CabulosoCast #99 – Maze Runner: Correr ou Morrer

25

Olá, Cabulosos! Sejam bem-vindos a mais um CabulosoCast! E neste capítulo, Lucien o Bibliotecário e Priscilla Rúbia recebem André Wallace para falar sobre o livro que deu origem ao filme que chega dia 18 de setembro aos cinemas do Brasil: Maze Runner: Correr ou Morrer de James Dashner, publicado pela editora Vergara&Riba. Bom episódio para vocês!

Atenção!!!

Para ouvir basta apertar o botão PLAY abaixo ou clique em DOWNLOAD (clique com o botão direito do mouse no link e escolha a opção Salvar Destino Como para salvar o episódio no seu pc). Obrigado por ouvir o CabulosoCast!

Quer baixar o episódio em arquivo rar?

Para baixar a versão em zipada clique aqui, em seguida cole o link de download e clique na opção convert file.

Para fazer o Download do episódio clique aqui.

Citados na leitura de e-mail’s

Recomendações

Livraria Cultura

Submarino

Citado durante o episódio

Mídias Sociais

Quer nos Enviar um E-mail?

Quer enviar um e-mail comentando algo que ouviu no programa? Quer enviar um link ou alguma material que complemente as informações do podcast? Escreva para cabulosocast@gmail.com

Assine nosso Feed

Assine nosso feed http://feeds.feedburner.com/cabulosocast

Nossa Página no iTunes

http://itunes.apple.com/br/podcast/leitor-cabuloso-literatura/id549022839

Nossa Página do You Tuner

http://youtuner.co/index/results?s=cabulosocast&x=0&y=0

  • Oi pessoal! Ótimo cast como de costume!
    Fiquei moderadamente curioso com o livro. Grande problema é que não estou afim de embarcar numa leitura nova de série que me amarre a mais diversos volumes. E esse é um problema que tem acontecido cada vez mais no gênero fantasia, e pelo que ouvi, o fim do livro termina te deixando completamente no escuro, o que desanima mais.
    Ainda se fosse uma série mas o primeiro livro fosse contido em si mesmo, com começo, meio e fim definidos, é outra história. Mais possível que eu veja o filme e então decida se vale a pena me aventurar pelo livro, hehehe.

    Valeu!
    Lucas Ferraz, Consultor de TI, 25 anos, Sorocaba, SP

    • Lucas,

      Também considero essa uma grande desvantagem para se dar seguimento a série. É o caso, por exemplo do 1º Matrix, que traz uma história fechada, mas com uma ponta para as continuações… Acho que, no caso de Maze Runner, recomendo que assista, se possível, ao filme e depois leia o livro.

      Muito obrigado pelo comentário.

      Abraços.

  • É a primeira vez que escuto no Cabuloso a resenha de um livro que já li e refletiu muito das minhas próprias impressões: gostei de Maze Runner, é um livro divertido, mas não sei se gostei tanto a ponto de querer acompanhar o resto da série.

    Mas sim, recomendo. Não é difícil que outras pessoas (como o Lucien) fiquem mais empolgadas que eu.

    Cá entre nós, e esse Maze Runner – versão Cabuloso Cast:
    “Thomas é recebido na clareira por um cara chamado Abigail, depois disso, ele luta com o Guile e entra no labirinto na companhia do Leite Ninho, onde ambos tem de fugir das Verduras.

    Me fala onde eu compro esse livro XD

    • Joe,

      Minha versão é bem melhor, né? Vou dar um toque para o Dashner! 😀 Fico feliz que tenhas gostado do episódio e que nossas opiniões convergem.

      Assim que o Dashner lançar o Maze Runner versão Lucien, eu te falo, prometo!

      Obrigado pelo comentário!

      Abraços.

  • Leonardo Garcia

    Oi pessoal

    Excelente podcast, achei bastante informativo, como já esperado. Meu sonho é ouvir um cabulosocast sobre o livro Duna de Frank Herbert. Lucien realize esse meu pedido PLEASE!!!!!!!

    Grande abraços a todos da equipe do site

    • Lucas Ferraz

      Leonardo, eu suporto esse pedido 100% !!
      Duna é um livro tão fenomenal que daria um cast incrível!

    • Leonardo,

      Está preparado? Duna está na pauta de 2015! 😀 Pronto, agora não morra do coração!

      Obrigado por comentar e ouvir o CabulosoCast!

      Abraços.

  • Amigos, tudo bem?

    Excelente episódio, mais uma vez! Apesar de eu não ter ficado com vontade de ler o livro (tanto que ouvi o episódio sem medo de spoilers), achei criativo o universo e a ideia do autor. Quem sabe veja o filme, para pelo menos ter minha própria opinião acerca do enredo.

    Agora, o fator que me traz aos comentários hoje é: QUE EDIÇÃO FANTÁSTICA, senhor Lucien. Quando crescer, quero ser que nem o senhor. Sério! Trilhas, ritmo (mérito dos convidados também, claro), o efeito do “pããã!”… Foda! Parabéns mesmo! E que o Cabuloso continue assim.

    Grande abraço! o/

    Marcelo Zaniolo, LivroCast, 27 anos, Florianópolis – SC

    • Marcelo, meu amigo,

      Eu considero que o filme talvez seja melhor que o livro, mas só assistindo para ver. Sobre a edição, obrigado, vindo de um editor competente como você é um puta elogio! Espero que gostes das próximas, amigo.

      Obrigado pelo comentário sempre carinhoso.

      Abraços.

  • Eriton

    Eaew galerinha do cabuloso cast, ótimo episódio, o tema foi muito bem vindo, mas antes de falar sobre o programa em si vou responder ao pedido de Lucien e comentar sobre o novo player: ATÉ QUE ENFIIIIM, (palmas estrondosas no fundo), AGORA SIM O PODCAST TEM UM PLAYER TOTALMENTE ACESSÍVEL E FÁCIL DE ENTENDER (não que o outro não fosse, mas esse é bem mais divertido pros olhos), SEM FALAR QUE NINGUÉM MAIS PRECISA ROLAR O SCROLL DO MOUSE SETE VEZES PRA CHEGAR NELE.
    Enfim, voltando a Maze Runner, vou dizer logo, eu já ia ver o filme, já ia ler o livro, então sabem qual foi o efeito dele sobre mim? Nenhum… Brincadeira, brincadeira ;D vocês me fizeram ter mais vontade de comprar o livro agora vão me fazer gastar dinheiro ¬¬ (sintam-se mal). O que eu gostaria de acrescentar é que enquanto vocês falavam dos personagens de como o drama tava fraco e essas coisas e como as vezes ele deixavam pra lá as explicações ou ficavam empolgados por besteira, me pareceu que vocês esqueceram que apesar deles serem adolescentes estar trancado em um local sem poder sair de jeito nenhum não afetasse a mente deles e os fizesse de certo modo mais infantis. A claro foi a impressão que eu tive apenas então dos dois um: Ou eu sou um idiota por vir falar aqui sem ter lido o livro (muito provável, voto nessa 😀 ), ou vocês são pessoas sem coração u..u
    Deixo a votação dessas opções pra vocês, um abraço a toda turminha do barulho do LC o/
    Eriton Araújo, 17 anos, Estudante de Física- Bacharelado (mais conhecido como rato de laboratório humano da faculdade), Recife/Goiana – PE, acabo de ler a “trilogia” do Guia do Mochileiro das Galáxias, estou lendo Hemlock Grove, vou ler mais Agatha Christie (pq sempre é bom :3).
    P.S.: Essa voz na leitura de e-mail é da Serena? Non creio 😮 Deve ser por isso que choveu a semana toda. XD

    • Eriton,

      Fico imensamente feliz que tenhas gostado do novo player.

      Sobre o ponto que você levantou ara discussão. Thomas descreve aquela sociedade como extremamente organizada e, no caso, o próprio Thomas chega na Clareira e em menos de 48 horas acontecem os fatos que relatamos. E outra coisa, mesmo que você não tenha lido o livro, isto não o proíbe de argumentar com base no que falamos.

      Obrigado pelo comentário.

      Abraços.

  • Olá pessoal!

    Ganhei o “Maze Runner” em uma brincadeira de amigo oculto no ano de 2010. Na época eu quase não tinha ouvido falar nada a respeito da história, apenas conhecia a sinopse e achava a capa bacaninha (rsrs), por isso li sem expectativa alguma. Talvez por isso tenha até gostado bastante! Comprei o segundo livro da série, mas já passei vááárias leituras na frente dele… qualquer hora sigo em frente.

    Gostei bastante do clima mais tenso e sombrio do trailer, e acredito que será uma boa adaptação. Talvez fique até mais interessante que o próprio livro…

    Adorei o episódio e ri muito com o ‘Leite Ninho’ e o ‘Abigail’. É difícil conter o riso enquanto ouço o cast no ônibus, por isso de vez em quando devem achar que sou meio doida… rsrsrsrs

    Abraços para todos!

    Bernadete Santos, 32 anos, Cuiabá / MT, bancária.
    Lendo “O Iluminado” Stephen King / “Maus” Art Spiegelman.

    PS.1: Apoio total ao episódio de Duna. Ótimo saber que já está na pauta 2015!
    PS.2: Estou sem Twitter, mas mesmo assim #vaitertorrenegra
    PS.3: Tá faltando mais Serena… poucas doses de Serena… rsrs 😀

    • Bernadete,

      Desculpas por fazer você passar vergonha em público (ou não :D).

      Como a Priscilla disse, parece que não gostamos do livro, mas ele é interessante sim apesar de alguns defeitos não deixa ser uma leitura instigante com uma história interessante e criativa.

      Muito obrigado pelo comentário.

      Abraços.

      • Na verdade, obrigada por me fazer passar vergonha em público toda semana! 😀

        Abraços.

  • Ezequias Campos

    Parei na metade. Justamente na hora dos spoilers. Me deixou bem curioso, ouvirei o resto depois de ter visto o filme!

    Parece ser bom para um filme. Mas não sei se estou com vontade de ler mais outro YA. Talvez depois do filme eu veja e leia todos logo de uma vez (como fiz com jogos vorazes, que li num final de semana, os três.

    • Ezequias,

      Espero que você goste do filme. Volte aqui para nos dizer o que achou.

      Obrigado pelo comentário.

      Abraços.

  • Victor Hugo Oliveira

    Finalmente chegou o cast \o/ (e eu atrasei a ouvir)… Achei bem bacana a abordagem no cast, mas me deixaram mais confuso ainda se vale ou não a pena ler xD. Os diversos mistérios me incitaram muito a favor, mas as conclusões finais me deixaram com um pé atrás, vou ver o filme primeiro e a depender dele leio o livro. Gostaria de ter ouvido um pouco mais sobre a escrita do autor, já que o foco perdurou quase completamente no plot (o que teve de comentário sobre a escrita me soou ligeiramente negativo).
    Sobre a questão levantada sobre Lucien do quarto livro, o de arquivos, acho que vem mais na pegada comercial da coisa do que necessariamente para tapar buraco, haja vista que ter um livro para “explicar” esses livros YA que tem seu próprio mundo tem sido uma atitude comum no mercado editorial, temos livros “guias” para Percy Jackson, para Ender’s Game e acho que lá fora também rolou um para Divergente ou Hunger Games. Mas bem, não li a saga para poder afirmar categoricamente isto.
    Apenas para adicionar, quem tiver lido e gostado da Saga, o autor esta publicando agora no Brasil ou saga chamada O jogo infinito que tem sido bem elogiada até.

    Victor Hugo Oliveira, 23 anos, Rio de Janeiro, Eng. Metalúrgico e escritor wannabe(ou não)
    Últimos livros lidos: Mortal Engines vol. 1 e Colapso de Tudo
    Lendo: Antologia da Literatura Fantástica (coletânea de contos organizada por Borge, e Casares) e Mortal Engines vol. 2
    Na fila: Rei de Amarelo e o Caso de Charle Dexter Ward

    • Victor,

      É por que a escrita do Dashner não tem nada de surpreendente, contudo o livro flui. Eu (que leio muito devagar) li Maze Runner em 4 dias. Ele é descritivo na medida certa e seus diálogos são verossímeis. É uma leitura bem prazerosa.

      Não sei se os livros que “explicam” são iniciativa do autor (como no caso de Maze Runner) ou se é a editora que pede algum manual (escrito por outra pessoa) para vender mais. De qualquer forma me soa meio como propaganda negativa sobre o livro.

      Muito obrigado pelo comentário.

      Abraços.

  • Pedro Henrique Tameirão Elias

    OLá Lucien sou Historiador e Educador Físico em curso, Cristão Católico e um puta fã o seu site, estou passando aqui para te dizer que você esta de parabéns por este site fenomenal, nos últimos dias cabei minha maratona de ouvir todos os cabulososcast, e só posso lhe dizer que foi uma experiencia absolutamente incrível. Obrigado por fazer parte da minha vida e tornar minhas escolhas literárias melhores, haaaa e tornar meu chato trabalho melhor rsrsrsrs, queria muito que você lê-se meu comentário mas se não der, tranquilo muito obrigada, DEUS te ama e eu também…

    • Pedro,

      Muito obrigado por ser ouvinte do CabulosoCast. Fico feliz que tenhas concluído a maratona e tenha curtido. Agradeço pela fidelidade e pelo carinho, nobre amigo.

      Que Deus o abençoe.

      Abraços.

  • Eai seres humanos, tudo blz? falo de Belem do Pará (Y) Conheci o livro depois que o trailer do filme me chamou atenção, ate o momento estou gostando muito da leitura, esper que o filme seja muito bom tbm
    #Baixandoooooooo

    • Orian,

      Espero que voltes aqui para deixar suas impressões sobre o episódio.

      Muito obrigado pelo seu comentário.

      Abraços.

  • olá pessoal do Cabuloso Cast!

    Ouvi este cast um pouco atrasada pois queria ler ou assistir o filmes antes. Acabou que vi o filme e ainda não li o livro, mas foi uma experiência interessante já que eu sempre faço o contrário.

    Gostei MUITO do filme, achei instigante e muito bem feito! Sai do cinema ansiosa para ler os livros porque né… como eu irei sobreviver sem saber o fim dessa história!??? kkkk

    Já estou com o primeiro livro mas confesso que ainda não comecei. O Cast me deixou um pouco desanimada pra ler! Não é que o cast tenha sido ruim! Não! Pelo contrário! É que pelas discussões entre vocês o livro parece ser mais fraco que o filme. Como eu estou meio saturada de distopias young adult, acabei colocando ele de escanteio para terminar outras leituras.

    No mais é parabenizar por mais um cast e dizer que a participação do André foi muito massa!

    Grande abraço!

    Nayhara – 28 anos, Vila Velha/ES – Engª ambiental e blogueira quando tenho algo pra dizer no http://www.praticamenteinofensivas.com.br

    • Nay,

      Eu acho que se você começar a ler o livro não conseguirá parar. A Escrita do Dashner é viciante. Como ainda não assisti ao filme posso dizer que minhas expectativas continuam altas e agora que este retorno seu, estou maluco para ler.

      Muito obrigado pelo comentário.

      Abraços.