Carrie, a Estranha do Stephen King

8

Capa Carrie a estranha - SUMA:Capa Carrie

Achava que a religiosa mais irritante e doente de King estava em O Nevoeiro. Isso até ler Carrie.

Carrie é uma típica garota que sofre bullying. Usa roupas estranhas para sua idade, é calada e não tem amigos. Ela é motivo de chacota há muito tempo e as coisas pioram quando durante o banho depois da aula de Educação Física ela fica menstruada e desesperada achando que está tendo uma hemorragia. Ela tem 16 anos, menstruou pela primeira vez e não tem a mínima ideia do que está acontecendo. É humilhada por suas colegas – que jogam absorventes nela – e quanto chega em casa, sua mãe a prende no armário com várias imagens de um Deus irado, porque ela pecou. Se não tivesse pecado, a menstruação não viria. É, é nesse patamar que está a religiosidade da mãe de Carrie.

Só uma coisa diferencia Carrie de outras meninas que sofrem bullying: ela tem poderes telecinéticos.

“Foi atirada de cabeça dentro do armário, bateu na parede do fundo e caiu no chão meio atordoada. A porta bateu e a chave girou. Estava sozinha com o Deus irado de mamãe.
(…)Depois de deixar Carrie gritando por uma hora, mamãe soltou-a.(…)Sabia por que mamãe a tinha soltado.(…)Ela estava com medo de que eu arrancasse a porta do armário. E acho que poderia, acho que poderia sim, acho que poderia.”  – Pg. 80,81

Depois do episódio com os absorventes, algumas meninas se sentem envergonhadas e uma delas, Sue, decide fazer algo para tentar reparar o que fez. Ela pede ao seu namorado Tommy para levar Carrie ao baile da escola.

Tudo parece estar bem e Carrie parece que finalmente vai se encaixar, mas nem todas as colegas se arrependem daquele dia…

 O que mais me impressionou no livro foi a capacidade do King de levar a religiosidade a um patamar assustador. A mãe de Carrie tem certos pensamentos e manias que deixam qualquer outra religiosa “fervorosa” no chinelo.

Acho que todos sabem que esse é o primeiro livro do King, porém ele não é inferior aos atuais. A diferença dos livros atuais do King é que em Carrie as coisas acontecem bem rápido. Ele normalmente apresenta todo um contexto para então chegar no ápice, mas em Carrie o contexto é curto e o ápice chega rapidamente.

De qualquer forma, a leitura me deixou morrendo de vontade de ver o remake que sai no próximo mês. Pra finalizar deixo o trailer por aqui.

NOTA:

5 selinhos

Ficha Técnica:
Editora: Ponto de Leitura
Autor: Stephen King
Origem: Estrangeira
Título original: Carrie
Ano: 2009 (edição de bolso)
Número de páginas: 291
Skoob

  • Ainda não li Carrie, mas ironicamente não se pode dizer que a velhinha de O Nevoeiro estava errada.
    =T
    Vou perder muito se ver o filme no lugar de ler o livro? É que tenho mil coisas já na lista para ler desse e do próximo ano, INCLUSIVE DO PRÓPRIO SK…
    =/

    • Priscilla Rubia

      Oi Daniel! Pra mim aquela doida do Nevoeiro estava errada em todos os sentidos… sacrificar crianças?! o_o É sempre bom ler o livro primeiro, já que ele tem mais detalhes. Porém, quando a adaptação é ruim (acontece na maioria das vezes) vc acaba ficando meio desanimado de ler o livro, o que é péssimo. Eu passei Carrie na frente da minha longa lista de leitura exatamente por causa da adaptação.
      Obrigada pelo comentário!

  • Succ Kammiekazzie

    Acho que todo mundo deveria ler o livro antes de correr para o cinema. Esse foi o segundo livro do Rei que li, o primeiro foi Christine, “o carango do mal”. Recomendo demais, não apenas Carrie, mas, todas as criações do King.
    Quanto aos filmes, gostei de poucos.

    • Priscilla Rubia

      Oi Succ! O primeiro livro do King que li foi O Cemitério e me apaixonei! Realmente e infelizmente a maioria das adaptações são ruins >: A que gostei mais foram as dirigidas pelo Darabont (O Nevoeiro, Um Sonho de Liberdade, A Espera de um Milagre).

  • Carlos Valcárcel

    Ainda não li o livro. Usualmente compro os livros gordinhos de King (It, The Stand, Dark Tower)…mas já li alguns do seus contos pequenos e também são bons. Faz algumas semanas assisti o filme de Brian de Palma. Achei excelente. Que diferencia com os filmes atuais!! Não tenho muita expectativa com Carrie 2013, ainda assim vou assistir.(Outra adaptação de King que gostei foi Bag of Bones).

    • Priscilla Rubia

      Oi Carlos! Considero IT o melhor livro do King! Já de contos considero N. o melhor. Não vi o filme de Brian de Palma, mas ele é realmente elogiado. Com relação a Bog of Bones não posso opinar pq n li o livro, mas quem leu pareceu não gostar….

  • Lucas

    Confesso que com a adaptação do remake, eu estou curioso para ler o livro… Mas estou a dedicar meu tempo para outras series…

    • Priscilla Rubia

      Oi Lucas!
      As séries realmente tomam nosso tempo xD
      Estou até hoje pra terminar As Crônicas de Gelo e Fogo.