[SABIA QUE TEM LIVRO?] Hannibal / O Silêncio dos Inocentes / Dragão Vermelho / Hannibal: A Origem do Mal – Thomas Harris

12
Anthony Hopkins como Hannibal Lecter na franquia "O Silêncio dos Inocentes"

Dr. Hannibal Lecter.

Psiquiatra, inteligente, analista, sedutor, genial e psicopata!

Quem nunca ouviu falar de Hannibal – O Canibal?

Anthony Hopkins como Hannibal Lecter na franquia "O Silêncio dos Inocentes"
Anthony Hopkins como Hannibal Lecter na franquia “O Silêncio dos Inocentes”

 

Mas afinal de contas, quem é esse tal de Hannibal – O Canibal?

Hannibal Lecter é uma das personagens mais fantásticas já criada e imortalizada em diversos tipos de mídia: começando timidamente a aparecer na literatura, chamou muito a atenção nas telonas e garantiu o sucesso em forma de série televisiva. Tá achando que isso é para qualquer um?

Hannibal, O Canibal é uma das personagens criadas por Thomas Harris, escritor norte-americano do gênero policial (na verdade, um dos melhores que já tive o prazer de degustar nos últimos anos!). Criado como personagem secundário, Hannibal Lecter garantiu seu espaço, ao chamar a atenção do público devido a todo enigma que o envolve: afinal de contas, ele é um gênio ou a personificação do mal? Ele é bom ou ruim? Ele é psiquiatra e ajuda aos pacientes ou é simplesmente um assassino sem limites, que come suas vítimas através de rituais de canibalismo?

Parece difícil de definir, não é?! Hannibal, para quem quer que o conheça, através de qual obra que for, é simplesmente um mistério a ser desvendado. E tem mais: uma vez que o conheça, será muito difícil esquecê-lo. Quer apostar? Pergunte a alguém se já ouviu falar de Hannibal, o Canibal! Surpreenda-se com a resposta!

Dr. Hannibal Lecter e o Cinema

 

Hannibal Lecter ficou mundialmente conhecido após aparecer nas telas do cinema no ano de 1991, interpretado pelo magnífico ator Anthony Hopkins, no primeiro filme da franquia chamado O Silêncio dos Inocentes. O filme foi tão impressionante e as personagens Hannibal e Clarice Starling, interpretada por Jodie Foster, chamou tanto a atenção do público, que ele foi premiado com 5 Oscar: Melhor Direção, Melhor Roteiro, Melhor Ator (um brinde a Anthony Hopkins!), Melhor Atriz (outro brinde à maravilhosa Jodie Foster!) e, é claro!, Melhor Filme.

Em 2001, Hopkins assumiu novamente a personagem Hannibal e voltou para o segundo filme da franquia: Hannibal. No excelente filme temos mais uma vez a presença de Hannibal e da agente especial do FBI Clarice Starling (dessa vez interpretada por Julianne Moore), em uma trama complexa com direito a muita caça ao psicopata.

No ano seguinte, 2002, finalmente a franquia original chegou ao seu fim com o lançamento do terceiro filme onde a personagem Hannibal aparece:  O Dragão Vermelho. Para quem estava acostumado a ver a forte presença de Hannibal Lecter, o filme se tornou quase uma decepção: a presença da personagem é muito curta. Tem-se a sensação de que ele não faz parte da trama principal. Má adaptação? Excelente adaptação!!! Em todas essas obras Hannibal nada mais é do que personagem secundário.

Hannibal Lecter garante todo seu espaço após aparecer em outro filme: Hannibal: A Origem do Mal, lançado em 2007, que tem como enredo mostrar a infância e juventude do enigmático Lecter para que possamos entender os motivos que os levaram a ser assim. Tão simples de entender? Surpreendente na verdade! (Se não viu, aproveite o feriado e assista aos filmes! #ficadica) A interpretação de Hannibal jovem ficou por conta do ator Gaspard Ulliel, pois por motivos óbvios, Hopkins não poderia assumir novamente a personagem em sua versão jovem.

Gaspard Ulliel na versão jovem de Hannibal Lecter no filme Hannibal: A Origem do Mal
Gaspard Ulliel na versão jovem de Hannibal Lecter no filme Hannibal: A Origem do Mal

 

O Retorno Glorioso de Hannibal Lecter para a TV –  A Série: Hannibal

Hannibal Lecter deixou saudade. E voltou em grande estilo na série Hannibal, lançado pela NBC, em 2013. O sucesso da série foi tão grande que ela garantiu seu retorno, que foi em altíssima qualidade agora em 2014. Dessa vez, a interpretação de Hannibal ficou sob responsabilidade do ator Mads Mikkelsen, que por sinal é excelente! Hannibal chega a ser quase apaixonante! No Brasil, a série vai ao ar às segundas-feiras às 23 horas pelo canal pago AXN.

O elenco conta ainda com participações de valor inestimável como Laurence Fishburne (sim senhor/senhora, o Morpheus da saga Matrix, o próprio!). Não bastasse isso, ainda contamos com o extraordinário Hugh Dancy dando um verdadeiro espetáculo de atuação com a personagem Will Graham, um agente especial do FBI que entende a mente dos psicopatas como ninguém! Acha que é pouco ainda? Tem muito mais!

O elenco de Hannibal (NBC)
O elenco de Hannibal (NBC)

Hannibal, Clarice Starling, Will Graham, Jack Crawford: todas personagens criadas pela mente brilhante de Thomas Harris e apresentadas ao mundo de diversas formas. Na série, elas são apresentadas em uma nova versão, contemporânea a nossa época, contando portanto com o uso de tecnologias que não existiam  na época original onde eles surgiram. Mas, espera aí, você…

Sabia que tem livro?

E não é um não! São quatro! Exatamente: quatro! Um para cada obra adaptada ao cinema.

O primeiro livro onde o nosso psicopata favorito apareceu foi no Dragão Vermelho, lançado em 1981. No livro, Lecter aparece como uma personagem secundária e nada mais. Simples assim. O livro todo é focado em Will Graham, agente do FBI, que se vê obrigado a voltar a trabalhar para prender um assassino em série conhecido como Fada do Dente. Tudo seria muito fácil para Graham, se não tivesse passado por situações extremamente traumáticas enquanto atuava no FBI. Dos traumas restou duas coisas: sua sobrevivência e a prisão de do canibal Hannibal Lecter. Mas, para conseguir entrar na mente do Fada do Dente e conseguir localizá-lo, Will deverá enfrentar seus fantasmas e pedir ajuda a Dr. Lecter, o que pode levar a consequências desastrosas.

O público aceitou tão bem o mundo criado por Harris e o Dr. Lecter foi tão bem aceito que isso incentivou a escrita do segundo volume da série, lançado sete anos depois, em 1988. Foi a vez de O Silêncio dos Inocentes garantir seu espaço entre os leitores. Na trama, a jovem agente do FBI Clarice Starling é designada por seu superior Jack Crawford para caçar um assassino em série que já assassinou brutalmente cinco mulheres em diversas localidades dos EUA. O que fazer? Nada de pânico: Peça ajuda ao Dr. Lecter! É isso mesmo: seguindo os mesmos passos de Graham no livro anterior, Starling se aventura a entrevistar o tão mitológico psiquiatra Lecter para buscar entender o que for necessário para capturar o assassino em série. Starling se vê, então, envolta em uma trama surpreendente de relação de confiança com um dos maiores psicopatas da história.

A história? Simplesmente arrepiante! O filme? Maravilhosa adaptação!

Finalmente, em 1999 é lançado o thriller Hannibal. Ele é, na verdade, continuação da história contada em O Silêncio dos Inocentes, passados sete anos. Dessa vez, Starling se vê obrigada a caçar Lecter. Não vou além, pois seria contar spoilers para quem não conhece os livros ou os filmes. Não bastasse essa caça, Lecter ainda é caçado por sua outra vítima que sobreviveu aos seus ataques (lembra do Will Graham? Ele foi o segundo a sobreviver!), chamado Madison. O semhor Madison: arrogante, mesquinho, cruel e extremamente rico, não poupará recursos e dinheiro para matar Dr. Lecter. Mas será que vai ser tão fácil assim?

Não vou descrever a quarta obra, intitulada Hannibal: A Origem do Mal. Ela foi lançada em 2007 aqui no Brasil. Na obra, Harris nos apresenta a infância e juventude de Lecter. Ela não se enquadra, no entanto, no que o mercado editorial chama de “trilogia Hannibal”.

Box Trilogia Hannibal da editora BestBolso (Hannibal, Dragão Vermelho, O Silêncio dos Inocentes)
Box Trilogia Hannibal da editora BestBolso (Hannibal, Dragão Vermelho, O Silêncio dos Inocentes)

 

Entenda melhor a relação entre tudo isso!

Vamos aos fatos:

1) Hannibal não é protagonista. Ele é importantíssimo, mas a história é sempre centrada em outros personagens que necessitam dele (especialmente para pegar outros assassinos em série!)

2) A série Hannibal, que atualmente está na sua segunda série (e vai muitíssimo bem, graças and thanks NBC!) é baseada na obra Dragão Vermelho. Observe: baseada, não adaptada! O filme sim, foi uma adaptação: bastante fiel por sinal! Entende melhor agora porque parece que a série dá mais atenção ao Will Graham e ao Jack Crawford do que ao personagem que leva o nome da série?

3) A ordem cronológica dos fatos apresentados na vida de Lecter é a ordem de lançamento dos livros e não dos filmes, logo: Dragão Vermelho, O Silêncio dos Inocentes e posteriormente Hannibal.

4) Sim, o Hannibal é canibal mesmo! (Isso não é uma brincadeira ou piadinha de minha parte!) Os tablóides citados nos livros, inclusive, o chamam assim.

5) Dr. Lecter é realmente apaixonante, viciante e intrigante. E a obra é simplesmente magnífica, exatamente como a mente da personagem! Não importa se você assiste aos filmes apenas, ou apenas à série ou apenas leu os livros! Ele vai ficar na sua memória! Então, que tal dar um combo? 😉  Vale a pena!