CabulosoCast #19 – Crepúsculo

15

Olá ouvintes-leitores! Sejam bem-vindos ao seu podcast de livros e literatura (atrasado) CabulosoCast! Neste episódio retomamos a série principal do podcast: Livros! E escolhemos um livro que gerou e gera muitas opiniões conflitantes: Crepúsculo da Stephanie Meyer (ed. Intrinseca). Lucien o Bibliotecário, Serena, Maiana (nossa estagiária :P) e uma convidada Dany Bella (do blog Palavras Prolíferas) vão descobrir que é possível filosofar sobre os vampios que brilham. Divirta-se com esse novo formato da série Livros. Boas leituras!

CITADOS NO PODCAST

A fábrica de diversão e arte (blog)

Anne Rice com inveja de Stephanie Meyer (post comentado por Maiana)

Biografia de Bob Dylan (promoção no blog Palavras Prolíferas)

CabulosoCast citado no blog da Companhia das Letras (post)

Crepúsculo (hotsite da editora Intrinseca)

Crepúsculo (trailer)

Livro e Coração (blog)

Nerdrops (podcast)

Redoma de Cristal (blog)

Um amor para recordar + dois marca páginas (resultado da promoção)

LIVROS CITADOS

Crepúsculo da Stephanie Meyer (ed. Intrinseca)

Drácula de Bram Stoker (ed. Martin Clarent)

Entrevista com o vampiro da Anne Rice (ed. Rocco)

Crepúsculo: Guia Oficial Ilustrado da série da Stephenie Meyer (ed. Intrinseca)

PARTICIPARAM DESTE EPISÓDIO

ASSINE NOSSO FEED

Tem iTunes? Adicione nosso FEED RSS.

EMAIL´S E COMENTÁRIOS

Gostou do episódio? Quer mandar um e-mail? cabulosocast@gmail.com (ou deixe um comentário no post do blog).

ATENÇÃO!

Para ouvir basta apertar o botão PLAY abaixo ou clique em DOWNLOAD (clique com o botão direito do mouse no link e escolha a opção Salvar Destino Como para salvar o episódio no seu pc). Bom episódio para vocês!

VERSÃO EM ZIP

Para baixar a versão em zipada clique aqui, em seguida cole o link de download e clique na opção convert file.

Para fazer o Download do episódio clique aqui.

  • Oi gente!
    Mais um ótimo podcast. Como sempre, me diverti muito. Não gosto da saga Crepúsculo, e antes que alguém fale, eu li sim todos os livros. Mas realmente não me agradou, afinal esperava mais ação e não achei que o início do romance entre a Bella e o Edward foi legal. Senti a mesma coisa que o Lucien na cena que o James e o Edward brigam. Quando penso que finalmente teria ação, a autora me frustou.
    Tenho que admitir que essa série, assim como Harry Potter, incentivou bastante a leitura e respeito totalmente quem gosta. Contudo, não é meu caso.
    Adorei a participação da Dany, que já me ouviu muito falar mal de crepúsculo! rsrsrs

    Abraços e obrigada por lembrar do blog que participo.

    • Monique,

      É como dissemos: as pessoas podem não gostar de Crepúsculo, mas que saibam da importância deste livro.

      Muito obrigado pelo comentário.

      Abraços, Lucien.

  • Ola!!!
    Vocês não perdoam mei “pois é”, ficou eternizado!!!rsrsrrs
    Foi muito legal gravar com vcs espero repeti a dose!!!
    Estou sem palavras, afinal foram três horas de gravação, mas enfim indicadíssimo Crepusculo toda a saga, p/vc que não leu e tem preconceito pare de ser tão cabeça dura e se delicie na literatura vampiresca da Sthephinei Meyer!!
    Bjos!!

    • Dany,

      Nós é que somos gratos por sua participação! Com certeza haverá outras participações!

      Obrigado por comentar!

      Abraços, Lucien.

  • cheguei aos 44 min. depois não aguentei mais tive que voltar a escutar música

    Eu adorei isso mesmo, mas eu sou impaciente kk’s ou menos paciente do que o normal ah sei lá mas ta ai minha opinião é que vocês fizeram um Podcast super divertido pra conseguir me segurar por tanto tempo assim

    • Cassia,

      Ficamos confusos. Isso foi um elogio? Ouvir nosso programa pareceu um feito para você, pois conseguimos prender sua atenção por 44 minutos.

      Obrigado por comentar.

      Abraços, Lucien.

  • Parabéns pelo podcast,realmente acho esses “vampiros e lobisomens” de crepúsculo.sempre gostei de vampiros clássicos e preferia que continuasse assim,mas muito bom podcast .

    • …Acho esses “vampiros e lobisomens” RUINS pra caramba…

    • William,

      Apesar de não gostar dos vampiros e dos lobisomens da Stephanie Meyer você ouviiu nosso episódio e ainda nos elogiou! Poxa valeu mesmo! Sinta-se à vontade para ouvir os antecedentes!

      Obrigado por comentar.

      Abraços, Lucien.

  • Rita Souza

    adorei!!! finalmente alguém destacou os pontos bons da saga…

  • Samuel

    Tenho que discordar sobre a Rice ter sentido inveja da Meyer. A Anne chegou numa etapa da carreira em que o nome seu nome já está estabelecido, tanto na memória dos fãs, quanto na literatura vampírica em geral. Que razão ela teria pra invejar a Meyer? Dinheiro? Já tem bastante. Fama? Também e muito além dos elogios rasgados do The New York Times Book Review. Talento literário? Hmm… acho que não é isso.

    Também discordo quanto à Anne ter feito a crítica mais pesada à Meyer. Enquanto o King disse que a Meyer não escreve nada que valha a pena ser lido, a Rice apenas disse que não fazia sentido os vampiros de Crepúsculo irem à escola.

    Bem, essas são as únicas discordâncias que gostaria de apontar, as outras deixo pro campo do gosto. Descobri este podcast a menos de uma semana e estou viciado nele. Continuem o bom trabalho, nós agradecemos!

    • Samuel,

      Muito pertinente os pontos que você colocou e uso exatamente seus argumentos para perguntar: a Rice tem tudo o que você apontou, por que então ela precisava criticar a série da Meyer? Isto foi o intrigante.

      E reconheço que a crítica da Rice não chegou perto da crítica feita pelo King.

      Muito obrigado pelo comentário. Seja muito bem-vindo a Família Cabulosa.

      Abraços.

  • Samuel

    Desculpem a má formulação da segunda frase.

  • Keila Johanna Aaltonen

    Até hoje assisto Crepúsculo ^^
    e por incrivel que pareça nunca li os livros, mas os filmes já vi pelomenos 5 vezes cada um deles, nao sei se é nostalgia sei la, mas sempre que passa na tv a cabo eu assisto
    na epoca em que estava em alta, eu ainda tentei ler o livro pela net mas era muito ruim e eu nao tinha grana pra comprar os livros kk
    mas emfim.. talvez um dia eu leia