CabulosoCast #72 – Drops: J. K. Rowling, Philip Hoffman e A Culpas é das Estrelas

23

vitrine 960 CC72 DROPSSim, Leitores Cabulosos! Sejam muito bem-vindos a mais um CabulosoCast. E neste programa, Lucien o Bibliotecário (@lucienobiblio10) e Priscilla Rúbia recebem Igor Rodrigues (@rodriguesigor) do The White Robot para comentar que J. K. Rowling diz que Harry e Hermione deveriam ter terminado juntos, a perda irreparável de Philip Hoffman, o trailer de A Culpas é das Estrelas e muito mais. Bom episódio para vocês.

Citados na Leitura de E-mails

Recomendamos

Livraria Cultura

Submarino

Citados durante o programa

Mídias Sociais

Assine nosso Feed

Assine nosso feed http://feeds.feedburner.com/cabulosocast

Nossa Página no iTunes

http://itunes.apple.com/br/podcast/leitor-cabuloso-literatura/id549022839

Nossa Página na Kombo Podcasts

http://www.dimensaonerd.com/category/podcast/cabulosocast/

Nossa Página do You Tuner

http://youtuner.co/index/results?s=cabulosocast&x=0&y=0

Nossa Página no FalaCast

http://www.falacast.com.br/eqbws9vm

Quer nos Enviar uma E-mail?

Quer enviar um e-mail comentando algo que ouviu no programa? Quer enviar um link ou algum material que complemente as informações do podcast? Escreva para cabulosocast@gmail.com

Quer Deixar uma Mensagem de Voz

Mande seus recados de voz para o nosso CabulosoCast deixando sua mensagem na nossa secretária eletrônica do GTalk! É só ligar para cabulosocast@gmail.com

Tamanho do Episódio:  58 minutos

Quer baixar o episódio em arquivo rar?

Para baixar a versão em zipada clique aqui, em seguida cole o link de download e clique na opção convert file.

Para fazer o Download do episódio clique aqui.

Atenção!!!

Para ouvir basta apertar o botão PLAY abaixo ou clique em DOWNLOAD (clique com o botão direito do mouse no link e escolha a opção Salvar Destino Como para salvar o episódio no seu pc). Obrigado por ouvir o CabulosoCast!

  • Olás!

    Vou comentar sobre 2 coisas apenas:
    J.K. Rowling: passou da hora dela se aposentar e ir morar numa ilha. Afe, o Rony e a Hermione formam um casal perfeito! Perfeitos justamente porque tem problemas, vivem brigando, o Rony é ciumento, etc e tal.

    A autoria de Shada: Douglas Adams foi roteirista de Doctor Who por um bom tempo, na década de 70, e este livro é um roteiro não utilizado que virou livro. Foram, e ainda são, publicados regularmente, na Grã-Bretanha, muitos livros com histórias que não estão na série da TV. Foi isso que manteve a série na memória do povo durante os anos em que ela foi cancelada.
    Aliás, o segundo episódio da retomada da série é uma clara homenagem a Adams e O Restaurante no Fim do Universo.

    Fora isso, excelente episódio

    abraços

    • Nilda,

      Eu considero que a imperfeição do casal é que faz com que eles sejam tão únicos e como a Priscilla disse uma mudança dessas iria alterar todo o rumo de HP.

      Eu não fazia ideia que Douglas Adams fora roteirista de Doctor Who, muitíssimo obrigado por esta informação. Corrigiremos nosso erro na próxima leitura de e-mails.

      Obrigado pelo comentário.

      Abraço.s

  • Douglas Costa

    Parabéns, ótimo drops!

  • Lucien, sobre a overdose acho que não é questão de preservar a vida ou ser um tipo de alívio para carreira decadente. Muito pelo contrário, as drogas são muito difundidas no meio artístico sem ter essa imagem negativa da mídia (e do senso comum), eles são consumidores e olhando por um lado, até “faz parte” do ambiente.

    Sobre a JKR, eu acho é bom ela dar esses pitacos, ver os fãs em polvorosa me tira risos. Foi assim com as beliebers quando o Justin foi preso; foi assim com os fãs do restart reclamando da “puta falta de sacanagem”; e está sendo hilário ver os potterheads revoltados, especialmente no twitter.

    Show o anúncio do livro, fiquei com sorriso de orelha a orelha quando ouvi. E a Serena não decepcionou: você tentou explicar que a culpa do sumiço dela não era sua, e aí ela, contrariando a expectativa de que a culpa era dela, resolveu botar no computador e na internet, huahuahaa.

    Abraço.

    • Daniel,

      É verdade. Lá eles podem considerar parte do meio. É divertido mesmo ver os fãs se matando a despeito do Igor durante a gravação.

      Muito obrigado pelo comentário.

      Obs.: Mas cadê os dados?

      Abraços.

  • Pessoal, sobre Doctor Who: sou fã recente, e devo dizer que a série é a coisa mais próxima da imaginação humana que a TV já produziu ou irá produzir. Talvez algo muito próximo da leitura de um livro (daqueles fininhos e rápidos, que te divertem em uma viagem de ônibus).

    Na hora de contar uma História, DH não se prende a meros detalhes como “orçamento”: Se a série quer mostrar uma história que envolve Shakespeare e uma invasão global de Bruxas alienígenas em plena era medieval, ela mostrará mesmo que o orçamento para o episódio seja o equivalente a um lanche de rodoviária (e sim, existe um episódio com Shakespeare e bruxas alienígenas).

    É claro que esse detalhe pode ser um choque, especialmente nos primeiros episódios da era moderna. É muito tosco, mas tente se prender à história e aos personagens.

    (também não estou dizendo que não tem episódio ruim: tem sim, como em qualquer série)

    A outra coisa que me cativou na série: como os personagens, sejam coadjuvantes, protagonistas ou antagonistas tem personalidade! Até objetos tem personalidade! Sério, o principal inimigo do Doutor é uma lata de lixo com um desentupidor preso em uma das pontas, mas a dublagem passa tanto ódio, medo e autoridade que você acaba acreditando que eles são extremamente perigosos.

    Então fica a minha dica, se puderem assistam a série sem muita pretensão, sem pressa de ver 7 temporadas em 1 semana, que quando vocês derem por si provavelmente já estarão fisgados por ela também.

    • Marcus,

      Obrigado por atender ao nosso pedido e vir nos socorrer nestas notícia. Seus esclarecimentos foram dignos daquilo que nos faltou em informação durante o programa.

      Por favor deixe seus dados para que possamos ler seu comentário na leitura de e-mails do próximo CabulosoCast.

      Abraços.

  • Olá bando de cabuloso!

    Me diverti deveras com o episódio. Principalmente na hora em que vocês meteram o pau no Christian Grey, não, pera… Enfim, vocês entenderam hahaha

    Quanto a Doctor Who, é uma série que eu já tentei muito mas não consegui ser fisgado. Tentei até ver apenas os episódios em que o Doutor morre pra ver se passava a gostar, mas não rolou. Sorry geeks! Quem sabe o role um clima com o Décimo segundo Doutor?!

    Por outro lado, adorei o Guia do Mochileiro das Galáxias (os livros, não o filme) e o estilo peculiar de Douglas Adams criticar o excesso de burocracia, burrice e estupidez da raça humana. Motivo pelo qual, talvez leia Shada futuramente.

    Adams também foi roteirista de séries como Monty Python’s e Doctor Who. Shada na verdade seria mais um episódio criado por ele, que teve algumas cenas gravadas mas nunca foi ao ar. Existem vários livros de Doctor Who, com histórias que não estão na série. Uma curiosidade é que o episódio “End of the World”, segundo da fase com o 9º Doutor (Christopher Eccleston) é uma homenagem ao restaurante no fim do universo, segundo livro da trilogia de 5 do Mochileiro das Galáxias.

    Até Mais, e Obrigado pelos Peixes!

    • Só queria deixar claro aqui que eu não meti o pau em ninguém, tô fora dessa. =P

    • Murilo,

      Olha o duplo sentido, rapaz! 😀

      Ainda não li O Guia, mas tenho certeza que lerei em breve.

      Muitíssimo obrigado pelas curiosidades. Mas cadê os dados em moço?

      Abraços.

  • Augusto Tenório

    LC >>>> JN

  • Augusto Tenório

    Esse livro deu vontade de comprar, e parece bem inspirado em CDZ

  • Augusto Tenório

    Augusto Tenório, eletrotécnico, 27 anos e não estou lendo nenhum livro =/… por quê será, Spohr?

  • Diagramador | Estudante de Publicidade | Fortaleza-CE | 26 anos

    Olá, pessoal! Gosto muito de Doctor Who, apesar de não assistir muito por causa da falta de tempo. Por isso, ainda estou na quarta temporada, mesmo assistindo há um bom tempo. Concordo que o número de pessoas que assistem à série aumentou no último ano, mas ainda não vejo como “uma série que todo mundo está assistindo”. Sempre vi Doctor Who ali no underground, mas, ultimamente, tem realmente conseguido mais fãs, principalmente, pela melhoria da qualidade de elenco, cenário, fotografia etc. Nunca li nada do Douglas Adams, mas pretendo adquirir “Shada” em breve.

    Estou lendo: “Lolita” (Nabokov) e “As Intermitências da Morte” (Saramago)

    Um abraço a todos e até a próxima.

    • Thiago,

      Mas, o fato de termos mais fãs, não significa que o seriado vai ficar ruim, certo? Esta é a minha opinião como não fã de Doctor Who, mas alguém que gosta de ver mais pessoas gostando de algo.

      Obrigado pelo comentário.

      Abraços.

  • 23 anos, estudante de Letras, Rio de Janeiro

    Faz um bom tempo que não apareço para comentar, rs. Não conhecia o Igor Rodrigues, mas o cara rendeu boas risadas no episódio, e fiquei com vontade de conferir o podcast dele, que fala sobre livros de fantasia e FC (*_*).
    Eu também só fui saber quem era o Phillip depois que vi a foto, e fiquei impressionado por sua morte ter sido tão precoce 🙁 Não sei o que farão em relação ao filme Esperança, mas acho que irão mudar o roteiro.
    Filme de tons de cinza, descartável. Já A Culpa é das Estrelas apresentou um trailer emocionante e fiel ao livro, que, aliás, peca em muitos quesitos, e não daria mais que 3/5 estrelas para ele. O interessante da adaptação serão os diálogos, pois essa é a melhor qualidade do livro em muitos momentos da trama. Cheguei a fazer uma resenha para o Coffee Unlocked, depois dá uma olhada lá se quiser e tiver tempo.

    Estava lendo Cem Anos de Solidão, mas a menina que roubava livros roubou esse livro de mim para que eu lesse A Menina que Roubava Livros. Ou seja, assim que terminar eu volto à centenária solidão.

    Abraços cabulosos!

    • Luiz,

      confira sim, o TWR vale muito a pena. Lerei sua resenha após ler A culpa é das estrelas, eu prometo.

      Muito obrigado pelo comentário.

      Abraços.

  • Tinha tanta coisa para comentar na hora em que estava ouvindo, e agora esqueci tudo! Hehe. Enfim, resumindo, esse episódio também foi foda! Parabéns mais uma vez.

    Rodrigo Rahmati / 27 a / Sorocaba / Gestor Ambiental e Escritor (se os deuses quiserem, logo, logo, o “Escritor” vem antes de “Gestor Ambiental” kkk)