A poesia está em todo lugar I

5

Olá homo-sapiens sapiens que lê este texto, aqui quem vos datilografa é Danton Brasil (@dantonbrasil) e estou encaminhando aqui uma proposta: trechos de músicas, sem dizer o cantor ou a banda e algumas informações a respeito da letra e da história que ela pode ter sem descriminar gênero, número, grau ou estilo. Esta seria uma “campanha” pelo alastramento da ecleticidade (palavra difícil, parece remédio) dos nossos leitores, deixando eles serem cativados pela beleza da letra, sem esperar nada além disso, e, se realmente se incentivarem, poderão escutar como ela é. Parece simples? até que é… vejamos se vocês aprovam. (e LÓGICO, aceitamos sugestões).

let’s BEGIN

violão

#01 – Música.

A vida é uma cachoeira
Nós somos um rio
E novamente um após a queda.
Nadando através do vazio
Escutamos a palavra
Nós nos perdemos,
Mas encontramos tudo.
Porque nós somos aqueles que querem jogar,
Sempre queremos ir,
Mas você nunca quer ficar.
Somos aqueles que querem escolher,
Sempre queremos jogar,
Mas você nunca quer perder.

 

Antenas, no céu…
Quando você perde a mente pequena,
Você liberta sua vida.
Antenas, no céu..
Quando você livra seus olhos,
O prêmio é eterno.
Essa é um clássico: quem gosta já sabe de quem estou falando. Esta música é uma clara critica social ao nosso modo de vida e trata da liberdade não vista pelos homens. Usa de metáforas muito boas além de ser muito bem tocada. Já foi indicada ao Grammy de melhor performance e  já ficou no topo das paradas na Billboard.
#02 – Música.
O amor é um animal selvagem
Ele te respira, ele te procura
Ele se aninha sob corações partidos
E vai à caça quando há beijos e velas
Ele chupa com força nos seu lábios
E cava túneis entre suas costelas
Ele cai suavemente como neve
Primeiro ele fica quente, então frio, por fim ele machuca
Amor ,Amor
Todos só querem te domar
Amor, Amor
no final
Pego entre seus dentes.
Quando eu conheci essa banda, eu estava numa sede por bandas não convencionais, de estilos diferentes,países diferentes e então encontrei. Fala de amor com múltiplos sentidos e tem essa abordagem carnal e sentimental coexistindo.
#03 – Música.
Você vai ficar?
Você vai ficar longe para sempre?
Como eu posso viver sem aqueles que eu amo?
O tempo ainda vira as páginas do livro queimado
Lugar e tempo sempre na minha mente
Eu tenho tanto a dizer, mas você está tão longe
Planos sobre o que o nosso futuro nos reserva
Mentiras tolas sobre envelhecer
Parece que éramos tão invencíveis
A verdade é tão fria
Uma última música, um último pedido
Um capítulo perfeito sepultado
De vez em quando eu tento encontrar um lugar em minha mente
Onde você possa ficar
Você possa ficar acordado para sempre.
A história por trás dessa música é que o avô de um dos integrantes morreu e ele compôs os primeiros versos, mais sem publicar nada, apenas guardando como uma forma de homenagem. Após a morte do baterista da banda, ele alterou um pouco os versos e então single foi publicado, se tornando um sucesso.
#04 – Música.
Pequenos submarinos pretos
Operador, por favor,
Coloque-me novamente na linha.
Falei pra minha menina que estaria de volta
Operador, por favor
Isso esta arruinando minha mente
Ah, não pode ser
As vozes me chamando
Elas ficaram perdidas e fora de tempo
Eu deveria ter visto brilhar
Mas todo mundo sabe
Que um coração quebrado é cego
Peguei você
Te desapontei
Onde eu quero ir
Para um lugar onde eu possa me esconder
Você me conhece, eu tinha planos
Mas eles simplesmente desaparecem
Para a parte de trás da minha cabeça

FANTÁSTICA ESSA, triste por isso impactante. Essa banda é especialista nisso. Acho que nem Preciso comentar muito…

#05 (Essa tem de ser colocada por completo. Observem a emoção impregnada nela, isso tem de ser uma história real.) Música.

Meu pai me disse, sempre seja forte, filho.
Você nunca deve chorar
Você encontrará lindas garotas e então você vai amá-las.
Então você irá dizer adeus
Eu nunca sonhei que você me deixaria
Mas agora você se foi
Eu nunca sonhei que eu sentiria sua falta
Mulher, você não volta para casa

 Eu nunca sonhei que você poderia me machucar

E me deixar triste
Eu tive mil, talvez mais
Mas nenhuma como você
Eu nunca sonhei que eu poderia me sentir tão vazio
Mas agora eu estou pra baixo
Eu nunca sonhei que eu imploraria pra você
Mulher eu preciso de você agora

 Parece que eu tomei seu amor como garantido

Sinto que desta vez eu estava errado, muito errado
Oh senhor, agora eu me sinto tão sozinho
Eu disse, mulher você não voltará para casa?

 Eu tentei fazer o que meu pai me ensinou

Mas eu penso, ele sabia
Que um dia eu iria encontrar uma mulher como você
Eu nunca sonhei que seria tão bom, senhor
Que dois pudessem ser um
Eu nunca soube sobre um amor doce
Então mulher, você não volta para casa
Meu amor, você não volta para casa
Tocante. vindo logo desta pessoa, deixa o tom muito mais real e pesado, com um peso de história real. Acho que hoje fechamos com chave de ouro. Até mais pessoal, espero que tenham gostado e interajam! é uma ordem! =)
  • Ok, vou entrar na brincadeira.

    Música – https://www.youtube.com/watch?v=atKv1JyQgV8&list=PL2587770FA9A7E52B&index=2
    “Em nossos faróis, olhando, vazios,
    latas de cerveja, olhos de cervos
    No asfalto embaixo,
    nossos planos esmagados e minhas mentiras
    Placas solitárias, linhas de força,
    elas continuam passando,
    passando por nós

    E nós continuamos dirigindo noite adentro
    É um adeus tardio, um adeus tão tardio
    E nós continuamos dirigindo noite adentro
    É um adeus tardio”

    Uma das melhores músicas da minha banda favorita. Foi composta para ser o tema de um certo jogo, e devem ter ficado tão felizes com o resultado que decidiram espalhar a música pelo jogo todo! Vários personagens, desde os principais até os figurantes (a até mesmo os bandidos) podem ser vistos assobiando-a ou cantarolando-a (ou tocando ela no piano, no caso dos bandidos).

    Música – https://www.youtube.com/watch?v=7lTOnPc9h-c&list=PL2587770FA9A7E52B&index=9
    “Pétalas brancas
    cobrem campos fluindo
    com lágrimas de luto
    E todos os corações um dia novos
    hoje velhos e quebrados
    O amor pode matar, o amor pode morrer
    Me de asas para voar
    Deixando esse mundo tão frio
    Eu só me imagino o por quê

    Frio como a escuridão
    Agora minhas palavras,
    congeladas com cada respiração
    Mas o ódio ainda queima selvagem,
    crescendo dentro desse coração
    Quando o vento mudar seu curso
    quando as estrelas alinharem
    Eu vou correr até você e deixar tudo isso pra trás
    Quando o paraíso se dividir”

    Música tema de um outro jogo, parte da minha série de jogos favorita. Fala do tormento de um personagem em sua luta para aceitar o passado enquanto tenta enxergar um caminho para si no futuro. Um dos momentos mais marcantes da série.

    • Danton Brasil

      ESSE É O ESPÍRITO CARA!! se preferir, pode me mandar por email, que eu posto no proximo e lhe dou todos os créditos por isso. =DD

  • Adorei a proposta!!! Bom gosto musical. Pelas letras estarem traduzidas, eu nem me liguei de quem eram. Essa questão de estilo que tu falas me lembrou muita quando eu ouvi a música Ops, baby one more time cantada pela banda Travis. Ficou muuuuuuito melhor que a versão original, mas assim eu até conseguir prestar mais atenção na música em si.