[Notícias] Editora Draco lança o selo de quadrinhos Contraversão

3

No último fim de semana, durante a Brasil Comic Con em São Paulo, a Editora Draco deu mais um importante passo em seus projetos envolvendo histórias em quadrinhos. Depois das coletâneas Imaginários em Quadrinhos, com dois volumes lançados e mais três em fechamento, e de outros projetos de sucesso como Quem Matou João Ninguém?, foi trazido a público o selo Contraversão.

capa-apagaoextra-colorido-72-212x300Todo trabalho da Draco nesse mercado é desenvolvido por seu Editor de Quadrinhos, Raphael Fernandes, que mantém um site sobre Cultura Pop chamado Contraversão, daí o nome do novo selo. A intenção é criar HQ’s curtas e baratas, de até trinta páginas e pelo preço de R$ 5,00 por edições com papel de qualidade e capa cartonada. Inicialmente a venda é feita apenas em feiras e eventos com a presença da Draco, mas também será possível comprar pelo site da editora em breve.

A primeira HQ é Apagão Extra – Ligação Direta, com roteiro de Raphael Fernandes e arte de Camaleão. A história se passa no universo de Apagão, projeto de quadrinhos financiado com sucesso pelo Catarse no ano passado, e se passa num mundo que foi atingido por um blecaute geral, resultando numa sociedade caótica e violenta.

A segunda trata-se de Terra Morta – A Obsessão de Vitória, com roteiro de Cirilo S. Lemos e arte de Victor Freundt. A história se baseia em um conto de Tiago Toy, autor dos livros de zumbis da série Terra Morta, também lançados pela Draco, e conta a história de Vitória, uma moça viciada em redes sociais que é trazida à realidade da vida da forma mais brutal possível: tendo que fazer o que for preciso para sobreviver ao apocalipse zumbi.

TMHQ-capa-72-212x300Esse é um projeto louvável que merece o apoio de todos os fãs de quadrinhos e pessoas que querem ver esse mercado crescendo no Brasil. É uma oportunidade incrível para que roteiristas e artistas independentes façam trabalhos de qualidade através de uma editora em franca expansão, que tem a capacidade de atingir um público bastante grande.

É muito importante, para que um projeto como esse siga em frente, que receba todo o apoio possível. Aliás, toda iniciativa independente e projeto de quadrinhos em sites de Crowdfunding, como o Catarse, precisa de todo apoio que possa receber, pois isso é fundamental para a evolução desses produtores de conteúdo.

É nesse ensejo que o Raphael Fernandes postou no Contraversão o texto O que fazer para termos um mercado nacional de cultura pop, o qual recomendo a leitura a todos que curtam esse tipo de coisa. Então vá lá, compre as HQ’s da Draco, incentive o selo Contraversão a crescer e, se encontrar um projeto legal no Catarse, invista um dinheiro nele. E acredite, você não estará fazendo favores a ninguém além de si próprio!

logolucas_vectorized (1)

  • Victor Hugo Oliveira

    Admiro muito o posicionamento da Draco e espero que continuem puxando o fronte da produção nacional. É uma pena que não se observe esse tipo de esforço em editoras maiores, que poderiam levar a uma evolução muita mais rápida do mercado por conta de seus recursos. Espero ter a oportunidade de comprar a Apagão em um futuro próximo.

    • Lucas Ferraz

      Olá Victor!
      Pois é, a Draco está mandando muito bem!
      Mas não pegue apenas Apagão, dê uma conferida no Terra Morta também, vale muito a pena!

      Obrigado pelo comentário!

  • Bianca Rubens

    adoreiiii, se eu achar comprareiii