QUADRINHOS: E o Superman vai morrer… de novo!

8

Em meados de 1993, saia pela Abril Jovem o arco de histórias em duas edições chamado A Morte do Superman e o Retorno do Superman.  Na HQ, Superman enfrentava o mostro Apocalipse pelas ruas de Metrópolis, apesar de conseguir destruir seu algoz, o esforço acabou por levar a óbito o Homem de Aço.

E eis que na Action Comics #16, enfrentará o Superdoom (uma versão demoníaca do Superman) de uma dimensão alternativa. Tudo indica que o ódio que o Superdoom sente decorre de um plano que foi desarticulado pelo Super-Homem. Nesta mesma edição, teremos uma batalha do Superman contra o exército Anti-Superman.

Veja abaixo as primeiras imagens da HQ:

prv14807_pg1

prv14807_pg2

prv14807_pg3

prv14807_pg6

Mas você sabia que estas não são as primeiras mortes do Homem de Aço? Segundo a Wilkipédia:

A primeira vez que uma morte de Superman ocorreu foi numa história imaginária, a morte secreta do Superman, de 1961.

Nos anos 70, Superman descobriu-se infectado por um vírus consciente alien que não tinha cura conhecida, e estava destinado a morrer em pouco tempo. O mundo já antecipava a morte do Superman e se lamentava que seu maior herói se iria. Felizmente, o herói conseguiu enganar o vírus consciente de modo que forjou sua morte usando conhecimentos tibetanos a fim de parar seus batimentos cárdiacos. Quando o vírus sentiu que ele estava “morto”, saiu do corpo para achar outros corpos, mas Superman já estava precavido e prendeu o vírus numa duplicata de si.

Outra história imaginária, escrita por Alan Moore para ser a última história do Superman Pré-Crise (O que aconteceu com o Super-homem?), narra o que aconteceu ao Superman ter sua mais dramática batalha. Entretanto, na verdade o herói aparece vivo na última página, mas adotou uma falsa identidade como marido de Lois Lane.

Em 86, John Byrne escreveu uma história onde a vilã Banshee Prateada, usando de magia, pôs o Homem de aço num torpor semelhante a morte clínica. Foi realizado o funeral, e antecedendo muitos anos a morte do Superman por Apocalipse, o mundo e vários heróis tinham suas reflexões sobre a perda do maior herói do mundo. Lex Luthor também estava irado, pois não admitia que outra pessoa tivesse destruído o Superman sem ser ele (comportamento que seria repetido durante a Morte do Superman, onde Luthor esmurrava o corpo de Apocalipse).

Fonte: Comicbookresources

  • Rita Souza

    Bem eu ñ acompanho muito esses HQ,mas fiquei sabendo mesmo da morte do nosso Homem de aço!

    • Rita,

      A pergunta do do momento é de qual morte você ficou sabendo?

      Obrigado pelo comentário.

      Abraços.

  • Para mim, isso é apelação para um super-herói que está em baixa! ¬¬

  • Priscilla Rubia

    Por isso que não leio HQ. Odeio esse negócio de: morreu, mas, espere! O que aconteceu foi isso e aquilo e ele não morreu! Está vivo! ¬¬
    Morreu, morreu porra!

  • Eriton

    Que seja pra mim supermam tem que morrer ¬¬ num gosto dele. Mas essas coisas de morte/não morte das HQs fica cansativa depois que você começa a ver uma “morte” em cada edição

    • Eriton,

      Pois é, até parece que vão matá-lo somente para alavancar vendas. Acho que esse é o principal motivo para hoje eu não conseguir mais ler HQs.

      Obrigado por comentar.

      Abraços.

  • Eduardo

    Repetidas mortes do Super-Homem dão a entender que o que morreu mesmo foi a imaginação…

    Nunca gostei do Super-Homem, acho que suas histórias não tem elementos tão interessantes quanto as de Batman e Homem-Aranha. Exceto pelo Bizarro.

    • Eduardo,

      As HQs americanas sofrem disso há muito tempo.

      Obrigado pelo comentário.

      Abraços.