no rosto eu vou olhar aquele espaço em branco e vou querer desenhar no rosto dela, eu adorava desenhar, quando eu estava em uma agência de design eu pensei: “poxa sempre fiz tanto quadrinho, tanta arte, mas nunca fiz uma pra ver se funciona”, e então resolvi criar o “Um sábado qualquer” e acertei de primeira! Eu achei bem legal,o primeiro, que eu fiz com os personagens mitológicos e religiosos e funcionou, sou muito grato por isso ter acontecido.

Quais dificuldades você encontra no país? Todas, porque área artística no Brasil não funciona, têm pessoas que tem dons excelentes mas que exercem outra profissão, meu dentista é artista plástico, faz esculturas belíssimas mas ele é dentista. Arte no Brasil vira hobby, infelizmente, então temos que nos virar do jeito que podemos, são poucos os que conseguem hoje ganhar dinheiro com quadrinhos, mas o conselho que dou é: não desista, porque a gente perde muitos talentos também porque se desestimulam sem nem mesmo antes ter tentado, o cara já fica desestimulado pela sociedade, pela família, pensando que isso não vai dar certo, que não vai dar dinheiro, então TENTA CARA! O cara prefere fazer algum concurso, às vezes nem ele soube o talento que ele tinha, então eu sempre tento incentivar as pessoas nas palestras que eu dou para a pessoa tentar, porque se você nunca tentar você nunca vai saber, você vai ficar com aquele “e se” na cabeça. É mais difícil o mercado de arte no Brasil, é. Mas da pra viver, então vamos tentar!

No que você se inspirou para criar “Um sábado qualquer”? Eu me inspirei em Deus, esse é outro hobby que eu tenho: adoro estudar religião e mitologia, mas como forma de estudo, até porque sou agnóstico, não tenho uma religião específica. Na verdade, eu gosto de pegar um pouquinho de cada coisa, acho que não existe uma certeza absoluta, sendo que as outras são erradas, é muito egocentrismo a gente achar isso, e nisso, vi que tinha facilidade de criar humor com esse assunto, então eu reuni tudo isso nos meus quadrinhos e funcionou muito bem.

Guenta aê!

Não terminou! Eu quero agradecer algumas pessoas, lá vão elas: Eldes de Paula Oliveira, um ilustrador muito talentoso também, cujo trabalho vocês podem conferir no site dele. Ele também é ilustrador de camisas, têm umas artes iradas! Obrigado pelas fotos.

Ao pessoal do Estúdio Lucidi por levarem um workshop de desenhos super bacana e um parabéns a iniciativa com o PokeBall Z que é um livro de ilustrações crossover dos universos de Pokémon e Dragon Ball, feitas pelo Betinho, professor do estúdio!
Quero agradecer a Ariane Camargo, proprietária da Riah Comics, organizadora do evento, ao Renan Gurgel pelo “apoio” e todas às pessoas que ajudaram a organizar o evento, só peço para organizarem os campeonatos de LoL em outro ambiente, a barulheira atrapalhou as palestras.

Recomendação

View post on imgur.com

Queria chamar atenção de vocês para um projeto super bem feito do Glauber Lopes. O projeto está no catarse:  está muito bacana e precisa daquele apoio financeiro da galera. É o primeiro quadrinho do Glauber e é sobre viagem. Vamos dar mais valor aos artistas tupiniquins =D Quem tiver interesse, ajude!!!

Obrigado aos leitores e leitoras do LC. Fiquem ligados, no próximo mês vai ter uma coluna sobre personagens e Hqs que inspiraram games, uma lista bem legal de jogos.

Até mais! =D

 

  • jedimdk

    Bem legal, eu sigo os trabalhos no site dele. Original e competente. Precisamos de mais chargistas e quadrinistas, expor estes trabalhos e ganhar publico nesse Brasil afora. Só um toque: o link do site dele ta com erro.

  • Eldes

    Obrigado Márcio! Que bom que gostou.