RESENHA + PROMOÇÃO: “O COMEÇO DO ADEUS”, UM LIVRO SENSÍVEL, MAS COM UMA PITADA DE HUMOR, SOBRE “SEGUIR EM FRENTE”

16
Capa

Autora: Anne Tyler
Editora: Novo Conceito
Origem: Americana
Ano: 2012
Edição: 
Número de páginas: 208
Skoob
Sinopse: Anne Tyler nos leva a um romance sábio, assustador e profundamente tocante em que descreve um homem de meia-idade, desolado pela morte de sua esposa, que tem melhorado gradualmente pelas aparições frequentes da mulher — na casa deles, na estrada, no mercado. Com deficiência no braço e na perna direita, Aaron passou sua infância tentando se livrar de sua irmã, que queria mandar nele. Então, quando conhece Dorothy, uma jovem tímida e recatada, ele vê uma luz no fim do túnel. Eles se casam e têm uma vida relativamente modesta e feliz. Mas quando uma árvore cai em sua casa, Dorothy morre e Aaron começa a se sentir vazio. Apenas as aparições inesperadas de Dorothy o ajudam a sobreviver e encontrar certa paz. Aos poucos, durante seu trabalho na editora da família, ele descobre obras que presumem serem guias para iniciantes durante os caminhos da vida e que, talvez para esses iniciantes, há uma maneira de dizer adeus.
Onde comprar? Livraria saraivaLivraria Cultura.

Book trailer:

Análise:

“É claro. O mundo é feito de ciclos, e aqui vamos nós de novo.”

—Pág. 206.

Saudações, caros leitores! Estou aqui para conversar com vocês sobre “O Começo do Adeus”, uma obra que me rendeu uma leitura de fácil deglutição, ou seja, entreteve, mas obviamente vocês devem estar curiosos para saber mais detalhes de minha avaliação, então, vamos adiante.

Começo salientando que o livro, apesar de ter uma gota de sobrenatural (ou não?), não se prende a este fenômeno ou sequer tenta elucida-lo minuciosamente, mas foca nas implicações emocionais disso para o protagonista, reforçando a sua sensação de desolação após o falecimento da esposa. É importante avisar que a narração é completamente em primeira pessoa, logo só enxergamos pelos olhos de Aaron, o que torna a visão das coisas totalmente parcial e às vezes um pouco irritante devido ao jeito ranzinza dele. A personalidade do Aaron pode ser muito enervante na maior parte do tempo, mas não posso deixar de dizer que isso o torna muito próximo da realidade, uma vez que há realmente pessoas que, diante de tudo pelo que ele já passou, seriam exatamente desse modo. Em grande parte esse estilo amargo que o envolve é fruto da superproteção da mãe e da irmã que, quando ele ainda morava com elas, o protegiam em excesso, chegando a controla-lo, devido a uma deficiência que possui em seu braço e perna direitos, mas essa peculiaridade física não ganha muito destaque no texto justamente por não ser o ponto principal que a autora pretende trabalhar.

A parte romântica da obra também é muito “crua”, sem adornos, e retrata o casamento de Aaron e Dorothy, com o uso de flashbacks e relatos do protagonista no presente, como cheio de problemas, alguns até por banalidades, entretanto ambos possuem uma importância fundamental na vida um do outro, pois tinham vidas pouco férteis antes de se conhecerem e depois, pelo menos, conseguem mais instantes de conforto e experimentam uma perspectiva mais motivadora acerca do mundo.

O famoso “E Se…” (E se eu tivesse amado mais, E se eu não tivesse me irritado,  E se tivesse ficado quieto etc), comum na vida de todos nós, mesmo que em quantidade baixa, vem à tona para Aaron com as aparições de Dorothy, que ele mesmo se pergunta se não são alucinações, e isso o faz repensar nos seus modos que chegaram a causar tantas brigas desnecessárias, além de fazer a sua tristeza aumentar, uma vez que agora a sua relação com a mulher que tanto amou não poderá ser refeita. Esse é um pensamento bastante inquietante, já que demonstra como as nossas ações são tão poderosas e como é necessário, mesmo que não façamos isso sempre, pesar tudo o que fazemos, ainda mais porque teremos de conviver com as nossas escolhas durante a nossa vida, enquanto o mundo segue indiferente a nossa dor, por maior que seja o tormento. Entretanto, esse clima mais denso é aliviado por um pouco de humor que Aaron faz com a sua condição e a maneira como as pessoas ao seu redor reagem.

O livro foi uma leitura rápida, uma vez que não tem floreios, mas não conseguiu me impactar como ansiava, fez-me pensar, mas o desenvolvimento da história se limitou a uma linha previsível, sem algo que causasse surpresa, o que levou a um desfecho que me deixou apático. A Novo Conceito fez um ótimo trabalho de revisão e diagramação, contudo a capa em relação a trama não tem um vínculo forte, o que a deixa com um sentido vago. A minha nota será três selos cabulosos.

Nota:

Três Selos Cabulosos

Promoção:

Kit – “O Começo do Adeus” – Fonte: Blog – Editora Novo Conceito.

Caros leitores, como a editora parceira Novo Conceito enviou dois kits do livro, um deles será usado em uma promoção! Quem vai participar? A promoção será um concurso cultural. Para participar é simples, vejam as regras:

Regras:

  • Curtir a página do Leitor Cabuloso no Facebook.
  • Seguir o Leitor Cabuloso no Twitter.
  • Deixar neste post, além do e-mail para contato, link para o facebook e twitter, a resposta para: “O que a palavra ‘Adeus’ significa para vocês?” A resposta mais criativa, ganhará!
Observações:
  • O não cumprimento de qualquer uma das regras implicará em desclassificação automática.
  • O ganhador terá 48 horas para responder ao e-mail de contato.
  • A promoção irá até o dia 19 deste mês!
Novo Conceito
  • carliane sousa silva

    dizem que adeus,é um tchau para sempre.para mim adeus é um tchau mais demorado,mas que sera respondido,algum dia,quando nos encontrarmos novamente com o amor ou a amizade que se foi. o adeus nao é o fim mas sim um eterno recomeço.

    carlianesud@hotmail.com
    https://www.facebook.com/carliane.sousa.silva.sud
    @silvacarliane

    • Boa sorte, Carliane! Por enquanto, não posso comentar nada… 🙂

  • Eu gostei do livro, ele é sensível sem ser melodramático e apesar do sobrenatural ou uma fuga criada pelo protagonista semelhante aos amigos imaginários infantis (?) a história é bem realista e as personagens simples e comuns. Gostei do livro, porém achava que me emocionaria mais. Também gostei da pitada de humor existente. Beijos.

    • Sim, a sensibilidade dele é muito bem administrada. Essa indeterminação quanto às aparições da esposa dele foi justamente uma das coisas que mais me atraiu, pois quantas vezes todos nós não nos perdemos em nossa própria mente? O humor é algo que eu mesmo tento carregar em mim, logo identifiquei-me.

      Beijos!

  • Facebook: https://www.facebook.com/karenvsalvares?ref=tn_tnmn
    Twitter: https://twitter.com/karen_alvares

    Adeus para mim significa um novo começo, uma nova vida. Nada é o mesmo após um adeus. As pessoas mudam, os olhares mudam, o sentir muda. Nós vivemos várias vidas pois em uma única vida várias vezes dizemos adeus.

  • Obrigada, Ednelson! Dedos cruzados aqui! Ótima promoção! 🙂

  • Ola querido blog Leitor cabuloso eu estou super desesperado por ler um bom romando, pois aqui perto de casa se quero comprar livro tenho que pegar uns 2 onibus e o shopping mais próximo n tem livraria ;(, é tão triste ser uma pessoa alfabetizada hoje em dia.
    Quero participar do sorteio então ai vai.
    Adeus’ significa para vocês?

    Então nunca parei para pensar e definir pra min mesmo qual é o significado da palavra Adeus.
    Adeus para minha pessoa é se despedir de quem vc ama, pode ser pessoa/livro/objeto/animal, mais eu olho isso como um até logo pois acredito que irei reencontrar “ela” em uma próxima vida ou em outra dimensão.

    Espero que entendam oque eu quis dizer, espero muito ganhar esse livro pois ” eu preciso de um compa… Livro” rsrs.
    Adeus.

  • Rita Souza

    http://www.facebook.com/#!/rita.souza.1420
    https://twitter.com/Rytinhasouza
    rytinha@live.com
    O que a palavra ‘Adeus’ significa para vocês?
    O adeus pode ser interpretado de varias formas diferentes,para alguns ele é apenas uma dispedida temporaria para outros eterna,para mim ele significa q vc está se despedindo por 2 motivos ou vc quer q essa pessoa vá realmente embora ou tudo q deseja é q ela fique,mas como sabe q esse desejo é impossivel se despede da forma mais drámatica possivel,porq mesmo sabendo q ela vai voltar(ou ñ) toda vez q ela se vai é doloroso demais ver ela partir,como se um pedaço de vc estivesse indo imbora e vc sabe q o mundo é cruel o bastante para nunca mais devolve-lá a vc!!!!

  • Gabi Arthur

    https://twitter.com/gabiarthur
    http://www.facebook.com/gabriele.arthur
    gabi_arthur@yahoo.com.br

    Adorei a resenha! Tô querendo ler esse livro desde o lançamento rs Achei que o livro seria bem “triste”, mas gostei de saber que tem uma pitada de humor do protagonista! Vou participar da promoção… então lá vai:

    O que a palavra ‘Adeus’ significa para vocês?
    Pra mim, a palavra ‘Adeus’ é uma despedida definitiva… pode ser uma despedida para alguém, para alguma coisa, ou até mesmo para uma fase da vida. “Adeus” pode ser um recomeço, uma nova chance.

    Abraço =D

  • Eduardo

    Vou responder à pergunta em versos:

    Adeus é o derradeiro instante em que algo se finda
    e se reconhece pela dor que era a coisa mais linda
    É algo que nem sempre se percebe quando está junto
    só na hora em que se vai é que se sente um defunto

    Se a perda não é sentida sequer se diz algum adeus
    mas se diz vade retro, xô, corra daqui com os teus
    Pode ser enganosa essa dor vindo bem tarde o juízo
    que o choro da despedida enfim se converta em riso!

    revolvtionibvs@gmail.com
    http://www.facebook.com/profile.php?id=100002989735717
    https://twitter.com/Revolvtionibvs

    • Boa sorte, Eduardo! Respondeu no último dia para concorrer! 😀