RESENHA: “UM GOSTO DE VIDA” DA SUSAN MALLERY

11
Capa de "UM GOSTO DE VIDA"

Olá amigos leitores cabulosos, bem vindos a mais uma viagem ao mundo da literatura romântica. Hoje trago para vocês um livro leve e muito sensível, que fala de amizade, família e amores ou melhor AMOR, o primeiro para ser mais exato. Este nada mais é do que o livro de Susan Mallery, “UM GOSTO DE VIDA“, editado pela Harlequin Books do Brasil.

Capa de “UM GOSTO DE VIDA”

Edição: 1
Editora: Harlequin Brasil
ISBN: 9788539800735
Ano: 2011
Páginas: 320
Tradutor: Ana Rodrigues

Existe algo mais doce do que o primeiro amor? Não pergunte para Claire Keyes. Aos 28 anos, ela é considerada um prodígio do piano. Porém, em seu currículo amoroso não há um relacionamento sério, tampouco um caso de verdade. Sua carreira de concertista deixou pouco espaço para amigos e parentes. E é por esse motivo que Claire não visita Nicole e Jesse, suas irmãs, nem a tradicional confeitaria da família há anos.

Mas agora Nicole está doente e já faz tempo que Jesse desertou. Sem considerar o fato de Claire não saber botar água para fever, ela está determinada a bancar a dona de casa. Criar laços com as duas irmãs está no topo de sua lista… junto com se apaixonar ou, pelo menos, ser seduzida pela primeira vez. Apesar de ser um homem tão atraente quanto sério, pode ser que Wyatt se encaixe nos planos de Claire. Embora não pare de dizer que ambos vêm de mundos diferentes, ele fica mais aceso do que forno de padaria sempre que ela se aproxima. Se continuar assim, talvez Claire dê a ele uma chance… e deixe um gostinho de quero mais.

Quem procura uma leitura leve e descontraída, vai ter seu objetivo alcançado nessa obra. Em uma linguagem simples e de fácil compreensão, o leitor vai dar de cara com a primeira história de uma trilogia, “AS IRMÃS KEYES”, a história de Claire Keyes, uma jovem de 28 anos que desde criança foi arrancada do seio de sua família (principalmente de sua irmã gêmea com quem era muito ligada) para seguir a carreira de pianista, dom que foi descoberto muito cedo e que ocasionou o distânciamento das irmãs e a culpa pela morte da mãe em um acidente de carro durante uma turnê. Após 28 anos Claire volta para sua cidade natal com o objetivo de reencontrar as irmãs, cuidar de sua gêmea, que passou por uma cirurgia, e ajudar a coordenar os negócios da família. Mas o que Claire não contava é que iria conhecer o amor de sua vida, Wyatt, um homem lindo, forte, carinhoso, leal e de uma grandeza fabulosa em sua alma. O problema é que ele não quer compromisso sério… Será que isso mudou ou não? Lembrando que é uma trilogia, leiam e descubram ;D

Quando minha querida amiga serena me mostrou esse livro me apaixonei de imediato, nem quis saber do preço na verdade (mas, não é caro), fui logo comprando e me deliciando. A capa é linda (ROSINHA) e bem sugestiva, a diagramação é muito boa, com letras grandes e bem distribuídas pelas folhas, mas o erro está na cor da página, BRANCA (muito mais cansativa que a amarelada), sorte que o livro é fino (318 páginas de tamanho médio). Não vejo a hora de ler o segundo (que falta eu comprar, mas se a HARLEQUIN quiser me presentear ficarei muito feliz ¬¬).

No mais galera boa leitura e divirtam-se com mais essa dica ;D

NOTA:

Avaliação: FODA!!!

Degustem o primeiro capítulo!
Um Gosto de Vida Susan Mallery

Confiram, por pura curiosidade, a capa brasileira e americana de “UM GOSTO DE VIDA”. Qual a que vocês acharam mais bonita?

Capa nacional e americana de “UM GOSTO DE VIDA”

Assistam ao book trailer da “TRILOGIA AS IRMÃS KEYES” em inglês!

  • @cyberlivingdead

    Olá, Maiana. Você anda sumida dos podcasts. Cê faz falta viu…
    Ahhhh, o primeiro amor é tão inesquecível *-* A sua beleza fica marcada na mente para sempre. A capa brasileira ficou mais legal, na minha opinião. A história parece ser bem leve mesmo, mas torná-la uma trilogia não pode deixar o enredo cansativo? A história parece ser bem simples, logo não consigo, a partir da sua resenha, encontrar motivo para continuações. Parabéns pela resenha!

    Abraços!
    http://policialdabiblioteca.blogspot.com/

    • Ahhh… realmente o primeiro amor é inésquecível… pena que ainda não o encontrei mas, não perco as esperanças =D
      A história é sim muito leve e talvez fique sim cansativo mas, acredito que ainda que possa haver uma boa reviravolta no enrredo, saber escrever a escritora sabe. Tomara que eu eseja certa… Bem, qualquer coisa eu te conto se vai ser bom ou não ;D
      Valeu pela participação Cyber ;D

      Xerus

      • @cyberlivingdead

        Não perca as esperanças mesmo, Maiana. Acho que é só ficar atento que no tempo certo alguém irá aparecer ^-^ É, escritores gostam de nos surpreender com os reviravoltas quando menos esperamos…quem sabe essa é o caso, né? Okay, me conte!

        Beijos!

  • Priscilla Rubia

    Olha, sendo sincera, só de ver a capa não compraria o livro duehdeudheud Não sou mto fã de romance, embora alguns me surpreenderam.
    Abraços!

  • Ola!!
    Maiana, no quesito romance vc sabe que eu tô dentro!!! rsssrsrsrsr
    Amei a estória, pela sua resenha a trama foca muito família e relacionamentos, portanto to doida pra ler.
    Eu acho que as capas brasileira x americanas, não tem tanta diferença, porém prefiro a brasileira. Quero saber o que estes cupcake nas capas dos três livros tem a ver com a estória, se é que tem? rsrsrsrs
    Amei o booktrailer, super fofo!!!
    Bjos!!!

    • Oi Dani, pode ler que é muito bom sim, já o cupcake é por causa do negócio de família (doceria/padaria) =D
      xerus

  • Rita Souza

    Maiana,adorei a resenha embora ela seja pequena,ñ criticando,mas é raro ver uma resenha assim!!!

    • É que eu procurei ir direto ao ponto Ritinha =D
      xerus

  • Gabriel

    a resenha é muit boa e realmente não tem como esquecer o primeiro amor , o livro deve ser muito bom , só a capa que ta mais ou menos

    • Realmente Gabriel a capa poderia ser melhor mas, a americana consegue ser pior kkkkk
      xerus

  • izabella

    Ah, esse livro é maravilhoso. Gostei muito dele, agora estou terminando de ler o segundo “Um Gosto De Amor” é muito bom também. Na minha opinião a capa brasileira é mais bonita *-*