VIDEOCAST: ESTANTE CABULOSA #11 – LIVROS QUE ABANDONAMOS

13

Saudações literárias, Leitores Cabulosos! E neste vídeo Lucien o Bibliotecário e Serena falam dos livros que abandonaram. Sem culpa e sem remorso, eles explicam os motivos que os levaram a tal ato. E você, Cabuloso ou Cabulosa, já abandonou algum livro?

ASSISTA AO VÍDEO

CITADOS NO VÍDEO

  • Skoob

ASSINE NOSSO CANAL

O Leitor Cabuloso tem um no You Tube para assiná-lo clique aqui.

  • Eu gosto da série Harry Potter e já li cada livro pelo menos umas 5x (em uma triste época que só tinha a coleção na minha estante) e não acho – como mtos fãs dizem – que a narrativa de Rowling decaiu com os livros. Eu acho que ela conseguiu acompanhar a faixa etária do público que crescia com o Harry. Diferente de vc Serena, eu quase abandonei foi o 5º livro. A Rowling parecia estar em uma profunda depressão qdo o escreveu.
    Clássicos brasileiros n li nenhum até hoje e n morro de vontade tb. Claro que tem alguns que me chamam a atenção, mas nada desesperador.
    A Divina Comédia li algumas partes do Purgatório e achei bem legal, tinha curiosidade de ler mais. Todo mundo fala que qdo chega no céu é uma chatice. Lembrando de uma frase “Não tem coisa mais chata em um livro do que a felicidade”.
    Um livro que abandonei foi Amanhecer. Eu gosto do primeiro livro da série, achei o segundo depressivo e depois foi ficando enfadonho… qdo a Bella virou vampiro, pra mim perdeu um pouco a graça xD
    Abraços!

    • Pri,

      Pelo menos você parou no Amanhecer e eu que parei no primeiro sem nenhuma vontade de ler os outros? Tenho vontade de ler alguns clássicos para compreender o motivo pelo qual eles são considerados clássicos.

      Obrigado pelo comentário.

      Abraços.

  • Rita souza

    Serena compreendo total sua animação em relação a Harry,embora eu tenha lido e amado todos,já essa saga da Bussula selá oq,nunca li nem assisti!! Livros de vestibular eu ainda ñ parei pra ler,mas esses são minhas metas de 1013. Agora eu tenho a honra de dizer q nunca abandonei um livro,sempre q a leitura tá chata eu fico sem ler o tal livro por uns 3 dias e depois retomo…

    • Rita,

      Parabéns por nunca abandonar um livro!

      Sua meta de 2013 é ler os clássicos da literatura nacional? Parabéns!

      Obrigado pelo comentário.

      Abraços!

  • carliane sousa silva

    q pena q vc nao gostou de harry poter,serena,e cm vc msma disse muitos adoram,inclusive eu.nao costumo abandonar livros,as vezes do um tempo e retomo a leitura,mas confesso q tem uns q dá vontade d jogar fora! kkkkkkk recentemente abondenei “canticos de sangue” pq fiquei com raiva do lestat,deu vontade de dar uns bons murros na cara dele,mas tudo bm,ja estou retomando a leitura dele novamante.acredito q todo livro tem algo bom a oferecer.

    • Carliane,

      Então como a Rita, você também não abandona livros apenas dá um tempo, certo? Que bom! Nunca li um livro da Anne Rice e quero muito um dia poder lê-los.

      Obrigado pelo comentário.

      Abraços.

  • v.

    lembro-me que abandonei “angus, o guerreiro de deus”, e esse eu sei que nunca voltarei a ler, porque era RUIM; abandonei “uma breve história do tempo”, que até hoje digo que lerei um dia, porque era bom, mas outros livros o engoliram; abandonei “Mein Kampf” e “Dom Quixote”, mas são livros que sempre estão na minha lista para ser lidos, logo, não os abandonei, mas o realoquei para futuras leituras. abandonei “senhora”, “o cortiço”, “marília de dirceu”, devo ter abandonado alguns outros, mas, no momento só me lembro desses. mas tive muita vontade de abandonar uma pá de livros, mas acredito que mesmo os piores livros devem ser lidos se caírem em mãos, afinal, para que o bom se sobressaia, é necessário haver o ruim.

    • Pedro,

      Concordo com você que tudo o livro vale a pena, não é à toa que nossa menor nota na avaliação de uma obra 1 selinho cabuloso significa “valeu pela leitura”. Porém, como comentado no próprio programa, acho que o tempo faz com que alguns livros fiquem mais difíceis de retornar.

      Obrigado pelo comentário.

      Abraços.

  • v.

    e… poxa vida, li grande sertão: veredas esse ano e foi uma das melhores leituras da minha vida. o cara me mostrou o que é dominar o português e outras línguas (o uso que ele faz da gramática alemã e as transposições que faz, me fazem pirar toda vez que os relembro). espero que um dia, por acaso, você , lucien, dê uma nova chance ao livro.

    • Pedro,

      Tenho uma grande vontade de ler o Grande Sertão: Veredas. É um daqueles livros que realmente me encantam. Quem sabe!

      Obrigado pelo comentário.

      Abraços.

  • Oi! Eu sou fã da saga Harry Potter, mas vejo alguns problemas no enredo e entendo o fato de não ter te cativado, Serena (e você abandonou justamente no livro que menos gosto). Sobre os clássicos que o Lucien tentou, mas não conseguiu continuar, me identifico! rsrsrsrs Tenho alguns em minha lista não oficial de abandonos.
    Fiquei com medo agora da série Fronteiras do Universo: li a Bússulo de Ouro e gostei, mas ainda não li os outros 2. Espero que minha experiência seja diferente.
    Abraços

    • Monique,

      A experiência que temos com os livros são diferentes. Quem sabe na verdade é quem lê.

      Obrigado pelo comentário.

      Abraços.

  • Eriton

    Eu li a moreninha em duas semanas (por culpa da escola), mas foi a leitura mais chata que eu já tive (num acontece nada de interessante naquela p****). Eu lembro que o trauma com o livro foi tão grande que um estava mascando um chiclete enquanto terminava o livro e nunca mais pus um chiclete daquele tipo na boca. Quanto a Harry Potter e o Enigma do Príncipe, foi o primeiro livro do Harry que eu li e de primeira não entendi nada (deu pra perceber o porquê né?), dai eu li os outros livros e voltei pra ele de boa já entendendo tudo (o livro mais enfadonho do Harry é o quinto e acho que isso é unanime). Acho que na verdade eu só abandonei dois livros em toda minha vida (os outros que quase abandonei eu só parei por umas semanas e depois retomei) que foram O Conde de Monte Cristo ( que eu não sei como consegui ler até depois da pagina 30 de tão chato que ele era) e outro (sobre a guerra do golfo) que eu nem sequer lembro o nome