[Rapidinhas de inglês] 6 benefícios adquiridos por quem fala outro idioma

2

435O The Huffington Post postou esses dias um artigo com 6 benefícios adquiridos por quem fala outro idioma. Gostei muito e por isso fiz aqui um resumo. Além do aumento em processamento cognitivo, foco e habilidade de realizar múltiplas tarefas, o site ressaltou que as pessoas bilíngues ou poliglotas, possuem vantagens mais concretas e pessoais. Seguem os exemplos:

1. Capacidade de compreender e apreciar referências e nuances culturais.

Muitas particularidades da arte e da cultura popular se perdem com as traduções. Por melhor que seja o trabalho do tradutor, qualquer filme, música ou livro é melhor compreendido quando apreciado em seu idioma original. O bilíngue leva vantagem neste ponto porque muitas coisas são “intraduzíveis”, ou mesmo que possam ser traduzidas, o impacto, o efeito não é o mesmo.

2. Oportunidades de emprego e melhor aproveitamento de viagens.

É de conhecimento geral que a fluência em outro idioma muitas vezes é definitiva ao competir por uma vaga de emprego.
Além disso, ao visitar outros países, é muito mais proveitoso falar e compreender os nativos. As interações são mais fáceis e a viagem se torna muito mais produtiva.

3. O bilíngue percebe e compreende as coisas que se perdem com a tradução.

Quando estamos abertos para aprender outro idioma, ficamos expostos à nova cultura e maneira de enxergar o mundo. Nem tudo que é traduzido pode ser facilmente compreendido. Às vezes é necessário um pouco de contexto cultural. Até mesmo a maneira como uma gíria foi criada pode dizer muito sobre as pessoas que a usam.

4. A sensação de estar conectado com sua história e família.

Para muitos que possuem familiares estrangeiros, ou parentes de idade avançada que falam somente o idioma do país de onde vieram, saber comunicar-se neste idioma é importante para manter-se conectado com a sua própria história. Além de poder conversar com este parente, a imersão na cultura e costumes resgata sua origem.

5. A interação com pessoas de diferentes culturas é mais profunda.

Ao falar a língua nativa de alguém, as conversas e interações são mais proveitosas. A conversa não fica somente no trivial. Ao visitar um país e poder falar com o idioma local nos deixa muito mais confortáveis e os nativos apreciam. Por outro lado, quando há um visitante estrangeiro, você é sempre chamado e suas interações aumentam.

Quanto mais capaz você for de comunicar-se, maior será o seu aprendizado porque é possível captar mais rápido qualquer palavra ou construção nova.

6. Sua capacidade de expressão adquire formas múltiplas.

Alguns sugerem que os poliglotas possuem múltiplas personalidades, agindo de maneira diferente ao falar em outros idiomas. Como muitas palavras simplesmente não existem em todos os idiomas, a pessoa obrigatoriamente precisa encontrar outras formas de se expressar. Algo que é engraçado em Inglês, pode não fazer o menor sentido em Português, ou ser inclusive ofensivo. A entonação sempre muda em qualquer idioma, e em alguns, essa entonação é crucial para demonstrar respeito ou hierarquia.

  • Lucas Ferraz

    Esse lance da tradução é a mais pura verdade. Se vê cada coisa terrível em filmes e seriados.
    Tem um trecho de Big Bang Theory que as legendas traduzidas dão vontade de desligar a TV e não voltar a colocar no canal tão cedo. E essa cena passa sempre nos comerciais da emissora. Basicamente Raj e Sheldon discutem se Zombis e Múmias são a mesma criatura. O Sheldon derruba os argumentos do Raj e fecha com a frase:
    “Like a zombie that’s been eaten from the waist down, you sir, have no leg to stand on.””
    “Have no legs to stand on”, nesse caso, significa basicamente que os argumentos do Raj não se sustentam. Na legenda está traduzido literalmente, como “Você não tem pernas pra ficar em pé”, ou algo assim. Sofrível.

    • Carol Siqueira

      É triste mesmo Lucas. Fico pensando em quanta coisa perco toda vez que vejo um programa, filme, série etc, quando não é em Inglês ou Português. Sabendo dessas vantagens em conhecer outro idioma, sei que provavelmente aproveitaria mais os filmes ou programas em Espanhol, por exemplo, se eu o dominasse. Obrigada por ler e comentar!