RESENHA: “O PRÍNCIPE SOMBRIO” DA CHRISTINE FEEHAN

14
A deliciosa capa de "O PRÍNCIPE SOMBRIO"

Olá Ouvintes Leitores! Será que a morte pode esperar mais um dia para o príncipe dos Cárpatos? Mikhail Dubrinksy está nas trevas. Séculos de mortes e sangue deixaram-no na completa escuridão. Para o líder do seu povo as cores não existem mais, tudo é cinza e frio e os cheiros há muito tempo se foram. O desespero e a loucura o consumiam pouco a pouco. A única maneira de sair deste turbilhão de trevas seria encontrar sua luz. Uma luz que só pode ser trazida ao encontrar sua companheira que trará de volta um mundo de sensações a tanto perdido. Quando Mikhail não via mais esperança na sua existência vazia e sua única alternativa era deixar o sol consumir sua vida, ele escuta uma voz em sua mente que transforma seu mundo novamente em cores.

A deliciosa capa de “O PRÍNCIPE SOMBRIO”

Edição: 1
Editora: Universo dos livros
ISBN: 9788579302848
Ano: 2011
Páginas: 486

Mikhail Dubrinksy é o Príncipe dos Cárpatos, o líder de uma sábia e secreta raça ancestral que vive na noite. Tomado pelo desespero, com medo de nunca encontrar a companheira que iria salvá-lo da escuridão, a alma de Dubrinksy gritava na solidão.

Até o dia em que uma bela voz, cheia de luz e amor, chegou a ele, atenuando sua dor e seu anseio. Raven Whitney possui poderes telepáticos e os utiliza na captura dos mais depravados serial-killers. Desde o momento que se conheceram, Raven e Mikhail foram incapazes de resistir ao desejo que faiscava entre eles.

Mas forças sombrias tentarão destruir esse frágil amor. E mesmo que sobrevivam, como poderão – cárpato e humano – construir um futuro juntos?

Raven é telepática e usa este poder para ajudar a polícia norte americana a encontrar os maires serail-killers. Porém, isto tem um preço a ser pego por ela, pois, ao entrar na mente maléfica de um assassino, ela também se inunda destes grotescos pensamentos. E para não enlouquecer Raven sempre que pode, se isolo do mundo para poder descansar. Num desses retiros Raven percebe telepaticamente que alguém está sendo consumido pela escuridão e ainda por cima, pronto para ceifar sua própria vida. Ela não poderia deixar isto acontecer. E ao entrar em contato com este estranho, Raven vai perceber que o sofrimento dele não é tão diferente do seu e um desejo entre eles nascerá. Um príncipe Cárpato e uma humana. Poderão ficar juntos?

Com uma premissa destas, não puder deixar de ler e ter “O PRÍNCIPE SOMBRIO” da escritora Christine Feehan e lançado este ano pela Editora Universo dos Livros. Quando ele finalmente chegou em minhas mãos, confesso que deixei tudo de lado para poder me deliciar com esta incrível história de vampiros. Sim leitores, eu não me canso de ler sobre eles e acho que nunca vou me cansar. E apesar de ser um livro sobre nossos dentuços chupadores de sangue com a mesma temática dos vampiros da “IRMANDADE DA ADAGA NEGRA”, a escritora Christine Feehan soube inovar no seu modo de ver o mundo dos vampiros.

Para citar uma diferença bem interessante é que a autora denomina seus vampiros de Cárpatos. Uma espécie que está próxima de extinção, já que as mulheres Cárpatos quase não existem mais e as que podem procriar, só dão a luz a filhos machos. E sem mulheres não a filhos. Para agravar ainda mais, os Cárpatos que não encontram sua parceira são dominados pelas trevas e se transformam em vampiros loucos por sangue e pela morte. Eles também dormem embaixo da terra e não podem se expor ao sol como os nosferatos tradicionais.

A narrativa de Christine Feehan é espetacular. Ela não tem pressa em contar sua história e se detêm deliciosamente nas emoções e tenções dos personagens. Além de conseguir misturar bem um bom romance recheados de cenas sensuais com pitadas de ação. A leitura é tão gostosa que fiquei com pena de terminar logo e passei duas semanas me deliciando com o romance de Mickhail e Raven.

A personagem Raven, com seu perfil pequeno e delicado me agradou bastante. Mas não se enganem leitores, com a aparente fisionomia frágil da protagonista. Raven tem uma personalidade forte e destemina e sempre tenta buscar sua individualidade neste novo mundo que foi submetida ao encontrar o príncipe dos Cárpatos. Raven também dará bastante trabalho ao nosso querido líder Mickhail que adora dar ordens, na maioria para o próprio bem dela e ela fracamente, odeia recebê-las. O conflito deste dois personagens é bem divertido de se ler e me tirou boas risadas. Não deixando também de me tirar longos suspiros quando eles se acertavam.

Outros personagens como, Jacques o irmão mais novo de Mickhail, Gregore o curandeiro, Byron e Aidan, que fizeram parte do primeiro livro da série, mas que não tiveram tanto foco assim, me deixaram alucinada pelos seus respectivos livros. Principalmente Gregore que tem uma personalidade bastante difícil e está a ponto de ser consumido pela escuridão.

É leitores, já deu para perceber que amei tudo em “O PRÍNCIPE SOMBRIO” desde seus personagens até sua envolvente história. Por isso, para mim, vai levar com muito louvar, cinco selinhos cabulosos e não devo deixar de afirmar que agora sim, os vampiros da série “IRMANDADE DA ADAGA NEGRA” acharam rivais a altura.

NOTA:

Avaliação: LEITURA CABULOSA!!!

 

Como eu não falei da diagramação ao decorrer da resenha confiram agora algumas fotos que tirei para vocês verem como é “O PRÍNCIPE SOMBRIO” por dentro. Ver é melhor do que descrever não acham?!

Capa e contra capa. A fonte utilizada no título é linda!
A diagramação é bem simples, mas eficiente. A letras são do tamanho ideal.
No término você encontra um glossário recheado de informações. Uma crítica. Acho que ele deveria ser no início!

 

Agora um momento curiosidade. Confiram a capa americana e a nacional. Vocês ainda tem dúvida qual é a melhor?

Capas de “O PRÍNCIPE SOMBRIO”

Gostaram e querem mais?! Que tal assistir ao book trailer em inglês de “O PRÍNCIPE SOMBRIO”?

  • @cyberlivingdead

    Serena, a piriguete literária falando de seu amor! kkkkkkkkkkkkkkkkkk Bom, obviamente esse não é o tipo de livro que leria, mesmo depois de sua resenha, mas se alguém me emprestar eu posso ler só para formar uma opinião melhor e não ser do tipo “Não vi, não li, não gostei”.

    • Realmente Cyber, soltei a minha piriguete literária de vez! Mas não sei se realmente o este livro em específico vai te agradar, pois ele é direcionado exclusivamente para o público feminino em geral. Agora, se você quiser tentar dou todo o apoio. Tenho certeza que depois da leitura sua namorada, se você tiver, vai agradecer! Risos
      Mega cheiros e obrigado pelo comentário!

  • serena estou louca para receber o meu… quero muito ler
    obs.: só tem 4 selinhos lá em cima…

    • Fique mesmo Maiana, pois é muito bom! Você vai surtar!
      Já concertei o nota! Obrigada!
      Mega cheiros!!!

  • Eriton

    Não sou muito chegado a esse tipo de litaratura a impolgação da Serena me fez ficar curioso se um dia eu tiver oportunidade de ler esse livro o farei…

    • Dou a mesma dica que dei ao Cayber, vá com cautela já que não é uma literatura voltada para o público masculino! Mas se tem namorada e se ela gosta de ler, mais que indicado! Risos
      Mega cheiros!

  • Valéria

    Voce me deixou mega power empolgadississima, tenho que ler.Bjkas

    • Risos, que bom Valéria! Leia mesmo, você vai adorar! Obrigada pelo comentário!
      Mega cheiros!

  • Ola!!
    Não acredito que “Os Amantes” encontraram rivais!!!! então a série deve ser muito boa, vc sabe que amo A Irmandade da Adaga Negra e tenho certeza que vou amar O principe sombrio e igual a você não me canso de ler estórias sobre nossos querido dentucinhos, sexys!!!
    Tô louca pra ler o livro e claro que prefiro a capa brasileira esta muito,muito,muito,muito,muito melhor!! muito mais HOT!!! rsrsrsr
    gostei muito também do booktrailer.
    Bjos!!
    saudades de tu menina!!!

    • Dani que saudades dos seus comentário! Sim, hot mais muito hot! E coloque hot nisso! Risos
      sim, rivais! Os amantes que se cuidem!
      Mega cheiros Dani!!!!!!!!!!!

  • Rita Souza

    gente adorei a resenha e até me deu vontade sair correndo pra comprar o livro,quanto as capas lindas mas sem duvida a Brasileira é a melhor.

    • Jura?! Que felicidade! Adoro ler comentários assim! Me deixa muito feliz Rita! Compre mesmo Rita, você vai amar! *__*
      Obrigada pelo comentário!
      Mega cheiros!

  • Pingback: LEITOR CABULOSO » PODCAST: CABULOSOCAST ESPECIAL #004 – OS ANJOS DE EDUARDO SPOHR()

  • kkkk Tinha possibilidade realmente de você não gostar desse livro? DUVIDO! Mas pela resenha e sinopse, parece ser bom mesmo!

    Beijos