[Resenha] Por Lugares Incríveis da Jennifer Niven

6

Theodore Finch é conhecido como uma aberração em sua escola. Ele se veste, age e fala de modo diferente. Além disso é fascinado com a morte, mais especificamente com o suicídio. Ele pensa diariamente se hoje é um bom dia para morrer. Gosta de fazer coisas que o façam se sentir vivo. Então ele sobe na torre do sino da escola e fica observando o mundo em pé na borda de dez centímetros.

Já Violet Markey é uma garota popular que namorava o garoto popular e era amiga das meninas populares. Só que ultimamente ela não é mais a mesma. Passou por uma experiência de quase morte onde perdeu sua irmã mais velha, Eleanor. Ela se culpa por estar viva e por isso sobe na torre do sino da escola.

por lugares incríveis

É assim que Thoedore e Violet se conhecem. Finch acaba salvando Violet (embora o boato que passa a circular na escola seja outro) e a convida para ser seu parceiro no trabalho de geografia, onde o professor propôs que visitassem pontos famosos de Indiana, estado que vão abandonar logo após a formatura.

Os capítulos são alternados entre Violet e Finch. Os de Violet começam com uma contagem regressiva para a formatura onde ela pretende sair da cidade, do estado, e deixar as lembranças de sua irmã para trás. Os de Finch contam os dias acordado. Sabemos que Finch tem alguma coisa que o faz apagar durante dias/semanas e por isso ele gosta de se sentir vivo/acordado. Com o andar do livro sabemos o que se passa com ele.

Parece uma história de romance. Finch conquistando Violet cada vez mais em cada ponto visitado de Indiana exatamente porque ele é diferente, inusitado. Existe sim o romance, mas esse não é o foco do livro e isso me surpreendeu.

O livro é um alerta. Um alerta de que precisamos conversar sobre nossos problemas, sobre o que sentimos, por mais que seja desagradável. É um alerta nos dizendo que a pessoa próxima de você pode sim precisar da sua ajuda. Às vezes pensamos que ela está bem, que a família irá resolver, mas algumas famílias preferem fingir que está tudo bem e nada está bem.

É uma ótima história. Tanto de amor, quanto de perda.

NOTA:

05-selos-cabulosos

Ficou interessado(a)? Então compre o livro:

 

 

Autor: Jennifer Niven
Origem:
Estrangeira
Título original:
All the Bright Places
Edição:

Editora:
Companhia das Letras
Ano: 2015
Páginas: 336*
Skoob

* Li uma prova antecipada, então o número de páginas pode mudar. O livro tem data de estreia para 14 de janeiro.

  • Victor Hugo Oliveira

    Gostei dos detalhes inusitados da trama, mesmo que parece ter um cerne um pouco clichê, pelos seus comentários deu a sensação de o livre ter bastante profundidade e sensibilidade. Realmente fiquei interessado, procurarei com certeza na próxima visita a livraria!

    • É profundo mesmo Victor. Pensei que era um livro bonitinho com uma história de amor, mas ele é até bem triste.
      Depois me diga o que achou 🙂

      • Victor Hugo Oliveira

        Comprado, agora só falta ler xD. O livro tem 326 pág., mas tem umas notas e mapa que levam até 335 no total

        • Aeeeee! Volta pra dizer o que achou. Espero que n se decepcione xD

          • Victor Hugo Oliveira

            Acabo de fechar o livro. Agradeço por teres sido a porta que me levou a ele. Apesar de ter alguns momentos ao meu ver “artificiais” o livro me tocou bastante. O final realmente me surpreendeu, não achei que a história seguiria uma rota tão “madura”. É um livro estranho, pois sua força e beleza não está nem na trama nem nos personagens, mas nos pensamentos que o orbitam. Novamente, obrigado.

          • Oi Victor, fiquei mto feliz com seu comentário, de verdade. Tb me impressionei com a história e lembro de quando estar no final comentar com meu marido: “que livro triste” e ele perguntar: “Sério?” A primeira vista não parece ser um livro sério dessa forma. Eu que agradeço 😀 Abraços!