PODCAST: CabulosoCast Drops #19 – Oliver Twist, Divergent, Neil Gaiman, Dan Brown, Osama Tezuka

35

vitrine-do-cabulosocast drops-19Saudações literárias, Leitores Cabuloso! Lucien o Biblitecário (@lucienobiblio10), Priscilla Rúbia (@Priscilla_Rubia) e Marcelo Zaniolo (@celo_zaniolo) expressaram suas opiniões a cerca da versão feminina de Oliver Twist, a presença de Kate Winslet na adaptação de  Divergent, O livro do Cemitério do Neil Gaiman também virará filme, o novo livro do Dan Brown e o livro que conta a história do pai do mangá, Osama Tezuka; além de trazer uma entrevista com o autor de O que Pensa o Homem, Gabriel Gaspar e o feedback de CabulososCasts passados. Bom episódio para vocês!

CITADOS NA LEITURA DE E-MAIL’S

NOTÍCIAS COMENTADAS

CITADOS DURANTE O PROGRAMA

RECOMENDAMOS

ASSINE NOSSO FEED

Assine nosso feed http://leitorcabuloso.com.br/feed/podcast/

NOSSA PÁGINA NO iTUNES

http://itunes.apple.com/br/podcast/leitor-cabuloso-literatura/id549022839

NOSSA PÁGINA NA KOMBO PODCASTS

http://www.dimensaonerd.com/category/podcast/cabulosocast/

NOSSA PÁGINA NO YOU TUNER

http://youtuner.co/index/results?s=cabulosocast&x=0&y=0

NOSSA PÁGINA NO FALACAST

http://www.falacast.com.br/eqbws9vm

MÍDIAS SOCIAS

QUER ENVIAR UM E-MAIL?

Quer enviar um e-mail comentando algo que ouviu no programa? Quer enviar um link ou algum material que complemente as informações do podcast? Escreva para cabulosocast@leitorcabuloso.com.br ou acesse nossa página de contato.

QUER DEIXAR UM RECADO DE VOZ?

Mande seus recados de voz para o nosso CabulosoCast deixando sua mensagem na nossa secretária eletrônica do GTalk! É só ligar para cabulosocast@gmail.com

Tamanho do Episódio:  54 minutos

ATENÇÃO!

Para ouvir basta apertar o botão PLAY abaixo ou clique em DOWNLOAD (clique com o botão direito do mouse no link e escolha a opção Salvar Destino Como para salvar o episódio no seu pc). Obrigado por ouvir o CabulosoCast!

VERSÃO EM ZIP

Para baixar a versão em zipada clique aqui, em seguida cole o link de download e clique na opção convert file.

Para fazer o Download do episódio clique aqui.

  • Agradeço muito o apoio do Leitor Cabuloso! Foi um prazer ser entrevistado e conhecer o Lucien! São de pessoas assim que precisamos para apoiar a literatura nacional!
    E quem quiser saber mais sobre o livro, não deixe de conferir e curtir a fanpage:

    http://www.facebook.com/OQuePensaOHomem

    Bom programa a todos e saudações literárias!

    • Gabriel,

      Foi um prazer entrevistá-lo! Esqueci de colocar sua fan page no face, meu desculpe é muito coisa na cabeça! 😀

      Obrigado pelo apoio, pela parceria!

      Abraços.

  • Eriton

    Vou comentar apenas as noticias dos assuntos sobre o qual eu ja tenho um conhecimento previo ^^. Também estou esperando por Inferno do Dan Brown e acho que foi unanime o fato de todos acharem que O Simbolo Perdido foi no minimo decepcionante. Entretanto eu quero ver onde vai parar essa nova história e é sempre bom ler o livros do Brown. Osama Tesuka não é um dos meus autores preferidos de mangá, mas deve-se dar credito ao cara, a histórias deles são muito boas (apesar de não serem exatamente o tipo de história que eu goste) e um livro o Mangaká pode até traser novos leitores para suas obras.
    Agora eu vou ter que admitir quando eu vi o post sobre “O Que Pensa o Homem” do Gabriel Gaspar nem me interessei muito por pensar ser um livro de Filosofia/Auto-ajuda dai quando eu vi quem ia ser entrevistado voltei pro post pra me informar melhor antes de ouvir e… Me arrependo piamente de não ter feito isso antes a ideia do livro é tão cativante que ele já está na minha lista de desejados o/
    P.S.: O link pra ver o vencedor da promoção do “Para Tudo se Acabar na Quarta -feira” não existe =s to curioso pra saber quem ganhou (espero que tenha sido eu XD)

    • Eriton,

      Vamos começar pelo sorteio? O vencedor foi você, pois somente você usou o programa para participar da promoção, mas espere o post, já que eu comentei no podcast de um post anunciando o resultado.

      Concordo com você, apesar de O Símbolo Perdido não ser o melhor livro do Dan Brown, sinto uma curiosidade enorme em ler este livro. E sobre Tezuka, é interessante folhear a página de seus mangás e perceber que ele estava criando um gênero, mesmo que inconscientemente, enquanto as desenhava.

      Em breve enviarei um e-mail solicitando os seus dados para o envio da HQ.

      Obrigado pelo comentário.

      Abraços.

    • Eriton

      Euuuuu ganheiiiiiiiiiiiiii o/ XD que sorte

  • Vou comentar diretamente duas notícias:
    – Eu sou a favor deste tipo de adaptação de livro, desde que se modifique o título do filme, pois se tem o mesmo nome do livro, o roteiro deve ser fiel; claro, com as dignas adaptações que a linguagem cinematográfica exige. O Iluminado, do Stanley Kubrick, na minha opinião, deveria ter outro título, pois é outra história. É um bom filme, mas uma péssima adaptação.
    – Discordo de alguns pontos sobre o que vocês falaram de “O Livro do Cemitério”. Primeiro, porque acho que tem que ser Live Action, pois diferente de Coraline, que é uma história realmente infantil, O Livro do Cemitério é uma história Juvenil. Além disso, somente a primeira “cena” do livro é que o personagem principal aparece como bebê. Na cena seguinte, ele já é um adolescente. Eu, particularmente, gostaria que a obra fosse adaptada pelo Guilherme Del Toro ou pelo Tim Burtom, que fazem muito bem esta questão de mescla de personagens fantásticos e personagens humanos.
    A participação do Marcelo foi muito legal; e a do Gabriel Gaspar também, em breve ele também participará de um LiteratusCast!
    Parabéns pelo episódio; e “eu que agradeço!”.

    • Vilto,

      Como não li a obra do Gaiman então você venceu! Se for adaptado pelo Del Toro ai vai, mas pelo Tim Burtom, não gosto do estilo.

      O problema não é quanto as adaptações, mas sim como estão sendo feitas. Nenhum, repito NEHUMA, foi interessante até hoje, principalmente pelo fato de todas apelarem para o conteúdo sexual de alguma forma.

      Obrigado pelo comentário e “eu que agradeço”.

      Abraços.

  • Bom demais esse podcast!!! O Gaiman é um ótimo roteirista, sandman é impecável, mas como autor de livros acho superestimado demais. É bom, mas não isso tudo que as pessoas se matam de falar.
    O Dan Brown também só conheci o Código e tenho a impressão do resto ser mais do mesmo.

    Continuem o bom trabalho que dei muitas risadas ouvido esse podcast.
    Vou baixar o pod37 e o 20, citados aqui para ouvir depois.
    Abs.

    • Daniel,

      Sobre o Gaiman, concordo quanto ao Deuses Americanos, mas quanto ao “Lugar Nenhum” e “Coisas Frágeis I”, acho que o Gaiman melhorou surpreendentemente sua escrita sendo quase um roteiro escrito simples e direto.

      Vejo que você é um ouvinte recente do CabulosoCast, então seja bem-vindo a família Cabulosa!

      Muito obrigado pelo comentário.

      Abraços.

  • Sacanagem o que tu fez comigo, ein seu Lucien? Terá volta, cara. Pode aguardar! Hahahaha

    Foi um prazer gravar o Drops com vocês! Estou sempre a disposição =D Abraço!

    • Marcelo,

      Pegadinhas do editor! Foi uma honra tê-lo no CabulosoCast!

      Obrigado pelo comentário.

      Abraços.

  • Rita souza

    Na moral,Tbm estava anciosa pela nova vinheta(embora goste mais da antiga)….KKK ótimo podcast… Aguarde Email meu!! rsrs

    • Rita,

      Fico feliz que você tenha gostado da nova vinheta e sim, aguardo seu e-mail.

      Obrigado pelo comentário.

      Abraços.

  • Alias, ótima vinheta, cara! Muito boa MESMO! Vou até te enviar por e-mail uma proposta financeira para venda da mesma! Hahahaha… E curto muito o contraste da tua entonação. Todo animado quando está “brincando” e sério quando fala sério. Muito bom mesmo. Novamente, abraço!

    • Marcelo,

      Valeu mesmo! Que bom saber que mais um gostou da vinheta.

      Obrigado pelo comentário.

      Abraços.

  • Como assim “Código Da Vinci” três, Priscila? Em livros o Código Da Vinci já era o segundo da franquia. O próxima será já o QUARTO livro do Robert Langdon. E assim como fiz com os antecessores, também irei comprar e ler este. Eu curto o autor, gosto da forma como ele descreve as situações, por mais absurdas e convenientes que sejam 😀

    PS: comento enquanto ouço, então talvez venham mais comentários 😀

    • Márcio,

      Gosto do Dan Brown, mas assumo que O Símbolo Perdido não foi como Anjos e Demônios e O Código Da Vinci.

      Obrigado pelo comentário.

      Abraços.

  • Eu escrevi um baita comentário que o site de vocês simplesmente ENGOLIU e ignorou. Já tive esse tipo de problema em outros sites, que se resolve apagando os cookies e tentando comentar novamente. Então fiquem sabendo que não parei de comentar aqui, mas que simplementes toda vez que tentei, ele sumia, e eu ficava com preguiça de tentar lembrar o que tinha escrito e enviar novamente 😛

    • Márcio,

      Agora vou passar a olhar diariamente os spams, mesmo quando tiver 100% que só há lixo, vou fazer uma busca por nome. Consegui resgatar esses seus comentários de lá.

      Peço desculpas pelo inconveniente.

      Abraços.

  • Venho por meio desta notificar o Senhor Lucien Cabuloso que doravante sua licença de leitor de mangás está temporariamente suspensa.

    Pô, Lucien, “OSAMA” Tezuka?

    • Márcio,

      Ops! Osamu, Osamu! Sorry! Sorry! O pai dos mangás vai me atormentar à noite.

      Obrigado pela correção!

      Abraços.

  • Oi! Tudo bom com vocês? ( que pessoa educada rs)
    Sobre a adaptação do Oliver – eu concordo com o Lucien, assisti joão e maria e odiei. Se fosse uma história que não conhecesse, não iria perder tempo lendo o livro. Por outro lado, dando minha opinião pessoal cito algumas adaptações que acho muito boas: orgulho e preconceito (aff assisto toda vez q passa na tv a cabo e olha q eu tenho o dvd kkkk), romeu+julieta, dez coisas que odeio em você ( super teen, eu sei, mas eu dou muita risada!) , a estrada (do comarc mccarthy) e as vantagens de ser invisível (O filme é tão bom que chega a complementar o livro) .
    E vcs falaram sobre adaptações moderninhas, inventaram de fazer a versão do livro It (do King) na visão da única menina do grupo. Achei interessante, pena q para sair está de rosca!
    Sobre a adaptação do O livro do cemitério – seria legal ser filmado em stop motion, mas seria mais do mesmo. Eu vi nos comentários sobre o Del Toro dirigir. Sou a favor tbm. E para quem não leu Gaiman, não se interessou muito pela história?lleia pelo menos as prefaciais. Ele sempre me faz sorrir. Ah ! Acho q vcs já “leram” Gaiman sim! Aquela frase :” o google pode te dar 100000 , um bibliotecário pode te dar a certa” é dele.rs

    Eu tbm já li Paulo Coelho e no fim acho que o povo fala mal pq ouviu o outro falando , que ouviu o outro falando e assim por diante. E na real? Já li coisa pior cof hush hush cof

    Gente, comecei a ler O pacto e estou adorando! Que legal que vai pintar podcast. Uhuuuu

    E nem preciso falar que darei diquinha para o povo ouvir esse, né?

    Mil desculpas pelo comentário extenso, é que eu vou escrevendo e lembrando das coisas e vou adicionando. Qdo vejo o comentário ficou enorme! Hahah

    • Jade,

      Não se preocupe quanto a extensão do comentário, pois adoramos comentários enooooooooooooooooooormes!

      Quando critiquei as adaptações não falo das adaptações em geral, mas das adaptações de contos de fadas, como “A garota da capa vermelha”, “Branca de Neve e o Caçador”, “Espelho, espelho meu”… e outras tantas que são horríveis. É sobre estas que estou me referindo.

      Essas “Prefácias” é um livro do Gaiman? Pode deixar o link?

      Lembre-se de o podcast de O Pacto será do LivroCast e não do CabulosoCast, certo?

      Obrigado pele excelentíssimo feedback.

      Abraços.

    • Ahhhhhhhh agora entendi! Isso que dá escrever e ouvir o podcast ao mesmo tempo kkkk mas sabe que eu lembro de uma adaptação muito boa de branca de neve? Era um filme feito para tv e a sigourney weaver era a bruxa má. Lembro muito bem que o filme tinha uma atmosfera meio gótica e que os anões eram mineradores deformados. Chama snow white: a tale of terror. Tem aquele tbm, para sempre cinderela, que acho bastante honesto.

      Qto ao Gaiman, qdo falei em prefaciais, estava me referindo aquelas páginas iniciais do livro q antecedem as histórias. Geralmente, nele o autor conta como é que teve a ideia de escrever o livro. As prefaciais de coisas frágeis é uma das mais bonitas q li. Principalmente qdo ele diz: “Afinal, existem tantas coisas frágeis. Pessoas se despedaçam tão facilmente, sonhos e corações também”.
      E nem precisa comprar o livro para ler as prefaciais/pretextual. Dá para abrir o livro na livraria mesmo e usufruir dessa pequena felicidade 😀

      O Gaiman pode até não ser um bom escritor na opinião de algumas pessoas, mas acho ele uma pessoa bem interessante. Está sempre falando coisas que te faz refletir bastante. Sem querer puxar o saco dele e nem desmerecendo a opinião de ninguém. Afinal opinião é opinião.

      É isso e de novo a resposta ficou enorme kkkkk
      Abraços.

      Ps: vou ouvir o livrocast então.

  • E só uma perguntinha para a Priscila. Estava eu super lalala no site brasileiro do king e fui lá na parte de citações pq ia contribuir com uma. E para minha surpresa havia a contribuição de uma Priscila rubia lá. É vc? Fiquei meio “nossa eu “conheço” essa pessoa” kkkkkkk

    • Priscilla Rubia

      Sou eu sim xD De vez em qdo posto alguma coisa por lá. Tem tempo q isso não acontece…. tomara que o Edi n tenha deletado minha conta ahahahha

  • Eduarda Costa

    Gostei bastante desse cast,a vinheta nova fico bem legal.
    Eu não gostei do Oliver Twist ganhar essa versão feminina,
    ainda se fosse uma menina mais uma mulher , nem vou assistir
    esse filme.
    Já o filme do livro Cemitério do Neil Gaiman parece que vai ser bacana.
    Eu gostei do livro Divergente por isso ainda tenho esperança na adaptação para o cinema.
    A participação do Marcelo Zaniolo foi legal espero que ele participe mais vezes.

    • Eduarda,

      Gente boa como o Marcelo o CabulosoCast chamará sempre! Pode aguardar!

      Também tenho um péssimo presentimento quanto ao filme do Oliver…

      Nossa opinião a cerca de Divergent foi pautada pela resenha da Serena, logo não tenho uma opinião formal, mas se você gostou, respeito!

      Obrigado pelo feedback e por todas as suas curtidas!

      Abraços.

  • Olá, cabulosos! Finalmente estou de volta nos comentários! Meu sumiço se deve a duas razões: Carnaval e cabo USB. Meu computador foi inventar de quebrar justamente na véspera de Carnaval, como ninguém gosta de trabalhar nessa época, tive que esperar uma semana inteira até tê-lo de volta. Pelo menos algumas Lan Houses ficavam abertas, mas o ambiente era muito ruim. Enfim, depois de consertado o computador, meu cabo USB sumiu e não consegui passar os podcasts para o celular, pois só costumo ouvi-los nas viagens de ônibus. Agora finalmente tenho um novo cabo e posso tirar o atraso.
    Bem, vamos ao drops. Eu não estou nem um pouco interessado nesse “Detergente”. Pelo o que vcs falaram, parece ser uma distopia fraca e sem propósito que apenas quis pegar carona na moda. E concordo plenamente com sua visão do “amor que salvará o mundo”, hahaha, é exatamente assim.
    O primeiro livro que li do Dan Brown, a exemplo da Serena, foi o Fortaleza Digital e adorei esse thriller tecnológico, mas realmente depois começa a enjoar, pois todos os livros são tudo cópia um do outro, rsrs. Eu não estou nem um pouco animado para Inferno.
    E confesso: Nunca li nada do Gaiman, mas morro de vontade. Esse ano mesmo eu quero ler Deuses Americanos. Ele é aquele autor que todo mudo diz que é foda e vc necessita ler algum trabalho dele o mais rápido possível antes que comece a ficar louco de agonia.
    E acho bem bacanas esse espaço para os entrevistados no final. Aliás, achei bem interessante o livro do Gaspar.
    Abraços.

    • Luiz,

      Bem-vindo novamente ao mundo digital e fico feliz que tenha sobrevivido ao carnaval!

      Correção: quem leu Fortaleza Digital foi a Priscilla, a Serena nem participou do Drops, deslize perdoável!

      Rapaz! Cê tem que ler o Gaiman ontem! É muito bom! Sobre Deuses Americanos, acho melhor começar com Lugar Nenhum, pois para quem nunca leu o “Sr. Sandman” é melhor começar com este. É só um conselho, não uma regra.

      As entrevistas continuaram.

      Obrigado pelo comentário.

      Abraços.

  • Paulo Ricardo

    Olá amigos do leitor cabuloso.Primeiramente peço desculpas pelo atraso em comentar este post,e quero agradecer pela leitura do meu comentário sobre o cabulosocast #37,e pelos elogios. Eu também adorei sangue quente,e concordo sobre as críticas sobre as adaptações atuais,as produtoras estadunidenses não querem arriscar,ou suavizam a história ou buscam fazer remake de algo de grande apelo popular.Infelizmente os atuais livros de sucesso não são aqueles que buscam dar uma perspectiva nova sobre a vida ou uma visão original das coisas,mas sim os que buscam antever os gostos e criar algo agradável ,quanto aos filmes é sabido que seus roteiros são analisados por vários roteiristas e supervisores até se tornar palatável ,o que no final tira muito da essência do mesmo,isso não ocorre com tudo que é lançado,mas tira muito da qualidade das obras atuais!!!
    Queria que me tirassem algumas dúvidas:
    #1-Como faço para colocar minha foto ou avatar junto ao meu comentário?
    #2-Aonde vocês querem que os leitores acrescentem seus dados(conforme foi pedido no post-Drops #19)há algum campo para isso ou só precisamos coloca-los ao final do comentário ,conforme fiz nesse?Muito obrigado e abraços!!!
    Sou Encarregado de Depósito e Gestor de Estoque de Supermercado,tenho 25 anos e sou residente em Rondonópolis-MT .

    • Paulo,

      Infelizmente esses filmes que passam pelas mãos de várias pessoas (chamados de filmes de produtores) são mais comuns do que imaginamos, pois são raros os filmes que o diretor tem autonomia para levar a produção nas costas e assumir alguns riscos. Infelizmente, né? Quem perde é o público.

      Dúvida 1: você precisa fazer uma conta no gravatar é um site que armazena esta foto e a partir dai sempre que seu comentário for postado com o e-mail que ficou gravado lá no gravatar sua foto aparecerá.

      Dúvida 2: podem deixar os dados no final dos comentários como você fez.

      Obrigado pelo comentário.

      Abraços.

  • Paulo Ricardo

    Já ia me esquecendo 😀 Parabéns pela nova vinheta,Adorei, gostei muito mesmo,VALEU!!!

    • Paulo,

      Não há de quê. Os ouvintes pedem e a gente faz o possível para atender, neste caso foi fácil.

      Abraços.