RESENHA: “FALLEN” DA LAUREN KATE

6
Capa de “FALLEN”

Algo parece estranhamente familiar em relação a Daniel Grigori. Solitário e enigmático, ele chama a atenção de Luce logo no seu primeiro dia de aula no reformatório.

A mudança de escola foi difícil para a jovem, mas encontrar Daniel parece aliviar o peso das sombras que atormentam seu passado: um incêndio misterioso – que provocou a morte de seu namorado – levou Luce até ali.

Irremediavelmente atraída por Daniel, ela quer descobrir qual é o segredo que ele precisa tanto esconder- uma verdade que poderia matá-la.

Algo que, em suas vidas passadas, Daniel não conseguiu evitar.

“Excitante, sombrio e romântico Fallen é, ao mesmo tempo, um thriller vigoroso e uma inesquecível história de amor”.

Olá Ouvintes Leitores! A primeira coisa que meus amigos disseram quando divulguei que iria ler “FALLEN” da Lauren Kate foi: “Serena você não vai gostar deste livro” outros ainda afirmaram: “Ou você ama ou odeia”, ou seja, não fui lá, com muitas expectativas para ler “FALLEN”. Além de que eu já tinha me decepcionado um pouco com “SUSSURRO”, não que ela tenha desagradado, de maneira alguma, apenas não era o que eu esperava, pois, para mim o livro da Becca Fitzpatrick não é uma história de anjos e sim um thriller policial com uma temática sobrenatural. Por isso, demorei bastante para iniciar a leitura de “FALLEN”, apesar de ter comprado a um bom tempo, mas agora não podia fugir, tinha que ler e tirar minhas próprias conclusões sobre o livro. Não acha caro leitor?

Então comecei a leitura com o mesmo cuidado quando se tem em mãos um delicioso chocolate com uma embalagem incrível, no entanto, com o recheio exótico e desconhecido, onde você tem dúvida se deve morder ou não. Agora, quando você o faz, sabe que não tem volta, já está viciado e quer mais, muito mais. E ainda se pergunta por que raios não tinha provado logo.

Foi o que senti quando comecei a ler “FALLEN”. Vi-me completamente engolida, sugada, devorada por ele, a cada página que ia consumindo ficava mais envolvida pela trama que a Lauren Kate criou. Principalmente com os mistérios que abrangiam a vida da Luce, como a enigmática morte do seu quase ex-namorado num incêndio misterioso, as insistentes sombras que a perseguiam e finalmente sua atração pelo incompreensível e mau criado Daniel Grigore. Tudo isso me fascinou completamente.

Também foi cativada de imediato pelos personagens. A Luce é a típica mocinha de histórias que me encanta, apesar de desagradar muito leitores, pois como é bastante limitada, como qualquer um de nós, teve atitudes e burradas que provavelmente teríamos em algumas situações. Confesso que não sou fã de heroínas versáteis, fortes e quase super mulheres, não me identifico com esse tipo de perfil, gosto mais das que tem medo, inseguranças, dúvidas e choram, mas, que no final consegue ter coragem e tomar a atitude certa.

Os personagens masculinos não saem por menos, são uma delícia. Em vários momentos a autora pareceu brincar com o leitor na intenção de deixa-lo em dúvida em qual dos dois anjos escolher.

Oh dúvida cruel! Ficar com o introspectivo e deslumbrantemente lindo Daniel Grigore ou o simpático e não menos belo e suspeito Cam? Confesso que ainda estou balançada em qual dos anjos caídos gostar. Por mim, caro leitor ficava com os dois, pois não teria coragem de decepciona-los, tem Serena para todo mundo! Mas, quem sabe em “TORMENTA”, segundo volume da série, essa dúvida não seja resolvida?

A narrativa da Lauren Kate foi outro deleite, pois, apesar de não ter grandes acontecimentos no início do livro ou uma perseguição de tirar o fôlego que, realmente, só virá no final, a história flui muito bem e a escrita da autora conseguiu me pretender até a última página.

Mas vou ser bem franca com você meu caro leitor cabuloso, este para alguns, pode ser o grande erro de “FALLEN”, os acontecimentos demoram um pouca a desenrolar, apesar de que não tive nenhum problema com isso, já que toda a trama e a história apresentada pela escritora foi o suficiente para me cativar.

Então leitor, você pode perguntar. Você recomenda Serena? Sim, sem sombra de dúvida, porém volto a minha alegoria do bombom recheado. Primeiro você vai precisar abrir o bombom e dar a primeira mordida para saber se vai gostar ou não do recheio.

E é com esse gancho que faço um pequeno desabafo, meu caro leitor. Lendo algumas resenhas sobre “FALLEN” e outros livros em alguns blogs, me assusto as vezes quando encontro certas frases como: não recomendo, não vale a pena a leitura, não perca seu tempo ou simplesmente não compre. Acho que a função de um blogueiro é dar sua opinião e não formar opiniões. O que eu quero dizer com isso? Nós, donos de blogs temos a liberdade de achar um livro ruim ou bom, mas nunca achar que só por isso ele não deve ser lido ou comprado. Pois quando digo que não gosto de um livro não quer dizer que outras pessoas não vão gostar. Dou o exemplo da “FALLEN” ou do meu querido “SERNHOR DOS ANÉIS” muitos disseram que não gostaram ou não recomendariam a leitura, mas amo estes livros e se eu tivesse dado ouvidos, teria perdido leituras fantásticas.

Por isso, volto a bater na mesma tecla, quem sou eu para dizer que não recomendo um livro? Quem sou eu para ditar gostos? Leitor o único que deve dizer que o livro é bom ou não é você e mais ninguém. Se você tem vontade de ler um livro, porém viu uma resenha negativa, não desista, compre e confira você mesmo, pois nem todo recheio de um chocolate agrada a todos.

NOTA DA SERENA!

Avaliação! “LEITURA CABULOSA”!!!!
  • o/ Apoiado! Mandou bem!

    Realmente não estamos aqui para ditar gostos, sim instigar a leitura!

    Eu fui uma dessas que disse que Fallen é um caso de amor ou ódio, eu não amei, mas não odiei, só achei fraquinho, clichê, e diversas perguntas não respondidas (benditas pontas soltas que perseguem os autores), como por exemplo: Por que raios os anjos estavam em um reformatório? (não engulo!)
    E eu não fico nem com os olhos verdes do Can, muito menos com o Daniel, ele é muito “molenga” pro meu gosto, rsrsrs… Ah, outra coisa: Como pode um cara “mostrar o dedo médio” pra uma garota e ela não parar de pensar nele? #Falasério!

    Enfim, rsrsrs, Fallen pra mim foi 0 X 0!

    Bjos do Mix

    • Que bom Nice, que você concorda comigo, acho que alguns blogeiros realmente precisam ter cuidado no que escrevem, ainda estou tentando me recuperar de uma resenha que vi em um blog muito famoso, com lá seus 5 mil seguidores, que desisti de segui depois que vi a resenha, tinham estas ditas palavras que já comentei e pior as pessoas achando tudo muito lindo e normal. Como se a pessoa que escreveu fosse dona de uma verdade absoluta! Chocada!
      Pelo menos desta vez não vamos brigar pelos personagens! Risos
      Adorei o comentário, viva a diversidade como você mesmo disse!
      Cheiros da Serena!

  • Monique Melo

    Oi Serena! Eu não gostei muito de Fallen, creio que por culpa do Daniel que é um personagem que não me agrada. Sou mais o Cam… De qualquer forma, li Tormenta e me apaixonei! Adorei mesmo. creio que você deve lê-lo assim que puder, vai adorar! Beijos!

  • Pingback: VIDEOCAST: ESTANTE CABULOSA #004 – COMPREI PELA CAPA! | LEITOR CABULOSO()

  • Oi Serena! Tudo bom?
    Acredito que já faz um tempinho q vc escreveu essa resenha, mas como adoro a série tenho q comentar.
    Adorei o clima gótico e o mistério q rondou todo o livro. Gostei do fato de a Luce ficar correndo atrás do Daniel e ele fingir nem ligar para ela. Amei Cam e o final que faz vc ficar what?? Preciso ler tormenta agora!
    Como disse anteriormente, faz tempo q essa resenha foi escrita e agora a série acabou. Achei q a Lauren se perdeu um pouco no último livro e se fosse antigamente teria ficado chateada, mas hoje não. Hoje percebi que nessas séries de livros o que importa é a jornada que vc fez com os personagens, o final é importante, mas como na vida, são os pequenos momentos de felicidade q fazem valer a pena. E acho que tive muito desses momentos com essa série. Peguei carinho.:D
    Sobre a blogueira q falou q o livro nem vale a pena ser lido, você sabe q qto mais as pessoas falam mal de algo, mais tenho vontade de ler/ver. E se elogiam muito perco totalmente a vontade de ir atrás. Acho q é pq qdo se elogia muito algo, sua expectativa em torno da coisa aumenta, assim como o risco de decepção. O q o povo tem q aprender é q opinião é opinião, independente do q o outro falou vá em frente e forme a sua.

    É isso! Abraços.