RESENHA: “SONHOS” DA ALYSON NOËL + PROMOÇÃO!

23

Antes de iniciar essa resenha tenho de avisar que não gosto de romance sobrenatural. Aí você me pergunta: então por que leu um livro de um tema que não gosta? Respondo que tive a certeza de que não gosto desses tipos de livros ao ler Sonhos da Alyson Noël.

Nele conhecemos Daire, uma adolescente de 16 anos que é filha de uma maquiadora de Hollywood. Ela é acostumada com uma vida corrida, viajando de cidade em cidade, de país em país, sem nunca ter um lar fixo, amigos fixos, romance fixo.

Daire guarda um segredo: ela, de certa forma consegue parar o tempo. Conseguia fazer isso há um bom tempo, tanto que achava que era algo natural, só que, quando completa 16 anos, as coisas mudam. Ela já não tem controle sobre seu poder, pessoas brilhantes a observam, a chamam e perseguem, há corvos para todos os lados e até cabeças espetadas que a chamam pelo nome.

A mãe de Daire, Jennika, a leva a todo tipo de médico possível. Eles dizem o mesmo: Daire é paranóica, sofre de delírios e nenhum dos medicamentos está funcionando. Os médicos falam em interná-la. Daire tenta explicar a mãe que o que vê é real e não uma alucinação, mas Jennika não acredita na filha. Até que Daire recebe uma ligação de sua vó.

Paloma é mãe do pai falecido de Daire. Ela nunca conheceu a neta e sumiu quando Jennika ainda estava grávida, por isso a ligação é completamente inesperada. Incrivelmente a avó de Daire sabe tudo o que está acontecendo: as alucinações, o que ela vê e o que sente.

Jennika então decide levar a filha até a avó que vive em uma pequena cidade no Novo México. Apesar de Daire odiar a idéia, Jennika sabe que é melhor do que vê-la internada como louca.

O nome original - Predestinada - combina muito mais com a história do que "Sonhos"
Capa americana.
O nome original – Predestinada – combina muito mais com a história do que “Sonhos”

A mãe de Daire a acompanha até parte do caminho. Daire é deixada aos cuidados de Chay, um amigo de Paloma que a leva até a simples casa de adobe.

Quando conhece a avó, Daire fica sabendo de toda a verdade. Ela é uma Buscadora de Almas (Soul Seeker) e tem uma grande missão a cumprir. Todas as coisas que vê são reais e fazem parte de uma dimensão que só pessoas como ela podem ver.

Uma das coisas que não gostei e que me irritou bastante foi que, ao saber a verdade, Daire pensa que a avó é louca, mas… ela não dizia que tudo o que via era real e odiava quando achavam que ela era louca? Então quando confirmam isso pra ela, a avó que é louca? É uma atitude um tanto ridícula, mas podemos perdoar já que Daire é uma adolescente.

Ela foge da casa da avó, querendo voltar para casa, porém as coisas não saem conforme imagina e Daire sofre um acidente.

Depois disso, ela finalmente para de agir como uma verdadeira doida e toma algum jeito. Escuta o que a avó tem a dizer e acredita, aceita. Começa então a treinar para ser uma Buscadora.

O treinamento de Daire é algo interessante no livro. Ela aprende que cada um de nós tem um animal guia, que existem três mundos: o inferior, o mediano e o superior. Que seus ancestrais estão sempre com ela.

Porém, nem tudo são flores. Daire também tem inimigos: os Richter. Eles são feiticeiros malignos e tem dois em especial que Daire deve ficar de olho: os gêmeos Cade e Dace.

Como você pode imaginar, os dois são lindos, maravilhosos e gostosos, Dace principalmente. Ele é um Richter, mas diferente. Ao contrário do irmão, Dace é gentil, carinhoso e amoroso. Caso você esteja se perguntando, sim, ele é o moreno, forte e musculoso, galã da história.

Porém Cade é totalmente o oposto: é exibido, mal educado e nada gentil.

Pois é. Esse é um clichê que eu não consegui engolir: o gêmeo bom e o gêmeo mal.

Uma coisa que me deu forças pra ler o livro até o final foi a narrativa de Alyson. Apesar do livro não estar me agradando, consegui lê-lo e até ficar curiosa para o que vinha a seguir.

Porém, infelizmente encontrei mais pontos negativos do que positivos.

Um deles foi as descrições no livro. Nas cenas com Dace, as descrições eram bem feitas: ele era lindo, a luz refletia em seus olhos, a sua risada ecoava em meu coração, etc. Mas em outras cenas, como quando Daire encontra alguns demônios em uma dimensão é simplesmente: eles eram horríveis, bestiais e dentuços.

Não senti emoção nenhuma ao ler o livro. Os personagens são rasos, não consegui me apegar a nenhum deles. Não senti medo, alegria, ódio ou tristeza durante a leitura. Poderia estar lendo uma bula.

Dou ênfase mais uma vez que não gosto – definitivamente – desse tipo de livro. Acredito que essa será a minha primeira e última resenha do tipo. Mas se você é fã do estilo, com certeza irá achar tudo mais interessante.

NOTA:

Ficha Técnica:
Editora: Leya
Autora: Alyson Noël
Origem: Estrangeira
Título original: Fated
Ano: 2012
ISBN: 978-85-8044-575-6
Número de páginas: 320
Skoob

Bom, sei que vocês fãs do gênero agora me odeiam e querem ganhar o livro pra esfregar na minha cara e me dizer o quanto estou errada, correto? Por isso, tem promoção!

Regras:

  • Curtir a página do Leitor Cabuloso no Facebook
  • Seguir a Editora Leya no Twitter
  • Seguir o Leitor Cabuloso no Twitter
  • Comentar neste post dizendo suas impressões sobre o livro e expectativas (comentários sem conteúdo não serão válidos)
  • Twittar a frase (pode ser feito 1x por dia)
  • O vencedor terá o prazo de 48h para responder o email enviado, caso não o faça outro ganhador será selecionado.

a Rafflecopter giveaway

Boa sorte!

  • carliane sousa silva

    ja li alguns livros de historia sobrenaturais,e algumas ate gostei,mas essa historia de cabeças falando…rsrsr achei a historia um tanto qto comum,e tbm achei os gemeos clichê…
    mas pra quem gosta do genero deve ser uma otima historia.
    gostei da resenha e da sinceridade!!! =]

    • Carliane, bem, já n era o meu tipo de livro só de ouvir falar, mas ai deixei o preconceito de lado e fui ler e vi que realmente n é o meu tipo xD
      Abraços!

  • Luciana Cardoso

    Olá Priscilla, eu ainda não li esse livro mais já li a série “Os Imortais” e gostei muito, eu adoro livros desse tipo rsrs… e estava muito ansiosa para ler esse livro, e confesso que ainda estou rsrs… é difícil quando a gente não gosto de algum estilo de livro, pois a leitura já começa um pouco travada, sei bem como é.
    Como vc disse, a história tem muitos clichês, porém gosto de histórias assim, e principalmente da escrita da Alyson.
    Apesar de negativa, a sua resenha ficou muito boa parabéns.
    Espero ter sorte de ganhá-lo aqui, pois quero muito, participando com toda certeza.

    • Luciana, como eu disse, depende de gosto. Eu não gosto e se você gosta ninguém pode te julgar por isso e espero que eu n tenha feito.
      Bos sorte na promo!
      Abraços!

  • Estou participando da promoção, gostei da resenha bem sincera, espero conseguir ganhar o livro para poder ter minha própria opinião sobre ele.

    • Priscilla Rubia

      Viviane, isso mesmo, sua opinião pode ser totalmente diferente da minha =)
      Abraços!

  • Sabrina Piano

    Já faz algum tempo que quero ler esse livro, e achei sua resenha incrível, só me deixou com mais vontade de ler.

    • Priscilla Rubia

      Sabrina, tem certeza de que leu a resenha? kkkk

  • Eve Fowl

    Essa serie da Allyson realmente tem muitos clichês, mas ultimamente, qual não tem?
    Mas pelo menos eu gosto da narrativa dela, que sempre me pareceu bem envolvente.

    • Eve, realmente é impossível escrever um livro hoje em dia que não possua nem um clichê. Toda história tem clichê, o importante é como o autor a trabalha e eu n gostei da forma de Noël trabalhou o dela. A narrativa dela é boa realmente, até comentei isso na resenha =)
      Abraços!

  • Rita souza

    Pri eu gosto de romance sobrenatural,ñ muito mas gosto,mas pra vc q ñ curte leu o livro errado da autora errada,os romances dela são realmente pessimos,fiquei com trauma depoius da saga para sempre. Minha irmã adora por isso eu vou participar da promo,se eu ganhar ela ganha!!!

    • Rita, engraçado vc q gosta do gênero não gostar da Alyson xD Que fofo participar pra dar o livro pra irmã deuhdueh
      Abraços!

  • Eu adoro romance sobrenaturais! Meu problema é com essa autora, li um livro de uma das séries e detestei: personagens pouco críveis, narrativa fraca, enfim não prenderam minha atenção. Essa estória me pareceu mais legal, quem sabe a autora não se redime a meus olhos rs

    Adorei a sinceridade!

    bjs

    • Priscilla Rubia

      Marinna, pois é, quem sabe nesse ela n te agrade? Eu gostei da narrativa dela, talvez ela tenha melhorado.
      Abraços!

  • Paula C.

    Ainda não tive a oportunidade de ler algo do gênero, parece ser bem interessante, uma capa bonita… Bem, só lendo mesmo pra saber.

    • Priscilla Rubia

      Paula, realmente, só lendo mesmo xD Talvez sua opinião seja bem diferente da minha.
      Abraços!

  • Jeni T.

    NÃO! Por favor, não desista dos romances sobrenaturais!
    Tem alguns que são legais e que vale a pena ler ^-^
    o problema mesmo é a Alyson u.u
    Ela escreve livros para (pré-)adolescentes apaixonadas, não escreve por causa da história em si.
    E eu que achava que era a única a não gostar dela! >.<
    Estava pensando em ler esse livro, mas depois dessa resenha, desisti totalmente!

    • Priscilla Rubia

      Jeni, engraçado, mtas pessoas falando que a Alyson que é o problema… me deixou curiosa.
      Mas n desista de ler o livro, talvez ela tenha melhorado e eu q n goste mesmo do gênero xD
      Abraços!

  • PATRICIA MARTINS DE CASTRO

    Não sei o que pensar do livro, pq eu adoro Romance sobrenaturais, mas sua opnião sobre o livro é bem clara e confio, então num sei se quero ler.

    • Priscilla Rubia

      Patricia, leia sim. Eu não gosto do gênero, por isso a resenha foi negativa.
      Abraços!

  • karlene

    Eu não me identifiquei muito com os outros livros da Alyson Noel. Eu gosto bastante de romances sobrenaturais mas não gosto da forma que a autora conduz suas histórias. mesmo assim eu quero ler Sonhos.

    • Priscilla Rubia

      Leia sim Karlene, talvez ela tenha melhorado xD
      Abraços!

  • Veneranda Caroline

    Bom eu amei o livro,eu amo td que a Alyson Noel faz,ela é maravilhosa.bom sua resenha é negativa,mas da para imaginar sobre do q realmente o livro fala ,e dependendo do gosto tenho certeza q a pessoa vai adorar o livro.
    Eu to mt ansiosa pra ler o livro!