[Notícia] Terra Morta: Infecção – projeto catarse

1

Não lembro que dia é hoje.
Nas últimas semanas, sobreviver se tornou mais usual do que olhar calendários. Os dias ficaram mais longos e cansativos enquanto espero uma salvação, ou pelo menos o fim.

Olá, meu nome é Tiago Toy, e sou o autor da série Terra Morta.
Terra Morta começou na internet, meio por acaso, meio pela vontade de pôr as ideias no papel antes que elas explodissem dentro da minha cabeça. Porém, acima de tudo, foi uma forma importante de continuar seguindo adiante e enfrentando a vida, sem olhar para trás.

É. É isso que Terra Morta representa para mim naquele momento: a vontade de seguir em frente quando tudo parece ter acabado, quando a esperança é menos do que um fiapo. Acho que foi por isso que o blog começou a dar tão certo e os leitores se identificaram tanto. Não demorou muito e veio a comunidade no Orkut, as cobranças por novos capítulos e… o convite para a publicação.

Calma! Agora que me dei conta de que talvez você não saiba do que estou falando. Bem, Terra Morta é uma trilogia apocalíptica sobre zumbis passada em São Paulo. Uma história centrada nos sobreviventes e que mostra que o homem é o pior dos inimigos.

Em 2010 firmei contrato com a Editora Draco http://www.editoradraco.com para transformá-la em livros. Aí veio o processo de edição e revisão, muito desgastante e trabalhoso. Por uma decisão do editor, dividimos o material do blog em 3 volumes e criamos um final exclusivo para a série de livros. Só depois de muito trabalho conseguimos pôr o livro no mercado, no final de 2011.

Por ser uma editora pequena, sei que o livro ficou com um preço de capa mais caro do que gostaria, do que os leitores gostariam. Mas mesmo assim tivemos um ótimo lançamento, uma pré-venda que me deixou com os braços doendo de tanto autografar, e na posição de um dos autores mais vendidos da Editora Draco.

Enquanto trabalhava no segundo volume, organizei uma coletânea sobre o universo de Terra Morta que acaba de ser lançada – Terra Morta: Relatos de sobrevivência a um apocalipse zumbi. Agora quero terminar o novo livro da série, porque sei que os infectados estão no meu pé querendo saber o desdobramento dessa história . E antes que eles me peguem, quero entregar a vocês, prontinho, o volume 2 – Terra Morta: Infecção.
Essa história se passará na capital São Paulo, a mesma cidade caótica que me acolheu quando vim do interior. Mas tenho a impressão de que trouxe os infectados comigo, então o bicho vai pegar!

A ideia do financiamento coletivo é muito simples, na verdade. Ser um autor no Brasil é um grande desafio, mas essa primeira etapa eu já venci. O que quero agora é que Terra Morta chegue ao maior número possível de pessoas, quero ver todo mundo infectado por essa história. E, com a ajuda de vocês, podemos conseguir isso com um preço justo e com recompensas exclusivas para os verdadeiros fãs desse universo.

Acompanhando o trabalho da Draco eu vi as dificuldades da distribuição de uma editora. Se o livro está em menos lugares, a quantidade impressa é menor, o preço fica mais caro, e esse ciclo acaba se repetindo indefinidamente. Outra consequência direta é a baixa remuneração do autor, já que o giro é devagar e os acertos de contas demoram. Assim sendo, pensamos nesse modelo que coloca o autor e o leitor em contato direto, e que nos parece ser a melhor solução para todo mundo.

Do dinheiro arrecadado, 13% é do Catarse e do sistema de cartões de crédito. Pagaremos então a impressão e todos os custos de frete, e o que sobrar será dividido 60% para mim, o autor, e 40% para a Editora, que tem os custos de edição de texto e de arte, enfim, a parte de fazer o produto estar na sua mão.

Isso quer dizer que com o financiamento coletivo finalmente temos a chance dos autores terem uma remuneração adequada e o público decidir o que quer ler com um preço muito acessível. O livro terá bem mais de 300 páginas e ilustrações do Celso Azevedo, que é um desenhista que manja tudo de terror e zumbis. Olha algumas coisas dele no nosso vídeo acima. Quem quiser colaborar com um pouco mais, ganha algo exclusivo, dentro das categorias propostas. Eu preciso ir! Os infectados estão quase aqui, e é melhor eu ir embora. Eles não param de me cobrar o novo Terra Morta, a porta está quase cedendo. Vou lá garantir que o livro esteja nas suas mãos o mais breve possível!

Agora corra! Mas já sabe: é melhor não olhar para trás.

Ah, é? Então seja um infectado por sua conta e risco: confira os níveis de colaboração e recompensas.

Espectador – R$ 10,00
O primeiro nível custa apenas R$ 10,00. Isso dá pra comer um hotdog ou um pastel e um copo de garapa. Mas quem estará vivo para prepará-los?
1- Livro “Terra Morta: Infecção” em formato digital (epub ou mobi);
2- Seu nome nos agradecimentos do livro;

Sobrevivente – R$ 30,00
Esse nível custa apenas R$ 30,00. Isso dá pra sobreviver por um dia em São Paulo, dá duas conduções e um lanche de fast food completão. Só se lembre que não vai ter nada funcionando…
Todas as anteriores e +:
3- Livro “Terra Morta: Infecção” em formato impresso, autografado e com dedicatória;
4- Wallpapers e avatar para as redes sociais exclusivos;

Infectado – R$ 60,00
O segundo nível custa R$ 60,00. Isso compra uns 3 pacotes de água ou uns de pão de forma. Mal dá para passar uma semana, né.
Todas as anteriores e +:
5 – Livro: “Terra Morta: Fuga” em formato impresso, autografado e com dedicatória;
6 – Cinco contos de terror em e-book do autor Tiago Toy (formato mobi ou epub);
7 – E-book em formato e-pub ou mobi (você decide) dos dois primeiros livros com dedicatória exclusiva pelo autor Tiago Toy;

Walking Dead – R$ 150,00
O terceiro nível custa R$ 150,00. Isso não dá umas 20 barras de chocolate. Você terá energia para correr bastante e aguentar perrengues. Mas seria melhor dividir os recursos comprando água e pão também, antes que as massas embolorem.
Todas as anteriores e +:
7 – Livro: “Terra Morta: Relatos de sobrevivência a um apocalipse zumbi” em formato impresso autografado pelo Tiago Toy;
8 – Livro: “Terra Morta: Relatos de sobrevivência a um apocalipse zumbi” e-book em formato e-pub ou mobi com dedicatória exclusiva pelo autor Tiago Toy;
9 – Camiseta exclusiva “Eu fui infectado por Terra Morta”.
10 – 1 livro de sua escolha do catálogo da Editora Draco (sujeito à disponibilidade dos títulos)

Infectado Mutante – R$ 250,00
Todas as anteriores e +:
11 – Seja um personagem de Terra Morta que vai morrer da forma que escolher, com nome e descrição criados por você (pode ser você mesmo, sua ex-namorada, sua sogra, enfim, a zueira não tem limites!)
12 – E-books de cada conto individuais de: “Terra Morta: Relatos de sobrevivência a um apocalipse zumbi” e-book em formato e-pub ou mobi;
13 – 2 livros de sua escolha do catálogo da Editora Draco (sujeito à disponibilidade dos títulos)

Tyrant Infectado Mutante Monstruoso Plus – R$ 500,00
Esse é o último nível, custa R$ 500,00. Dá pra comprar umas 10 cestas básicas, é comida pra caramba. Mas você sabe cozinhar? Terá que arrumar um lugar sossegado para não deixar os infectados te encontrarem por conta da fogueira, hein?
Todas as anteriores e +:
14 – Tenha o seu personagem desenhado em formato A4, à mão, pelo ilustrador oficial, Celso Azevedo.
15 – Uma das ilustrações originais do livro (caso o livro chegue à meta extra de conter as ilustrações dos capítulos).
16 – Participe de um encontro com o autor Tiago Toy (para maiores de 14 anos) e converse com ele sobre literatura, games, como foi o seu processo de criação, suas referências e ideias para a série de zumbis mais querida do Brasil.
17 – HQ exclusiva de Terra Morta, com história escrita por Tiago Toy e ilustrada pro Celso Azevedo, impressa em papel couché e com capa colorida.
18 – 5 livros de sua escolha do catálogo da Editora Draco (sujeito à disponibilidade dos títulos)

Opa, esqueci de falar uma coisa! Quanto mais conseguirmos arrecadar, mais legal ficará o projeto Terra Morta: Infecção. Se passarmos dos R$ 10.000,00, desbloquearemos METAS EXTRAS ATERRORIZANTES. Só chegando lá para ver, vamos nessa? Rápido, os infectados estão chegando! FUI!

Vamos apoiar um autor nacional?

Via Cartase

  • Succ Kammiekazzie

    Grande Tiago, merece todo sucesso.
    Fui infectada enquanto tentava atualizar meu Skoob (tarefa impossível). Gostei da abordagem e do convite para conhecer Terra Morta.
    A única coisa chata é a Editora Draco só aceitar paypal. Tive que esperar pra comprar na Saraiva, mas valeu a espera.
    Achei bem interessante esse financiamento coletivo, to dentro.