[Notícia] Saraiva lança o eReader Lev

7

Por Lucas Rafael Ferraz64930.94376-Saraiva-Lev

A Livraria Saraiva resolveu entrar na briga pelo crescente mercado de leitura digital no país. Depois da Livraria Cultura trazer o Kobo e a Amazon passar a comercializar o Kindle, é a vez do Lev, nova opção para os adeptos dos eReaders.

No exterior o nome do eReader é Cybook, e aqui passou a ser Lev. Coincidentemente (ou não) o CEO do Grupo Saraiva chama-se Michel Levy. Eu pessoalmente não conhecia a Bookeen, e apostava que alguém trouxesse ao país o Nook, eReader da rede Barnes and Noble. A empresa, entretanto, tem uma longa história de mais de 10 anos investindo em leitura digital, conforme a timeline, retirada do site oficial.

timeline

O Lev chega em duas versões, a normal e a com retro-iluminação, com preços equivalentes aos já praticados pela Amazon e pela Livraria Cultura em seus aparelhos. A disputa do consumidor pelo visto não será pelo preço cobrado, mas pela qualidade do produto e tamanho dos acervos de eBooks oferecidos.

O aparelho tem todos os recursos já conhecidos dos usuários desse tipo de device, como tela de eInk anti-reflexiva, touchscreen, bateria de longa duração, entrada para cartão MicroSD, e suporte ePub, um dos maiores padrões de formato de livros digitais, não reconhecido pelo Kindle.

Na promoção de lançamento o consumidor leva 10 livros pré-carregados, mais 4 best-sellers para baixar, ganha pontos em dobro no programa Saraiva Plus, o dicionário Saraiva embutido e 1 ano de garantia. Além disso pode parcelar a compra em 18 vezes sem juros no Cartão Saraiva, e 12 vezes nos demais, com 5% de desconto se a compra for a vista. Também estão à venda acessórios como capas de couro.

Enfim, o mercado nacional ganha mais uma opção, o que é sempre muito bem-vindo, pois aquece ainda mais a indústria e pode incentivar mais editoras nacionais a investirem em terem seus livros em formato digital. Infelizmente por enquanto isso não se reflete no valor dos aparelhos, e menos ainda no dos eBooks, que tem um preço bastante salgado.

logolucas_vectorized (1)

  • Victor Lemon

    Concorrência num mercado tão mal povoado de e-readers sempre é bom!
    Espero que vingue aqui, afinal a Amazon domina praticamente com o Kindle a ponto da Sonh ter parado de fabricar o dela.

  • Não seu como está o market share nacional de eReaders, mas tenho a impressão que a distância entre Kindle e Kobo não deve ser tão grande não. A Sony realmente descontinuou a linha deles, que nem chegou oficialmente aqui, devido a concorrência forte lá fora, com Kindle, Kobo, Cybook, Nook e tal.

  • OMG! Só sei que eu também quero um desse! <3 Amo de paixão o Sam, meu lindo maravilhoso e inseparável kindle.
    Mas eu aceito um desse também! hahahaha =)
    Acho que o fato de ler epub será um ponto positivo a mais para o equipamento, que estimulará a venda!
    Tomara que dê certo! Todos são ótimos! =D

  • Taí uam notícia que não me empolgou nenhum pouco.

    Porquê?
    Porque há uns 2 meses tive o desprazer de comprar um e-book na Saraiva, que demorou UMA SEMANA para ser entregue!
    Sim, um livro digital, um arquivo em e-pub, demorou UMA SEMANA para ser disponibilizado para leitura.
    Isso depois de ter que baixar o programa de leitura deles que, pasmem, não pode ser baixado ou sincronizado após a meia-noite!!

    Com um histórico tão ruim como este, não espero nada menos que muita lambança digital por parte da Saraiva.

    abraços

    • Nossa. Preocupante isso Nilda.
      Mas devemos observar os comentários de quem se aventurar primeiro, isso porque o aparelho conta com o respaldo de uma empresa que lida com ebooks há muito tempo. Talvez com isso o sistema existente da Saraiva seja melhorado ou ao menos não afete a experiência no aparelho em si.
      Agora, 1 semana por um download é inadmissível. Compro livros no Kobo que são baixados antes de dar tempo de receber o SMS do banco de compra no cartão!

    • Bem pertinente este ponto que você tocou, Nilda. Ainda não conheço o Lev (Cybook), mas entre os aparelhos Kindle e Kobo, ambos são bons. Mas o que vai definir mesmo é a qualidade do serviço e “logística” digital. Na Amazon, tudo é extremamente ágil, você compra do site ou do aparelho com 1 click, sem complicação nenhuma. Nunca consumi conteúdo digital da Saraiva, mas o pouco que já sondei, não gostei, achei meio capenga. Torcendo para que melhorem isso para termos um mercado mais competitivo.

      Parabéns pelo post, Lucas!

      • Olá Justiceiro!
        No Kobo a experiência de compra é a mesma que você citou no Kindle. Extremamente rápida com download imediato. Mas é o que eu disse, o Cybook provavelmente oferece uma experiência similar em sua própria loja, se a Saraiva só agregar o acervo pode ser que fique equivalente aos outros.
        Vamos ver o que as pessoas que comprarem dizem.

        Grato!