RESENHA: “FEIOS” DO ESCRITOR SCOTT WESTERFELD

12
Capa de "FEIOS"

Tally está prestes a completar 16 anos, e mal pode esperar. Não para dar uma grande festa, mas sim para se tornar perfeita. No mundo de Tally, fazer 16 anos significa passar por uma operação que o transformará de “feia” em um ser incrivelmente belo e perfeito, e lhe dará passe livre para uma vida de glamour, festas e diversão, onde seu único trabalho é aproveitar muito.

Mas Shay, uma das amigas de Tally, não está tão ansiosa assim: prefere se arriscar fora dos limites da cidade. Quanto Shay desaparece, Tally vai conhecer um lado totalmente diferente desse mundo perfeito – e, acredite, não é nada bonito.

Olá Ouvintes Leitores! Confesso que não sei por onde começar a resenhar. Estou tão impressionada com a leitura de “FEIOS” que me faltam palavras.  O escritor texano Scott Westerfeld realmente me pegou desprevenida com o seu primeiro livro desta trilogia. E digo a vocês leitores, nada se compara a experiência de ler este incrível best seller do New York Times. Mas, vamos logo a resenha que é realmente o que interessa.

O livro conta a história de Tally Youngblood uma adolescente prestes há completar 16 anos e se tornar perfeita, o que significa sair de seu atual estado de feia para se submeter a uma cirurgia e torna-se deslumbrantemente bela. E isso é tudo que Tally mais deseja, pois seu amigo de infância, três meses mais velho, Peris já passou pela transformação e agora é mais um perfeito morando em Nova Perfeição e ela não ver a hora de cumprir sua promessa de se juntar a ele.

Mas ficar esperando solitariamente em Vila Feia pela sua vez, só deixa nossa heroína mais impaciente e neste espaço de tempo, Tally conhece Shay mais uma garota de Vila Feia que está prestes a passar pela transformação, mas que não está tão segura se é isso que realmente deseja, já que ter suas ditas imperfeições corrigidas pelo governo não lhe parece tão animador, pois ser uma feia para ela era apenas não ser perfeita como tantos outros.

Shay vai mostrar a Tally um mundo fora de Vila Feia, onde outros rebeldes, os Esfumaçados, preferem continuar feios, ou melhor normais. Apesar disso, Tally não entende como alguém pode continuar a ser feio e não desejar ter um corpo sem espinhas, um rosto simétrico, ossos substituídos por uma liga artificial, olhos grandes e lábios cheios e volumosos. Para ela ser perfeita é algo natural e continuar como está é uma aberração.

No entanto, ao se aproximar da data da grande transformação, Shay foge para se juntar aos Enfumaçados e continuar do jeito que é, normal. Nossa heroína, claro não quer fazer parte desta empreitada, apesar de Shay querer levar sua amiga junto, deixando intruções codificadas para Tally, mas tornar-se perfeita e cumprir a promessa feita a Peris é tudo que nossa protagonista mais deseja.

Quando chega o dia de Tally  finalmente ser perfeita e ascender socialmente, membros secretos do governo chamados de os Especiais a chantageiam para que ela revele onde está Shay, pois se não fizer o que estão mandando, Tally ficará feia para sempre. E agora? Como cumprir a promessa feita a sua amiga em não contar onde estão escondidos os feios forajidos? E como cumprir também sua promessa a Peris? E pior, por que os Especiais desejam tanto transformar a força todos os refugiados?

Vou parando por aqui, pois esta é apenas a primeira parte do livro, que é dividida em três, por isso, não irei me estender mais para não estragar a leitura de vocês, caros leitores.

Falando em leitura, que fiquei sem palavras para descrever como já relatei no início da resenha, não esperava ser levada a uma narrativa tão surpreendente. Digo logo, que quem pegar este livro esperando apenas um romance com uma garota que aguarda um cara lindo e charmoso para resolver todos os problemas da sua vida, pode tirar seu cavalinho da chuva. Nesta trilogia de ficção científica você vai encontrar muita ação mesclada com pintadas de romance, numa narrativa deliciosa.

Uma das coisas que me chamaram mais a atenção neste livro do Scott Westerfeld foi ser jogada num mundo futurista, pois nossa atual civilização foi destruída e estamos há uns 300 anos a frente, ou seja, tudo que conhecemos hoje são apenas lembranças de um civilização devastada, onde as maquinas de alta tecnologia usadas no livro substituíram nossos atuais meio de transporte a base de petróleo.

Porem vi algumas resenhas negativas em relação a isso, já que algumas pessoas afirmaram não entender algumas engenhocas futurísticas de “FEIOS”. Confesso que não tive dificuldade alguma em imaginar um carro ou uma prancha voadora. Mas para quem achar que vai ter dificuldade em mentalizar isso, recomendo assistirem aos filmes “DE VOLTA PARA O FUTURO” do Robert Zemeckis e “MINORITY REPORT” do Steven Spielberg que possuem uma temática bastante parecida com a desta trilogia e podem ajudar a alguém que acha que vai sentir dificuldade.

Outro ponto que achei fantástica foi a critica social que o escritor conseguiu inteligentemente embutir na sua história. Scott Westerfeld consegue fazer uma análise da nossa atual sociedade e na dita ideologia de uma sociedade futura perfeita. Isso para mim foi explendido e lembrou bastante os clássicos livros “1984” do George Orwell e “ADMIRÁVEL MUNDO NOVOAldous Huxley de onde o escritor deve ter se inspirado para criar sua série.

Os personagens também são bem cativantes, gostei bastante da Telly que no início não chamou muito minha atenção, mas que ao decorrer da história foi me cativando aos poucos. Outro personagem que também arrebatou meu coração e que já está entre os meus três personagens preferidos do ano, foi o David que só vai aparecer realmente na segunda parte do livro mas, quando aparece na história, deixa a narrativa impossível de se largar.

O trabalho da Editora Galera Record foi igualmente impecável em “FEIOS”, a capa que é deslumbrante e mais bonita que a americana, consegue passar bem toda a temática do livro.  A diagramação não passa por menos, as letras são do tamanho certo, nem grande demais, nem pequenas que atrapalhem na leitura, e todo o cuidado com o acabamento também é fantástico. Confesso que às vezes me pego babando pelo livro.

Finalizando esta resenha, que parece ter se estendido bastante, recomendo caros leitores que não deixem de ler “FEIOS”, pois, além de levar uma excelente história com mais de 400 páginas para casa, você vai se deparar com uma narrativa inteligente, surpreendente e que conseguiu mesclar bem uma excelente aventura futurística com pitadas de romance. Vou ficando por aqui, espero que tenham gostado e não deixem de comentar.

Livros recomendados:

1984” do George Orwell
ADMIRÁVEL MUNDO NOVOAldous Huxley

Filmes recomendados:

DE VOLTA PARA O FUTURO” do Robert Zemeckis
MINORITY REPORT” do Steven Spielberg

SELINHOS CABULOSOS DA SERENA!

LEITURA CABULOSA!!!
  • realmente, a idéia me lembrou muito “Admirável Mundo Novo”. Com certeza uma inspiração deve ter rolado deste livro.

  • Ola!!!
    UAU que senhora resenha, muito inteligente!!!
    Eu to lendo feios e ganhei este livro do sogro da minha irmã de presente de aniversário do ano passado,rsrsrsrsrrs. Eu pedi este livro a ele, e to nas primeiras páginas, neste começo tb não to gostando da Tally, mas com o desenrrolar da história acredito que vou gostar de acordo com sua resenha.
    Eu gostei muito deste tema que critica a sociedade, e melhor ainda por ter rmance também mesmo não sendo o tema principal.

    Bjos!!!!
    Parabéns pela resenha!!!AMEI!!!! 5 estrelas pra vc!!!!Ou melhor 5 selinhos cabulosos!!rsrsrsrs

    • Realmente Dani ficou enorme! Acho que me empolguei um pouco. Risos
      Obrigada pelos elogios!
      Cheiros da Serena!

  • Eu ainda não tinha lido nenhuma resenha do livro e nem sabia o que esperar dele.
    Agora já quero comprar, acho que foi trauma crepusculo toda vez que vou comprar um livro que ta td mundo lendo fico desconfiada de que é mais romance de adolescentes onde existe o tema de ficção cientifica mas não é nem muito desenvolvido…
    Como vi que não é o caso, o status do livro passou pra compra liberada! kkk

    • Risos! Que bom Ju! Pode comprar que eu aprovo! Espero que você goste da história tanto quanto eu!
      Obrigada pelo comentário!
      Cheiros da Serena!

  • Monique Melo

    Só tem resenha elogiando esse livro! Depois da sua, vou ter que ler de todo jeito!

  • Daniele Craig

    Comprei o livro ontem para minha amiga e outro para mim. Quando li sobre o que se tratava achei interessante, mas confesso que depois de ler a parte de dentro me deu um desanimo. Estava achando que ia ser aquela historinha chata e sem graça, só que depois de ler essa resenha estou ansiosa para começar.
    Ótima resenha com essa escrita.. Acho que você nos conquistou mais que o livro!

    • Daniele Graig, obrigada pelos elogios, fiquei emocionada! *_*
      E leia mesmo, você vai gostar!
      Cheiros da Serena!

  • Pingback: LEITOR CABULOSO » PODCAST: CABULOSOCAST #21b – HISTÓRIA DA FICÇÃO CIENTÍFICA()

  • Pingback: LEITOR CABULOSO » DROPS CABULOSO #06 – BIENAL, RESENHAS, DISTOPIAS E OUTRAS BANALIDADES…()