NOTÍCIA: LANÇAMENTO DE “A RAZÃO DO ABSURDO” DO PAULO OLMEDO

2
Lançamento

Saudações, caros leitores! Estou aqui para divulgar o evento de lançamento de “A Razão do Absurdo” do escritor gaúcho Paulo Olmedo. Alguns podem me indagar acerca da razão de divulgar um autor que ainda não é largamente conhecido pelos leitores de nosso país e eu lhes respondo com outra pergunta: Quais as funções de um blog literário? Com certeza, apoiar novas produções literárias de boa qualidade é uma delas e aqui está o Leitor Cabuloso cedendo espaço!

Lançamento

LANÇAMENTO:
Data: Sábado, 10/11/12
Local: Livraria Vanguarda / Rio Grande – RS
Horário: 17h

Descrição do livro:
Titulo: A razão do absurdo
Capa: Alisson Affonso e Diego Sá
Apresentação: Sandro Martins Costa Mendes
Editora: Do Autor
Páginas: 76
Preço: R$ 15,00

Palavras do autor sobre o livro: 

A ideia do livro surgiu aos poucos, à medida que as pessoas iam dizendo que leram (e gostaram do que leram), não tanto nos comentários do blog, mas nas redes sociais, nos bate-papos internéticos e, até mesmo, me parando na rua para prover seu feedback. Obviamente que a ideia de publicar não era nova e acho que deve ser o sonho de todo guri que gosta de ler e, principalmente, escrever. Mas escrever este livro, com este título, especificamente, foi fruto do próprio blog. A ideia inicial era ser meio-meio entre os contos já publicados aqui e os inéditos. No fim das contas, apenas três dos dez contos do livro foram retirados das páginas do blog. Na verdade, e aí vai um easter egg, são quatro. O conto que abre o livro, “A caixa mágica”, foi originalmente publicado no blog, mas depois de um tempo eu o apaguei. O motivo? Um concurso literário que contemplava um livro de contos, mas exigia um número mínimo de inéditos. No fim das contas, acabei com um post a menos nem inscrevendo meu livro de contos no tal concurso.

O presente livro foi finalizado em outubro de 2010, depois de muita luta contra a falta de criatividade, a preguiça e o ócio. E depois disso, como bom perfeccionista foi revisado, mudado, modificado à exaustão. Passou pelo crivo – em caráter de segredo – de alguns amigos, que foram essenciais para que eu entendesse o que queria e, principalmente, como queria. Vai aqui, então, um agradecimento especial ao Sandro Mendes e ao Rody Cáceres, pelas primeiras leituras e pertinentes observações. Minha própria autocrítica e meu pedantismo me fizeram acrescentar referências, homenagens e outras imbricações que um leitor mais atento e experimentado vai entender. Enfim, está finalizado, pronto para viajar por aí, que cada um faço dele um pouco seu.

O autor:

Paulo Olmedo

Formado em Letras-Português pela Universidade Federal do Rio Grande – FURG. Mestrando em História da Literatura, pela mesma instituição. Possui experiência na área de Teatro e Audiovisual tendo escrito, produzido e atuado em alguns minimetragens e videoclipes locais. É colunista mensal no blog do Coletivo Fita Amarela, na seção de Literatura. Além deste blog, destinado a divulgação e promoção de seu primeiro livro, escreve esporadicamente no blog Vida Irreal.

Contato: prolmedo@gmail.com

Bibliografia:

2005 – “A Cura”, conto, publicado na Revista Enlaces nº 2, do curso de Letras da FURG;

2006 – “Pirulito comeu caviar”, conto, publicado na Revista Enlaces nº 3, do curso de Letras da FURG;

2009 – “A velha das ervas”, adaptação ilustrada de uma lenda da Ilha dos Marinheiros, desenhos de Ricardo Índio. Produção do Ponto de Cultura ArtEstação,
Cassino;

2012 – “A razão do absurdo”, contos, Edição Independente (no prelo).

 

Fonte: Blog – A Razão do Absurdo.

  • Paulo Olmedo

    Obrigado pelo apoio!

    Espero que as pessoas aproveitem bem a leitura de meus texto.

    Abraço

    • Por nada, Paulo.
      Sim, desejo um excelente evento pra ti!
      Abraço.