Escute 5 músicas famosas inspiradas em livros

7

5805886111_658c93f909_b

Olá querido leitor! Depois do post, Assista 5 vídeos clipes inspirados em livros, por que não fazer um com “5 músicas inspiradas em livros“? Conheça e escute 5 músicas famosas que foram baseadas em grandes clássicos da literatura.

1° David Bowie -1984

1984 david bowie

O título da letra já denuncia de onde o cantar britânico David Bowie se inspirou para compor sua música “1984″. Isso mesmo, ele compôs sua letra “Nineteen Eighty-Four”, baseada no livro homônimo do escritor Eric Arthur Blair ou como é mais conhecido pelo pseudônimo George Orwell que publicou seu livro distópico em 1949.

2°  Pitty – Admirável Chip Novo

capa-pitty---adesivos-_3_-horz

Mais uma música inspirada nos clássicos distópicos é a letra de “Admirável Chip Novo” da cantora Pitty que foi baseada no livro “Admirável Mundo Novo” de Aldous Huxley que narra um hipotético futuro onde as pessoas são pré-condicionadas biologicamente e condicionadas psicologicamente a viverem em harmonia com as leis e regras sociais, dentro de uma sociedade organizada por castas.

3° Led Zeppelin – Misty Mountain Hop

led-zep-iv-horz

A canção “Misty Mountain Hop” que faz parte do álbum Led Zeppelin IV foi inspirado no clássico épico “O Senhor dos Anéis” do escritor J. R. R. Tolkien, outras canções desse mesmo álbum foram também inspiradas nesta trilogia, incluindo “The Battle of Evermore” que foi  inspirada na Batalha de Pelennor Fields.

4° Green Day – Who Wrote Holden Caulfield?

green_day-horz

A banda Green Day com a música “Who Wrote Holden Caulfield” se inspirou no livro “O Apanhador no Campo de Centeio” do escritor J. D. Salinger. O livro se tornou popular entre jovens leitores por lidar com temas tipicamente adolescentes como confusão, angústia, alienação, linguagem e rebelião.

5°  Metallica – The Call of Ktulu

Ride-The-Lightning-Front-horz

Retirado do álbum “Ride The Lightning” a melodia “The Call of Ktulu” do Metallica  foi baseada no conto de horror do escritor norte-americano H. P. Lovecraft. O conto denominado “Call of CthulhU” que foi escrito em 1926 e publicado pela primeira vez na revista Weird Tales (contos estranhos) em fevereiro de 1928, narra a história de um ser extraterrestre e dos “antigos” que na mitologia “craftiana” seriam criaturas cósmicas, que teriam vindo à Terra antes desta abrigar a vida.

  • v.

    tem também “2+2=5”, do radiohead faz referência clara a 1984, bem como testify, do rage against the machine, que cita palavra por palavra uma frase de 1984 “Who controls the past now controls the future. Who controls the present now controls the past.” aquele que controla o passado agora, controla o futuro, aquele que controla o presente agora, controla o passado”, a banda de metal mastodon fez um disco conceitual chamado leviathan, baseado em Moby Dick, com uma música chamada “I am Ahab”. queria lembrar de mais exemplos agora, mas minha mente se esvaziou depois desses, heh. ah, metálica tem uma música do mesmo nome de uma obra do hemmingway, não sei se tem haver uma com a outra “for whom the bell tolls”… ah, CLARO, Blind Guardian e suas inumeráveis músicas que fazem referência a OSdA, eles têm inclusive uma música baseada no Raistlin, personagem das crônicas de Dragonlance (cuja leitura recomendo, apesar da fraquíssima tradução da editora Devir), a música se chama Soulforged. só lembrei dessas, no momento. abraços.

    • Adorei o comentário! Vou pegar suas dicas para quem saber fazer um “5 músicas famosas inspiradas em livros parte 2″…XD
      Mega cheiros V?!

  • Rita souza

    Todas ótimas musicas mais cai entre nós Led Zeppelin e senhor dos anéis juntos <3

    • Realmente muito bom né!? Obrigada pelo comentário e mega cheiros!

  • Vicente de Aguiar

    Tem também a música do Iron Maiden, Rime of the Ancient Mariner, baseada não em um livro, mas no famoso conto inglês de mesmo nome!
    Em tempo, ótima lista, Serena.

  • Dentro do cenário do Rap, tem Mil faces de um homem leal, do Racionais, baseado na vida e obra do Carlos Marighella. Tô ouvindo alguém me chamar, também do Racionais, onde a estrutura da música foi baseada em Memórias póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis. E na MPB, temos Tubi Tupi, do Lenine, que retrata o livro O Guarani, de José de Alencar.

  • yuri mello

    nao entendi nadan #confusao