LIVROS: Adaptação de Cinquenta Tons de Cinza para o cinema terá muitas cenas de sexo

8
Capa de Cinquenta Tons de Cinza
Capa de Cinquenta Tons de Cinza

Parece que o nome da roteirista da adaptação do livro bam-bam-bam do momento, Cinquenta Tons de Cinza da E. L. James (publicado no Brasil pela Editora Intrinseca), já está devidamente confirmado e será Kelly Marcel cocriadora da série Terra Nova (cancelada ano passado por baixa audiência).

Marcel revelou a revista Sky Magazine que o filme terá várias cenas de sexo, assim como o livro, sendo, portanto, exclusivamente para o público adulto. O que implica categoria indicativa altíssima.

A Universal e a Focus Features adquiriram juntas dos direitos da obra completa (sim, aparentemente teremos o adaptação dos três livros da série).

Fonte: Omelete

  • Não duvido que será um sucesso devido a apelação sexual, e mesmo adolescentes abaixo da idade entrarão nas salas. Vai ser mais uma merda de sucesso!

    • Luiz,

      E o pessoal comemorando o fim da saga crepúsculo.

      Obrigado pelo comentário.

      Abraços.

  • Rita souza

    Pelo q falam do livro é obvio q eles vão erotizar muitooooooooo no filme! até porq a maioria das pessoas q vão ler esse livro creio q ñ é pela linda história! rsrs

    • Rita,

      Mais cê não vai poder assistir não, viu?! Estamos de olho!

      Obrigado pelo comentário.

      Abraços.

  • Priscilla Rubia

    Oh, então não vai ser uma adaptação fiel deuheudhe

  • carliane sousa silva

    se tem sexo todo mundo quer ver,vai lotar o cinema. concordo com o Luiz,vai ser mais uma merda q vai fazer sucesso. =/
    cultura q é bom poucos querem…

  • Eduardo

    Seria surpresa se não tivesse. Pornochanchada mainstream.

    Outro dia mesmo li um texto do Luiz Zanin Oricchio, e tendo a acreditar que ele está certo:

    http://blogs.estadao.com.br/luiz-zanin/o-cinema-em-xeque-e-as-series-de-tv/

    Verdade que há ainda cinema de qualidade, mas não são esses filmes que passam em todos os cinemas. É preciso procurar.

    • Eduardo,

      É verdade, mas são estes filmes que sustentam os estúdios para que eles possam produzir filmes mais cults.

      Obrigado pelo comentário.

      Abraços.