[Resenha] Coração Assombrado, a biografia de Stephen King

4

Sinopse:

A biografia de um dos autores mais populares no mundo contemporâneo. Stephen King tornou-se parte da história da cultura pop, com mais de 300 milhões de livros vendidos e mais de 50 prêmios por suas obras. Seus romances best-sellers têm capturado a imaginação de milhões de leitores mundo afora. Mas quem é o homem por trás dessas histórias de horror e tristeza e do sobrenatural? De onde nascem suas idéias? E o que o leva a continuar a escrever em um ritmo alucinante, após uma carreira de quase quatro décadas?

Lisa Rogak nos conduz ao universo peculiar de Stephen King. Sua infância, seus medos, sua determinação, o primeiro contato com a escrita, as agruras da adolescência, as dificuldades de um ícone e o lado do pai de família, o músico, o fã de beisebol e o amigo generoso. Apesar de seu trabalho escuro, perturbador mas de extrema força emocional, King tornou-se reverenciado por críticos e seus milhões de fãs mundo afora como uma voz de todos os americanos mais parecido com Mark Twain e HP Lovecraft. Stephen King – A Biografia – Coração Assombrado narra sua história, revelando o caráter de um homem que criou algumas das mais memoráveis – e assustadoras – histórias da literatura contemporânea.

stephen_king coração assombrado

Análise:

Stephen King é hoje um dos mais venerados escritores pop como também um dos maiores — se não o maior — ícones do horror contemporâneo. Seu trabalho tem influência de Ray Bradbury, H.P Lovecraft, Edgar Allan Poe e curiosamente, filmes B de horror, aqueles bem trash mesmo. Pra ele, “Quanto pior melhor”.

Mas isso tudo e muito mais (ou não) será abordado no livro, de capa dura, e muito bem feito e elaborado pela DarkSide Books e escrito pela americana Lisa Rogak.

Entretanto, apesar do livro ter sido indicado ao Prêmio Edgar Allan Poe de Melhor Biografia, não foi sequer uma das melhores biografias que li. A autora muitas vezes soava repetitiva além de passar algumas páginas discorrendo sobre pontos não muito relevantes. 320 não foram suficientes para ilustrar 67 anos de vida de um cara que escreveu mais de 70 livros (no chute, não lembro quantos foram ao certo), minisséries, roteiros para HQ, roteiros para cinema, contos para revistas, contos para antologias, dirigiu filmes e etc. Faltou profundidade. Não creio ter sido falta de pesquisa, pois acredito que como uma profissional, Lisa Rogak, fez direitinho seu trabalho de pesquisa, uma vez que a própria basicamente trabalha com esse tipo de literatura não ficcional. Vi muitas pessoas dizendo que o livro não passava de um grande “copia e cola”. Não só discordo, como acho esse tipo de afirmação injusta e infundada, por motivos que já citei anteriormente.

Em defesa da autora, posso garantir que pelo menos as duzentas primeiras páginas são muito bem escritas e detalhadas. Ela discorre sobre a infância difícil do autor, sua relação com a mãe, com o irmão e com a família, bem como sua relação com o mundo e com a forma que King — a criança, o jovem, o adulto e o ícone de hoje — lidou com o abandono do próprio pai. Sua adolescência é tratada no livro da mesma forma, já quando este atinge o nível universitário, o livro é tomado pela superficialidade que já ressaltei.

 Não obstante, aconselho à leitura de “Stephen King — Coração Assombrado”, pois ainda sim vale a pena conhecer detalhes novos da vida do autor, ainda mais se você for um fã como eu.

NOTA:

03-e-meio-selos-cabulosos

Ficou interessado (a)? Então compre o livro nos links abaixo:

Submarino
Amazon

Nome: Stephen King — Coração Assombrado
Autora: Lisa Rogak
Tradutora: Claudia Guimarães
Edição:

Editora:
DarkSide Books
ISBN: 9788566636147
Ano: 2013
Páginas: 320
Skoob

  • Victor Hugo Oliveira

    Não sou chegado a biografias, mas se hei de fazer uma exceção seria ao King do terror. Procurarei dar uma olhada na próxima visita a livraria. Gostei bastante de crítica, by the way

    • jeffersonpessoa20

      Já eu adoro biografias, Hugo. Por isso meu desapontamento com essa em questão. Mas como eu disse: vale a pena conhecer a vida de King e aconselho a leitura dessa obra. Obrigado pelo comentário e pelo elogio.
      Grande abraço!

  • Camila Vieira

    Também não tenho o hábito de ler biografias, mas tive que ler essa sobre meu autor preferido. Valeu a pena ter lido e conhecido mais sobre a vida do King.

    • Jefferson Pessoa

      Obrigado pelo comentário!