[Resenha] Marlon Brando – A face sombria da beleza do François Forestier

2

Capa_Marlon Brando.inddTitulo: Marlon Brando

Subtítulo: A face sombria da beleza

Autor: François Forestier

Editora: Objetiva

ISBN: 9788539005581

Tradutor: Clovis Marques

Páginas: 200

Ano Lançamento: 2014

Sinopse:

Marlon Brando, “o maior ator do mundo”, um monstro sagrado. Desde sua estreia em Nova York em Um bonde chamado desejo à sua última aparição em A cartada final, ele teve um destino fora do comum. Como o homem de uma beleza inimaginável, de uma sedução extraordinária, de um talento sem igual pôde se transformar num fantasma obeso que se afundou na tragédia? Que não parou de depreciar sua profissão? Que não sabia quantos filhos tinha? Que assistiu impotente, ao crime cometido por seu filho e ao suicídio da filha?

Analise:

Marlon Brando, um ícone no universo de Hollywood, consagrado mundialmente como um grande ator e fazendo papeis marcantes na tela do cinema. Nessa biografia Forestier destrincha a faceta de Brando nos mais íntimos detalhes da sua vida e de sua família

Sua beleza é registrada na capa do livro, jovem e sedutor atraiu grandes atrizes e até homens que ficavam loucos para ter um momento a sós com ele. O trabalho feito pela editora Objetiva é incrível, com uma boa diagramação e fontes bem adequadas.

Forestier utiliza uma narrativa fluida e bem direta, ele entrevistou diversos amigos do ator e o leitor vai poder conhecer todos os filmes do qual Brando estrelou, sem contar os inúmeros atores e atrizes que são bem descritos no livro.

O livro é dividido em duas partes, o leitor vai acompanhar a primeira parte que é a ascensão que mostra a vida sofrida e conturbada que Brando passou com a família de um pai violento e uma mãe alcoólatra.

Na segunda parte, depois de ter atingido o ápice em sua vida de ter conseguido todas as mulheres em seus pés inclusive homens, ter ganhado milhões estrelando grandes sucessos cinematográficos, vemos um Marlon Brando destruído o galã que todos desejavam se tornou uma pessoa obesa e descuidada com a aparência, um dos seus filhos foi acusado de assassinato e a filha cometeu suicídio levando assim toda sua vida para o fim do poço.

O leitor vai acompanhar em detalhes sobre a vida do maior ator do mundo.

05-selos-cabulosos
Avaliação: 5 Selinhos Cabulosos
  • Alvaro Rodrigues

    Excelente resenha, Rafael. Deixo, primeiramente, a indicação da tradução brasileira de Streetcar Named Desire como “Uma Rua Chamada Pecado” e não “Um Bonde Chamado Desejo”. Sendo este, o segundo filme em que pude ver o grande Marlon Brando atuando.
    Conheci o ator assistindo O Poderoso Chefão, por influência de meu pai. Hoje, o livro de Mario Puzo encabeça o meu top cinco de leitura.
    Anos mais tarde, voltei a assistir O Poderoso Chefão, e com maior maturidade pude entender melhor a história e perceber como Marlon Brando era genial. Curioso, busquei Uma Rua Chamada Pecado (ainda com indicações de meu pai) e a partir daí, outros filmes de Brando.
    Mais que artista, e apesar dos dramas de sua vida pessoal, Brando foi influente como ativista. Além de lutar no movimento pelos direitos civis dos negros, uma de suas atitudes mais lembradas é a recusa do Oscar de 73 (por O Poderoso Chefão), onde enviou em seu lugar uma representante indígena para um discurso/protesto sobre discriminação, que surpreendeu os presentes.
    “Marlon Brando: A Face Sombria da Beleza” entrará para minha lista de compras em: 3, 2, 1…

    Alvaro Rodrigues, 26 anos, Rio de Janeiro

    • Rafael Botter

      Primeiramente, muito obrigado pelo seu comentário Alvaro e que bom que você tenha gostado da resenha.
      Sua indicação foi anotada e vou providenciar para ver. O engraçado que conhecemos Marlon Brando sempre no filme O poderoso chefão, creio que esse filme marcou sua estrela no hall da fama mundial, sem contar que esse filme é considerado o melhor de todos os tempos.

      Espero que você goste do livro e deixe o seu feedback sobre ele.

      Abraços.