RESENHA: “QUAL SEU NÚMERO?” DA KARYN BOSNAK

7
Capa de "QUAL O SEU NÚMERO"

Olá Ouvintes Leitores! Tentei, adiei, recusei, ignorei, mas aqui estou eu na frente do notebook para fazer a findada resenha de “QUAL SEU NÚMERO?” da Karyn Bosnak e lançado ano passado pela Editora Novo Conceito. Alguns neste momento devem está se perguntando. Serena, por que esta recusa em fazer a resenha? Devo confessar que a leitura deste livro foi cheia altos e baixos. Foi tão monha russa que passei um mês para terminar o livro. Sim leitores, um mês inteirinho. Antes de continuar minhas impressões sobre o livro, deixe-me contar um pouco sobre a história.

Capa de “QUAL O SEU NÚMERO”

Edição: 1
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788563219893
Ano: 2011
Páginas: 414
Tradutor: Iva Panazzolo Júnior

Delilah Darling tem quase 30 anos e já se relacionou com 19 rapazes. Sua vida sentimental não tem sido exatamente brilhante, pois todo cara que conhece parece fugir do relacionamento. Quando lê uma matéria no jornal em que a média de homens para uma mulher de 30 anos é de 10,5, fica desesperada e assustada por estar muito acima dela. Além de tudo, o artigo no jornal terminava falando que, se a mulher tivesse o número acima dessa média, seria impossível a pessoa certa.

Na tentativa de não aumentar seu número e perder de vez a chance de se casar, Delilah sai à procura de seus antigos namorados e tenta reconquistá-los. Será que um deles estará disposto a esquecer o passado e começar uma linda história de amor? Qual Seu Número? revela os segredos de cada mulher e prova que, quando se trata de assuntos do coração, números são apenas uma fração de tempo.

Já imaginou sua vida ser tachada por apenas um número? Não? Eu também não, porém é isto que acontece com a jovem Delilah Darling. Após ler a matéria em uma revista dizendo que uma mulher normal tem 10,5 parceiros em toda sua vida, nossa protagonista, que está bem acima deste número, entra em pânico. Além disso, quem superar o percentual estabelecido provavelmente, segundo o artigo, nunca encontrará a pessoa certa. Para sanar este problema, Delilah decide que não irá aumentar ainda mais seu número e vai fazer de tudo para tentar achar o homem da sua vida entre seus 20 ex-namorados. Vocês já podem imagina a loucura que vai ser para nossa Delilah Darling sair em busca de seu amor entra seus ex-namorados.

Realmente, a sinopse do livro chamou bastante minha intenção, dando de início a impressão que iria ser um chick-lit bem divertido e gostoso de se ler. Por uma parte não estava errada. A narrativa da escritora Karyn Bosnak é bem leve e em primeiro pessoa, deixando a leitura fácil e em certas partes divertidas. No entanto, a maneira como a história é levada, que é o grande problema.

O início me prendeu bem com as crises da protagonista que está entrando nos trinta, uma identificação pessoal, já que também estou entrando neste idade, e a apresentação do personagem Colin seu vizinho ator, que começa a ter uma queda por ela. Até ai, estava tudo bem, Colin é aquele cara que você logo se apaixona e que te deixa suspirando toda vez que aparece, além de te tirar boas gargalhadas.

Porém, a busca desenfreada de Delilah pelos seus malucos ex-amantes, amigos, quase namorados foi que me desagradou na história, apesar de ser o mote dela. Para mim, esta parte deveria ter sido menos extensa, mas ela toma desnecessariamente mais da metade do livro. E isso deixou a leitura bem cansativa, já que as maluquices impensadas da nossa heroína dava nos nervos. Delilah é aquela protagonista que você tem vontade de estapiar. Ela não pensa nas conseguências dos seus atos e entra inconsequentemente nas vidas dos seus ex sem pensar no que isto pode causar.

E quanto mais a protagonista inventava de visitar mais um ex-namorado, a leitura para mim ia ficando cada vez mais saturada. Ou seja, o livro estava indo de ladeira abaixo no meu conceito e quando a nossa heroína fala: “Sim, sei que estou começando a ficar louca, mas estou ficando sem homens, ficando sem opções.” Foi o fim da picada para mim. O conceito agora tinha pulado de precipício abaixo.

Admito que não via mais esperança em “QUAL O SEU NÚMERO?”, um mês de leitura e nada parecia melhorar, entretanto, chegando perto do fim, o livro adquire outra cara com a chegada do romance entre Delilah e Colin. Não vou me estender mais. Só digo uma coisa, o final do livro é muito bom e valeu, para mim, todo o meio não tão bom assim. Vai levar três selinhos cabuloso e recomendo a leitura para aquelas pessoas que adoram uma comédia mesclada com um pouco de romance. Uma boa leitura descomprometida para as férias.

NOTA:

Avaliação: “FODINHA”

Vejam um pouco a bela diagramação do livro! E devo enfatizar que é apaixonante!

Linhas como se fosse um caderno de anotações da protagonista Delilah!
Partes destacadas dos bilhetes da Delilah!
Um linda divisão de capítulo!
Imagem do mapa que Delilah está seguindo! E vamos em busca de mais um ex!
Os bips da Mãe de Delilah você vai encontrar por quase todo o livro!

Vejam o trailer do filme que foi inspirada na capa do livro!

  • @cyberlivingdead

    Histórias românticas demais não são comigo…acho que desse vou passar longe.

    • Risos, realmente romance é o que tem de menos neste história Cyber! O romance só aparece mesmo no final! Mas realmente o público masculino não se agrada com este gênero!
      Obrigada pelo comentário!

      Mega cheiros!

  • Ola!!
    Serena eu amei ler Qual seu Número? a Delilah é muito doida. Ao contrário de você não achei cansativa quando ela ia atras de mais um ex-namorado, eu ficava ansiosa para saber da estória de porque virou ex e qual a loucura que ela ia aprontar, foi hilária uma melhor que a outra. Gostei de sua resenha, muito legal!!!
    Bjos!!

    • Que bom Dani saber que você gostou tanto de “QUAL O SEU NÚMERO”! Uma pena que eu não gostei tanto assim! Obrigada pelo comentário!
      Mega cherios!

  • Rita Souza

    o livro ñ me chamou muita atenção ja o filme com o gato do Chris Evans!!!!!!

    • Rita, confesso que também não gostei do filme, que possui bastante alteração em relação ao livro!
      Para mim só valeu mesmo assistir para ver o gostosão do Chris Evans! *__*
      Obrigada pelo comentário!
      Mega cheiros!

  • Gabriel

    não gostei muit do livro, mais cada um cm a sua opnião, mais as paginas são bem interessantes