[Resenha] Ninho de Pedras do Silvio Sebastião

1

Ninho_de_Pedras_Alta

Um jovem casal decide fazer uma viagem ao Sudão para uma missão de “trabalho social” ajudando crianças carentes em um país destruído pela guerra civil. Só que eles não sabem que essa viagem irá jogá-los em uma aventura além de ter que viver em um local totalmente diferente dos Estados Unidos a qual estão acostumados. Quando Rashidi, o gerente do hotel, questiona o Sr. Kidner se ele poderia ajudar na verificação de um pedaço de pedra encontrado, não imagina que aquele pequeno pedaço é parte de um achado incrível que irá mudar tudo o que a religião e até a ciência sabem sobre a criação do ser humano.

Essa é a história que Ninho de Pedras promete. Ele consegue cumprir as expectativas? Em parte.

Esse é o primeiro livro do autor então deve ser lido com esse fato em mente. Há erros e em parte eles provém da editora, por uma falta de revisão maior. Repetição de palavras e erros nas construções dos diálogos incomodam. O erro do autor vem na trama em si onde ele não consegue desenvolvê-la muito bem. Nos momentos de suspense e ação não sentimos aflição e nos momentos emocionantes falta emoção. Por mais que o livro seja escrito em primeira pessoa, o personagem principal parece distante de nós.

Mas a ideia é interessante. Silvio constrói toda uma trama que mexe profundamente com a crença de todos sobre a criação da humanidade. Ele leva para o lado religioso? Certamente. E isso pode ser um ponto negativo. Alguém que não possui nenhuma crença pode se sentir levado a crer que esse não é um livro de ficção, mas um livro religioso. Talvez esse seja o ponto e o autor queria exatamente dessa forma.

Como eu disse, é o primeiro livro de Silvio e erros são comuns. Espero que ele continue escrevendo e melhorando, aprendendo com os erros cometidos nesse primeiro livro e os moldando. Espero ter a oportunidade de ler mais livros do autor e ver seu progresso.

NOTA:

02-selos-cabulosos

Ficha Técnica:
Editora:Giostri
Autor: Silvio Sebastião
Origem: Brasileira
Ano: 2012
Número de páginas: 220
Skoob

  • Eriton

    A história parece interessante, pena que não dá pra adquirir o livro rapidamente… Vou adicioná-lo à minha lista 😀