ENTREVISTA: Roberta Spindler, uma das criadoras de “Contos de Meigan: A Fúria dos Cártagos”

6

Saudações, caros leitores! Aqui está mais uma entrevista que trago para o blog, espero que gostem. Vamos conhecer mais um pouco sobre uma obra de fantasia brasileira que está sendo destaque? Atrevesse o portal comigo…

Roberta Spindler
Roberta Spindler

Oi, Roberta, tudo bem? Espero que sim, afinal vamos conversar sobre algo muito interessante, o “Contos de Meigan: A Fúria dos Cártagos”. A conversa será bastante descontraída e pode ficar à vontade quanto ao tamanho das respostas. Espero que a entrevista seja tão divertida para você, quanto para mim. Vamos às perguntas?

1 – Sei que você já publicou contos em muitas antologias, então como foi fazer essa transição para o romance?

Na verdade, comigo ocorreu o caminho inverso. Primeiro escrevi o romance para depois partir para os contos. No início estranhei, pois com contos você deve ser mais conciso, saber abordar temas sem se estender muito, focar no principal. No entanto, gosto de escrever ambos. Com os contos, posso fugir um pouco dos temas que estou acostumada a trabalhar.

2 – Nos contos, assim imagino, você tinha um processo de duas mãos (sozinha), correto? Como foi lidar com a criação em conjunto?

Eu e a Oriana escrevíamos juntas desde a adolescência, principalmente fanfictions. Então, a escrita a quatro mãos foi algo natural. Já tínhamos um processo de trabalho bem definido, as coisas fluíam bem.

3 – Criar um novo mundo não deve ter sido uma tarefa fácil, mas você e a Oriana conseguiram dar o primeiro passo com muito sucesso. Gostaria de saber como surgiram as ideias do mundo de Meigan.

Começamos a pensar em Meigan ainda quando estávamos no colégio. Tudo começou como uma brincadeira. No meio das aulas conversávamos sobre este mundo fantástico e seus habitantes. Com o tempo, percebemos que Meigan estava se tornando algo maior, que ganhava personalidade própria e deveria ser levado a sério. Então, acho que nós também atravessamos o portal e fomos jogadas nessa aventura.

4 – Quem acompanha a Fan Page de Contos de Meigan, sabe que uma HQ está para sair. Você pode falar sobre o que ela vai abordar? Será um spin-off do primeiro livro?

O projeto da HQ engloba ao todo sete histórias, cada uma envolvendo um guardião. A primeira falará sobre o sétimo guardião. Será um spin-off, sim. Contarei um pouco do passado dos protetores dos portões, os leitores ficarão sabendo o que eles fazem quando não estão guerreando contra os cártagos. Estou muito empolgada com essa HQ, os desenhos do Fabio Nahon ficaram espetaculares e as cores do Andre Ciderfao deram vida às imagens. Espero que os leitores também se encantem.

5 – Como o universo iniciado nos livros irá se expandir para as HQs, imediatamente outra pergunta se forma: Há planos para levar a história para outras mídias? Uma animação, por exemplo.

Eu iria adorar ver Meigan adaptado para outras mídias. Quando criei o book trailer do livro (a edição é minha e as ilustrações do João Silveira) pensei em algo no estilo motion comic e fiquei muito feliz com o resultado. Uma animação profissional então, iria me encantar. Quem sabe um dia, não? =)

6 – Como você avalia a experiência de lançar um romance de fantasia? O que acha da repercussão que está tendo?

Estou muito feliz com o feedback que Contos de Meigan vem recebendo. A recepção dos leitores é muito positiva e me deixa entusiasmada a continuar escrevendo. Aos poucos, o livro está conquistando o seu espaço.

7 – Além da saga de Meigan, você está trabalhando em outro romance ou pelo menos já possui material guardado?

Tenho várias ideias para outros romances, incluindo expandir uma história pós-apocalíptica que criei como conto e também outro projeto de história em quadrinho, dessa vez em parceria com um grande amigo. Além disso, continuo escrevendo para antologias diversas.

8 – Você pode compartilhar conosco o seu gosto literário? Quais escritores mais aprecia?

Gosto de ler um pouco de tudo. No entanto, adoro literatura fantástica, com certeza é meu gênero favorito. Entre os autores que mais aprecio, vale destacar J. R. R. Tolkien, Philp Pullman, G. R. R. Martin e Gillian Rubinstein.

9 – Como é tradição em minhas entrevistas, cedo o espaço final para o entrevistado falar o que quiser (recados, citar algo etc).

Gostaria de agradecer ao Leitor Cabuloso pelo espaço. Todo o apoio que Contos de Meigan tem recebido é fundamental para a divulgação e crescimento da obra. Espero que os leitores continuem acompanhando o desenvolvimento de Meigan e de outras histórias que ainda irão surgir.

Roberta, desejo muito sucesso para você e a Oriana! Esse primeiro tijolo no caminho de vocês é mais do que ouro, é um sonho belíssimo que vocês compartilham com milhares de pessoas! Meus parabéns, conte sempre com  o apoio do Leitor Cabuloso! Abraços e beijos.

Onde encontrar a Roberta no ciberespaço?

Fan page do livro no Facebook.
Resenha do livro: acesse aqui.

Como encomendar um exemplar do livro com a autora (vale a pena, será enviado autografado!): Mande um e-mail para contosdemeigan@gmail.com e faça o pedido (pagamento por depósito bancário).

  • Paula

    Adorei a entrevista! Amo Meigan. =)

    • Obrigado por comentar, Paula. Meigan está conquistando muitos leitores.

  • Rita Souza

    Assim me sinto envergonhada de dizer q sí agora percebi q ese livro foi escrito por mais de 1 pessoas,mas mancadas a parte… Adorei A roberta ela parece ser uma pessoa criativa(e ainda mais com suas ótimas influencias)…
    esse livro esta gritando para eu compra-lo,ele esta no topo da minha lista,ainda mais agora q vai ter HQ e tudo!

    • Normal, Rita, às vezes deixamos informações passarem. A Roberta e a Oriana possuem ótimas referências criativas. Compre mesmo, o preço está super camarada e vale muito a pena!

  • carliane sousa silva

    essa entrevista me deixou mais ansiosa ainda pelo livro.preciso compra-lo urgente!!!!!!!!!

    • Quebre o porquinho e encomende, você não vai se arrepender!