“Bruxos e Bruxas” de James Patterson e Gabrielle Charbonnet

2

“Um dia, em breve, os jovens comandarão o mundo…e farão um trabalho muito melhor que os dos adultos.”

Bruxos-e-Bruxas-FrenteAutores: James Patterson; Gabrielle Charbonnet
Titulo: Bruxos e Bruxas
ISBN: 9788581632216
Selo: NOVO CONCEITO
Ano: 2013
Edição: 1
Número de páginas: 288
Skoob
1°capítulo
Sinopse

No meio da noite, os irmãos Allgood, Whit e Wisty, foram arrancados de sua casa, acusados de bruxaria e jogados em uma prisão. Milhares de outros jovens como eles também foram sequestrados, acusados e presos. Outros tantos estão desaparecidos. O destino destes jovens é desconhecido, mas assim é o mundo sob o regime da Nova Ordem, um governo opressor que acredita que todos os menores de dezoito anos são naturalmente suspeitos de conspiração. E o pior ainda está por vir, porque O Único Que É O Único não poupará esforços para acabar com a vida e a liberdade, com os livros e a música, com a arte e a magia, nem para extirpar tudo que tenha a ver com a vida de um adolescente normal. Caberá aos irmãos, Whit e Wisty, lutar contra esta terrível realidade que não está nada longe de nós.

Book trailer

Olá querido leitor! Sei que você está neste momento lendo esta resenha. Então imagine, você aqui, em frente ao pc, passando os olhos por estas palavras e de repente escutas batidas frenéticas na sua porta. Estranhando, já que não esperava visitas. Você se pergunta quem seria. Mas, antes de terminar esta frase, um grupe de pessoas uniformizadas invade a sua casa alegando que agora a “nova ordem” está instalada e “O Único que é Único” prenderá você e sua família por serem bruxos. Bruxos? Que absurdo, isso não existe! Você não é um bruxo, não que você saiba. E a partir deste dia você é aprisionado e tudo o que conhece e tem não existe mais. E agora? O que você faria?

Os irmãos Allgood, Whit e Wisty também não sabem. Após serem arrancados de suas casas pela “Nova Ordem”, acusados de bruxaria e aprisionados sem nenhuma notícia dos pais, eles agora são considerados perigosos para o sistemas e precisam ser eliminados.

Na prisão juntos com tantos outros jovens, eles possuem apenas uma baquete e um livro que aparentemente não tem nada escrito, presente de seus pais antes de serem capturados. Mas, o que fazer com esses objetos, porque são importantes? E o mais relevante, como sair com vida desta enrascada? Segredos serão revelados, poderes descobertos e muita aventura espera os irmãos Allgood em “Bruxos e Bruxas” primeiro volume da série distópica do escritor James Petterson que possui atualmente cinco volumes lançados e hoje é um fenômeno editorial.

Algo que não é de se espantar. O livro possui uma narrativa fluida, inteligente e bem humorada. Falando a verdade. Muito bem humorado. Os irmãos Allgood possuem um censo de humor fantástico. Tiram sarro o ironizam as situações em seus piores momentos. E isso é muito divertido. Dei altas gargalhadas com o humor dos dois.

Além disso, o autor para divertir mais ainda os leitores satiriza os nomes de alguns livros infanto-juvenis da atualidade. Como “Gary Podre e a Ordem dos Idiotas” e “Percival Johndon e O Ladrão de Trovões”. Muito hilário!

A edição da Novo Conceito também está primorosa. Começando pela capa com textura aveludada e bem trabalhada. A revisão, diferente de Liberta-me da Tahere Mafi que possuía alguns erros, em “Bruxos e Bruxas” a editora se redimiu e fez uma excelente revisão. Só uma coisa me incomodou e foi responsável pelo livro perder meio ponto na sua nota. Em vários momentos da narrativa, em algumas frases, a palavra “né” se repetia irritantemente. Eu sei que é um livro para o público infanto-juvenil, mas venhamos e convenhamos isso é um tique muito chato, né?

Tirando isso, né? Confesso que me surpreendi e me diverti muito com este livro que mistura distopia e fantasia com excelentes pitadas de humor e aventura na medida certa. Leitura mais que recomendada. Mas tome cuidado leitor, a qualquer momento a “Nova Ordem” pode bater na sua porta. Toc. Toc.

Nota:

4 selinhos e meio

  • Serena, não gostei do livro. Apesar de algumas coisas como os nomes do livros e as tiradas dos irmãos terem me agradado, o resto não fez um menor sentido pra mim. Achei tudo vago e mal desenvolvido. =/
    Ainda bem que você curtiu e teve uma experiência diferente da minha.
    E os livros sempre causando diversas reações nos leitores! rsrsrs

  • Keterle

    esse livro eh simplesmente incrível, algumas coisas eu tive que reler para conseguir entender, mas gostei tanto que já estou lendo o terceiro livro da série…