TEM QUE LER: LAURENTINO GOMES

1
Laurentino Gomes
Laurentino Gomes

Olá Ouvintes Leitores! Iniciaremos a partir de hoje uma nova seção que será dedicada a mostrar um pouco dos escritores e suas obras. E para abrir com chave-de-ouro a coluna RELEASE, vamos começar com os escritores nacionais que conhecemos ou compramos os seus livros na IIIV BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO DE PERNAMBUCO. Aqui vocês serão apresentados durante toda a semana aos autores: Julio Rocha, Tammy Luciano, Enderson Rafael, Paula Pimenta, Thalita Rebouças, Graciela Mayrink, Ana Flávia Abreu, Martha Argel e o nosso mais que best selling Laurentino Gomes. E é com ele leitores, que corto a faixa de inauguração e abro as portas da nossa nova seção.

SOBRE O AUTOR:

Laurentino Gomes, paranaense de Maringá, é membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo. Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná, fez pós-graduação em Administração pela Universidade de São Paulo e cursos de especialização na Inglaterra e nos Estados Unidos.

Em 32 anos de profissão, trabalhou como repórter e editor para alguns dos principais veículos de comunicação do Brasil, incluindo o jornal O Estado de S. Paulo e a revista Veja.

Com o livro 1808 ganhou o Jabuti, considerado o mais tradicional prêmio de literatura do Brasil, em duas categorias: de melhor livro-reportagem e de Livro do Ano de não ficção. A obra recebeu também o prêmio de Melhor Ensaio, Crítica ou História Literária de 2008 da Academia Brasileira de Letras.

SUAS PRINCIPAIS OBRAS:

Capas de 1808 e 1822

 1808

Capa de 1808

 

Editora: Planeta
ISBN: 9788576654827
Ano: 2009
Páginas: 366

Sinopse!

“Como uma rainha louca, um príncipe medroso e uma corte corrupta enganaram Napoleão e mudaram a História de Portugal e do Brasil”

A fuga da família real portuguesa para o Rio de Janeiro ocorreu num dos momentos mais apaixonantes e revolucionários do Brasil, de Portugal e do mundo. Guerras napoleônicas, revoluções republicanas, escravidão formaram o caldo no qual se deu a mudança da corte portuguesa e sua instalação no Brasil.
O propósito deste maravilhoso livro, resultado de dez anos de investigação jornalística, é resgatar e contar de forma acessível a história da corte lusitana no Brasil e tentar devolver seus protagonistas à dimensão mais correta possível dos papéis que desempenharam duzentos anos atrás. Escrita por um dos mais influentes jornalistas da atualidade, 1808 é o relato real e definitivo sobre um dos principais momentos da história brasileira.

1822

Capa de 1822

 

Editora: Nova Fronteira
ISBN: 9788520924099
Ano: 2010
Páginas: 352

Primeiro capítulo de 1822

Sinopse!

“Como um homem sábio, uma princesa triste e um escocês louco por dinheiro ajudaram D.Pedro a criar o Brasil – um pais que tinha tudo para dar errado”.

Um livro que desvenda os acontecimentos históricos com uma metodologia sem falhar e que se lê com um sorriso nos lábios. O livro 1822 pretende mostrar que país era este que a corte de D. João deixava para trás ao retornar a Lisboa, em 1821. Vai falar do Grito do Ipiranga, das enormes dificuldades do Primeiro Reinado, da abdicação de D. Pedro, em 1831, sua volta a Portugal para enfrentar o irmão, D. Miguel, que havia usurpado o trono, e a morte em 1834.

BOOK TRAILER DE 1822

 

HOTSITE DO LAURENTINO GOMES

 

REDES SOCIAIS:

Facebook

Twitter

Orkut

Skoob

 

LEITOR CABULOSO CONHECEU NA BIENAL:

Equipe do Leitor Cabuloso com Laurentino Gomes!

 

O LEITOR CABULOSO INDICA:

VÍDEOCAST: ESTANTE CABULOSOSA #01 – 1º DIA DA BIENAL-PE, LAURENTINO GOMES E ZECA BALEIRO

PODCAST: CABULOSOCAST ESPECIAL #002 – PÓS-BIENAL

POMBO-CORREIO DA BIENAL PARTE #1

BOOKCASTBRASIL – 1808 – LAURENTINO GOMES

LER MAIS LER MELHOR 1822

DOCUMENTÁRIO 1808, GRAVADO PELO AUTOR EM QUATRO PARTES

ONDE COMPRAR:

 

  • Ainda estou mega triste por não ter visto o Laurentino Gomes! Não li nada dele ainda, mas tem tantos comentários bons sobre os livros dele que fiquei bem interessada em conhecer!