CabulosoCast #21 – A História da ficção científica | Parte B

31

Olá ouvintes-leitores! Chegamos a 2ª parte do nosso programa sobre a História da Ficção Científica. E nesta viagem intergalática os capitães Lucien o Bibliotecário e Serena continuam acompanhados pelos tripulantes do PodEspecular (Paulo Elache/@P_Elache e Carlos Relva/@carlosrelva). Na continuação, você saberá das últimas duas éras da ficção científica e qual o futuro deste subgênero da ficção científica. Retorne ao seu lugar na nave do CabulosoCast, pois precimos partir imediatamente. Ao infinito e além! (SE VOCÊ NÃO OUVIU A 1ª PARTE CLIQUE AQUI)

CITADOS NO PODCAST

A Fábrica Diversão e Arte (blog)

A jornada Erin E. Moulton (resenha)

Ann Gominho (blog)

Blade Runner (trailer)

Caraminholas de J. P. (blog)

Carlos Relva (blog1)

Carlos Relva (blog2)

De Volta para o Futuro (trailer)

Estante Cabulosa #02 (videocast)

Ganhe Kit de A jornada (promoção)

Idiocracy (trailer)

Palavras Prolíferas (blog)

PodEspecular – Steampunk (podcast)

PodEspecular – Cristalina como as águas (podcast)

O homem duplo (trailer)

O vidente (trailer)

Revista Black Rocket (revista virtual)

Steamboy (trailer)

The Matrix (trailer)

LIVROS CITADOS

A Bondade dos Estranhos do João Barreiros (Tarja Editorial)

Admirável Mundo Novo do Aldous Hurley (ed. Globo)

A Guardiã da Memória de Gerson Lodi-Ribeiro (ed. Draco)

A Hospedeira Stephanie Meyer (ed. Intrinseca)

A Mulher do Viajante no Tempo de Audrey Niffenegger (ed. Ponto de Leitura)

Blade Runner – Perigo Iminente do Philip K. Dick (ed. Europa-America)

Burning Chrome de Willian Gibson (ed. Harper Usa)

Destino da Ally Condie (ed. Suma de Letras) – RESENHADO

Especiais do Scott Westerfeld (ed. Galera Record)

Feios do Scott Westerfeld (ed. Galera Record) – RESENHADO

Jogos Vorazes da Suzanne Collins (ed. Rocco)

Minority Report do Philip K. Dick (ed. Independent Publishe)

Mindnighters do Scott Westerfeld (ed. iD)

Mortal Engines do Philip Reeve (ed. Novo Século)

Neuromancer de Willian Gibson (ed. Aleph)

Perfeitos do Scott Westerfeld (ed. Galera Record)

Piratas de Dados do Bruce Sterling (ed. Aleph)

O homem Duplo do Philip K. Dick (ed. Rocco)

Ringworld do Larry Niven (ed. Ballantine Books)

Steampunk – Histórias de uma passado estraordinário (Tarja Editorial)

The difference engine do William Gibson e Bruco Sterling (ed. Random House)

Total Recall do Philip K. Dick (ed. ?)

Um cântico a Leibowitz de Walter Miller (ed. Europa-America)

Uma história de amor real e supertriste do Gary Shteyngart (ed. Rocco)

Vaporpunk – Relatos steampunk publicados sob as ordens de Suas Majestades (ed. Draco) – RESENHADO

COMPRE LIVROS NA LIVRARIA CULTURA

 

AUTORES CITADOS

João Seixas

Luis Felipe Silva

PROMOÇÃO EXCLUSIVA PARA OUVINTES DO CABULOSOCAST

RT Ouvi o @cabulosocast e ganharei Nós, Robôs da @Ed_Pensamento e Blade Runner http://migre.me/61FQu

(Para aqueles que ouviram o programa a Editora Cultrix é selo da Editora Pensamento)

PARTICIPARAM DESTE PODCAST

ASSINE NOSSO FEED

Assine nosso feed clicando AQUI.

QUER ENVIAR UM E-MAIL?

Quer enviar um e-mail comentando algo que ouviu no programa? Quer enviar um link ou algum material que complemente as informações do podcast? Escreva para cabulosocast@leitorcabuloso.com.br

QUER DEIXAR UM RECADO DE VOZ?

Mande seus recados de voz para o nosso CabulosoCast deixando sua mensagem na nossa secretária eletrônica do GTalk! É só ligar para cabulosocast@gmail.com

ATENÇÃO!

Para ouvir basta apertar o botão PLAY abaixo ou clique em DOWNLOAD (clique com o botão direito do mouse no link e escolha a opção Salvar Destino Como para salvar o episódio no seu pc). Bom episódio para vocês!

VERSÃO EM ZIP

Para baixar a versão em zipada clique aqui, em seguida cole o link de download e clique na opção convert file.

Para fazer o Download do episódio clique aqui.

  • Rita Souza

    lucien ñ estou conseguindo baixar o podcast…oq aconteceu???

    • Rita,

      A mesma coisa que disse ao Paulo. Naquele dia, pensei ter retirado o post do ar, mas infelizmente não o fiz. Porém aqui está o podcast prontinho e editado.

      Abraços.

  • Oi Serena e Lucien,
    Tudo bem com vocês?

    Pegando carona no comentário da Rita, vocês querem nos matar de ansiedade? 🙂
    E olha que participei da gravação…

    Abração procês,
    Paulo Elache (host do PodEspecular Podcast)
    http://podespecular.com.br/podcast/
    http://itunes.apple.com/br/podcast/id439523843
    http://twitter.com/podespecular

    • Paulo,

      No dia da publicação o post foi ao ar, mas ainda não estava pronto. Contudo agora tudo está certinho. Espero que goste!

      Abraços.

  • Caraca, saiu?! Eu estava esperando para sexta-feira que vem! Lucien, meus parabéns novamente. Sua edição está ótima. Tenho certeza que foi um trabalho hercúleo trabalhar com toda aquele material gravado. Foi como fazer uma colcha de retalhos parecer uma peça única! Também quero agradecer por me dar a chance de participar desse crossover. Muito obrigado mesmo! É, Lucien, tenho certeza que você não se arrepende nem um pouco de ter convidado o Paulo, né? Ele é uma verdadeira enciclopédia ambulante da ficção científica! Torço para que você e a Serena participem logo de um Podespeta… Ops, Podespecular! Um grande abraço a todos vocês e até logo!!!

    • Carlos,

      Sem dúvida estou muito, mas muito ancioso para participar com você de um episódio do Podespeta…, OPS! Também! Podespecular. Por incrível que pareça já sou acostumado a recortar falas e colar em blocos diferentes, faço isso em todos os programas, pois sempre a uma fala que fica melhor em outro momento da conversa. Comecei a fazer isso depois que o Azagal afirmou também fazê-lo. O pior é que ninguém nota, é isso que eu chamo de “milagre da edição”.
      E você não agradece nada, viu? Nós é que agradecemos pela sua participação! Sem você o nosso podcast não teria alcançado a quantidade de comentários que recebemos. O Paulo é um enciclopédia viva da ficção científica, mas não esqueça que sua participação foi fundamental para que a pauta pudesse fluir e o bate-papo foi muito bom. Como disse antes, fazia tempo que não me divertia tanto gravando e editando um programa.

      Obrigado.

      Abraços.

  • A técnica de animação utilizada no Homem Duplo é a rotoscopia, que consiste numa animação feita SOBRE uma atuação live-action. Filmam-se os atores, e toda a sua atuação, e depois cada frame é “convertido” num desenho animado (manualmente ou de forma computadorizada). Há boatos que acusam o Walt Disney de ter utilizado rotoscopia para fazer o Branca de Neve, mas o estúdio nega isso até hoje. http://en.wikipedia.org/wiki/Rotoscopy

    • Márcio,

      Comentando de baixo para cima. Faz algum tempo a Serena estava assistindo a Cinderela e nele comentavam que haviam usado esse efeito da rotoscopia. Acho meio que evidente o uso disso em algumas das animações da Disney!

      Esse efeito usando no Homem Duplo foi perfeito para a atmosfera surreal na qual a história se passa. Assisti aos extras do DVD e lembro que o processo realmente foi trabalhoso.

      Muito obrigado pelo seu comentário.

      Abraços.

  • Peraí: Minority ReportER? De onde sai esse -ER? 😀

  • Rita Souza

    como sempre seus poscast são demais e esse ñ poderia ser diferente!!depois de ouvir vcs falarem vou correndo tentar assistir Blade Runner,é claro q vou esperar pra ver se ganho a promo…
    anciosa para o proximo poscast!!!

    • Rita,

      Vamos esperar o sorteio, não é?

      Fico feliz que tenha gostado deste episódio! E aguarde sim o próximo programa.

      Abraços.

  • Pingback: LEITOR CABULOSO » PODCAST: O CABULOSOCAST ATINGIU 5.000 DOWNLOADS!()

  • Pingback: Cabulosocast « todososcasts()

  • Muito bom o podcast, conheci muita coisa que eu não tinha IDÉIA sobre a área da ficção científica. Só vou fazer umas consideraões:

    – Eu achei o filme O Homem Duplo uma bela b****. Desculpem, tinha que expressar minha opinião =)
    – Achei as passagens em audio de passagens de contos e livros muito boa. Seria muito bom ter algo do gênero de vez em quando nos cabulosocasts, principalmente com mais gente, tentando desenvolver algm audio drama. Só uma sugestão, claro, por que sei que vai ser um trabalho de corno pra o Lucien fazer, e o cara já tá mega atarefado.
    – Mil parabéns pra equipe do PODespetacul… ops, quer dizer, podESPECULAR, que foram ótimos!

    E mais milhares de coisas pra dizer, mas vou deixar pra depois. Neste momento, fico só no “parabéns”, e digo como é bom ver esse podcast e site crescer tanto, já que eu vejo tudo aqui sendo feito com muito amor… e pouco dinheiro! Abraços pessoal!

    • Menino Estranho,

      COMO ASSIM “O HOMEM DUPLO É UMA B###???????” Está demitido do podcast! 🙂 Brincadeira!

      Sobre a participação dos outro integrantes nos áudiodramas muito interessante, contudo há um ponto chave para fazê-las que é a qualidade dos microfones, infelizmente, mas existem planos futuros (e maquiavélicos) para uma atração nova do CabulosoCast envolvendo algo parecido.

      E sem sombra de dúvida a participação do Paulo e do Carlos foram fundamentais para o sucesso desse programa.

      E só um adendo “Muito amor, mas MUITO AMOR MESMO! E pouco dinheiro… por enquanto! 🙂

      Abraços.

  • Adoorei a segunda parte do podcast. Novamente foi um show de informações e esclareci muitas dúvidas. Anotei alguns nomes de filmes para ver depois, assim como coloquei alguns livros citados na minha lista de leitura. E vocês citaram agumas coisas que adoro: De Volta para o Futuro, Matrix e Arquivo X.

    Parabéns! Foi um ótimo podcast! =)

    • Monique,

      Muito obrigado! O pior é que foram tantas as obras citadas que até na hora de montar o post deu um trabalho gigantesco, fui obrigado a revisar o cast 3 vezes antes de agendá-lo. E os filmes citados valem muito a pena.

      Abraços.

  • William

    Excelente podcast, um dos melhores que já escutei.Também adoro o tema e vocês abordaram de uma forma dinâmica e informativa. Sucesso e Parabéns.

    • William,

      Muito obrigado! Fico muito felizes sabendo que tenha gostado do podcast. Não deixe de comentar nos próximo programa é muito importante para nós este feedback.

      Abraços.

  • Priscilla Rúbia

    Estou no final do podcast e já posso dizer que está muito bom =) Não leio muito ficção científica, steampunk e cyberpunk porque sou mais voltada para o terror, porém acho bastante interessante livros e filmes do gênero.

    Estou baixando neste instante o Minority Report e o Homem Duplo que sempre via os trailers, achava bem interessante mas nunca lembrava de fazer o dowload xD

    Realmente esse estilo está voltando a fama e lembrei de algumas indicações que ainda não li, mas recebo bastantes críticas positivas, como Time Out – Os Viajantes do Tempo e Steampink da Editora Estronho.

    Deus, música de Pokemon foi demais! duehduheud

    Os autores de ficção científica são na verdade os profetas do nosso tempo. Como comentado no cast, algumas das idéias de uns livros mais antigos deste tema, hj são reais.

    Mto bom ouvir o cast com esse sotaque pernambucano xD Esse é o primeiro cabulosocast que ouço e gostei bastante. Meus parabéns =)

    • Priscilla,

      Muito obrigado por ouvir o nosso programa pela 1ª vez e por ter gostado. Fico numa felicidade tremenda quando recebo comentários como o seu. Como disse em outros comentários, o objetivo principal deste podcast foi apresentar aos leitores a ficção científica, pois muitas vez já assistimos aos filmes, já vimos os seriados, até já lemos os livros (ou vimos numa livraria) e pelo simples desconhecimento do tema não compramos.

      As suas indicações foram anotadas vi a pouco o booktrailer de Time Out e achei fodástico! O Steampink já estava na lista, pois acabei me descobrindo um fã do gênero steampunk, contudo assumo que estou devendo ao livros da Estronho e vou compensar isto agora no final de ano. Devo comprar no mínimo uns 4, pois sempre gostei dos temas e da edição.

      Ah! E você é a 1ª pessoa que comenta sobre o nosso sotaque, o elogio é muito válido. Também temos orgulho da forma como falamos. 🙂 É um orgulho bobo, mas é nosso, fazer o quê? Já até pensamos se isso não seria um fator que afastava as pessoas do podcast, porém com esse elogio e respeito agradeço do fundo do coração.

      Muito obrigado por comentar.

      Abraços.

  • Adorei os dois podcasts sobre ficção científica, mas senti falta de ouvir sobre duas séries de tv que eu adoro: Doctor Who e Battlestar Galactica.
    Quero ouvir depois sobre a história da fantasia.

    Abraço!

    • Thyeri,

      Eu cheguei a citar Battlestar Galactica, mas foi malhado na edição. Nunca (admito com certo encabulamento) assisti a Doctor Who, mas espero superar esta vergonha logo logo.

      Sua sugestão para fazer um cabulosocast sobre “a história da fantasia” está anotada.

      Obrigado pelo comentário.

      Abraços.

  • Rod

    Olá leitor cabuloso, demorou mas voltei para comentar a parte B.
    Ouvi várias vezes, ótimo papo. Os convidados mandaram muito bem.
    Sempre vai faltar comentar algo, não tem jeito. No fundo é até bom pq gera mais expectativa para um proximo episódio. Abç!

    • Rod,

      Muito obrigado pelo comentário. Fico muito feliz que tenha gostado da parte B e que tenha ouvido repetidas vezes esse é o objetivo do CabulosoCast tornar-se um podcast gostoso de se ouvir.

      Mais uma vez obrigado pelo comentário.

      Abraços.

  • Jonas

    Só vim aqui ressaltar que gostei do podcast, e dizer que também acho que steampunk está na moda (alguém falou isso durante o podcast, mas não lembro quem), não que isso seja um problema, é legal, só assim para ter uma maior divulgação e produção (seja inédita ou tradução) desse gênero, e de outros da ficção científica também.

    Mais uma vez, parabéns pelo podcast. =)

    • Jonas,

      O steampunk é um dos gêneros da FC que mais leu e por isso acho muuuuuuuuuuuito interessante qualquer história sobre o vapor.

      Obrigado pelo comentário.

      Abraços.

  • Maíra

    Lucien, parabéns por este excelente podcast. Está cada vez melhor, estou impressionada com o cuidado e a eficiência que vejo melhorar a cada um. Fiquei com vontade de sair correndo comprar quase todos os livros aí citados. Eu só tinha lido Admirável Mundo Novo. Comecei a ler 1984, mas parei porque achei que um estado tão totalitário é por demais irreal. As pessoas nem podiam sorrir direito. Nem a União Soviética stalinista era desse jeito. Acredito que escravizar por prazer é bem mais assustador do que escravizar pelo medo.

    Sobre Battle Royale x Hunger Games. Battle Royale foi um livro antes de ser um mangá, um livro de grande sucesso no Japão. E os criadores de Battle Royale aparentemente nunca processaram os criadores de Hunger Games, talvez porque Battle Royale está conhecendo um ressurgirmento graças à polêmica envolvendo Hunger Games.

    • Maíra,

      Sei do lançamento do livro, mas desconhecia que a gênesis de BR tenha sido na literatura.

      Que bom que gostou do episódio e está sentindo a evolução. Agradeço por nos ouvir e acompanhar o Cabuloso com seus comentários.

      Obrigado pelo comentário.

      Abraços.

  • Isabela O.

    Caraca, esse Ringworld parece MUITO bom. Vou procurar agora mesmo pra ler. Eu, particularmente, não acho que o sub-gênero de distopia esteja sendo bem explorado na literatura jovem. Parece que todos os livros que estão saindo são só reciclagem.